Amina traço

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estrutura química da serotonina
Estrutura química da fenetilamina

Aminas traço são compostos endógenos realcionados estruturalmente a aminas biogênicas clássicas, tais como catecolaminas, serotonina e histamina. Como estão presentes em baixas quantidades endógenas, são denominadas aminas traço. Aminas traço incluem p-tiramina, β-feniletilamina, triptamina, octopamina, e 3-iodotironamina, e são encontradas nos sistemas nervosos de animais, de insetos a mamíferos.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Luciana Grazziotin Rossato; A sinefrina e o seu potencial cardiotóxico; Mestrado em Toxicologia Analítica Clínica e Forense; Faculdadde de Farmácia - Universidade do Porto - www.ff.up.pt
  • Andrade AS.; Estabelecimento e validação de metodologia para quantificação de p-sinefrina em produtos derivados de Citrus aurantium por cromatografia a gás. Porto Alegre, Brasil: Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); 2008.
  • Brown CM, McGrath JC, Midgley JM, Muir AG, O'Brien JW, Thonoor CM, Williams CM, Wilson VG.; Activities of octopamine and synephrine stereoisomers on alphaadrenoceptors.; British Journal of Pharmacology. 1988 Feb;93(2):417-29.