Amir Haddad

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Amir Haddad
Amir Haddad em 2006
Nascimento 2 de julho de 1937 (80 anos)
Guaxupé, MG
Nacionalidade Brasilbrasileiro
Ocupação Ator, Diretor e Teatrólogo
IMDb: (inglês)

Amir Haddad (Guaxupé, 2 de julho de 1937) é um ator, diretor de teatro e teatrólogo brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Com José Celso Martinez Corrêa, Renato Borghi e outros criou em 1958 o Teatro Oficina — ainda em atividade com o nome de Uzyna Uzona. Nesse grupo, Amir dirigiu Candida, de George Bernard Shaw; atuou em A Ponte, de Carlos Queiroz Telles, e em Vento Forte para Papagaio Subir, de José Celso Martinez Corrêa (1958). Em 1959, dirigiu A Incubadeira e ganhou prêmio de melhor direção. Deixou o Oficina em 1960.

Em 1965, mudou-se para o Rio de Janeiro para assumir a direção do Teatro da Universidade Católica do Rio.

Fundou, em 1980, os grupos "A Comunidade" (vencedor do Prêmio Molière[1] pelo espetáculo A Construção) e o "Tá na Rua".

Amir não deixou de realizar projetos mais convencionais como O Mercador de Veneza, de Shakespeare (com Maria Padilha e Pedro Paulo Rangel) e os shows de Ney Matogrosso e Beto Guedes.

Com microfone na mão, Amir coordena uma trupe de atores pelas ruas e praças.

Atualmente Amir dirige a peça As Meninas de Luiz Carlos Góes e Maitê Proença, baseado no livro Uma Vida Inventada de 2009.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.