Amor Maior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Amor Maior
Maior que a Vida (1ª temporada)
Até que a Morte nos Separe (2ª temporada)
Informação geral
Formato Telenovela
Género Drama
Romance
Suspense
Duração 45 minutos
Estado Finalizada
Criador(es) Inês Gomes
País de origem  Portugal
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Bruno Oliveira (produção)
Inês Rosado (elenco)
Jorge Cardoso (projeto)
Produtor(es) Portugal SP Televisão
Portugal SIC
Elenco Sara Matos
José Fidalgo
Inês Castel-Branco
José Mata
João Reis
Ana Padrão
(ver mais)
Tema de abertura "Amor Maior", Paulo Gonzo e Raquel Tavares
Tema de encerramento "Amor Maior", Paulo Gonzo e Raquel Tavares
Exibição
Emissora de televisão original Portugal SIC
Formato de exibição 16:9 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 12 de setembro de 2016 - 30 de setembro de 2017
N.º de temporadas 2
N.º de episódios 333 no total
170 (1ª temporada)
163 (2ª temporada)
Cronologia
Coração d'Ouro
Paixão

Amor Maior foi uma telenovela portuguesa produzida pela SP Televisão e emitida pela SIC, de 12 de setembro de 2016 e 30 de setembro de 2017 substituindo Coração d'Ouro e sendo substituída por Paixão. A telenovela é escrito por Inês Gomes.

Foi protagonizada por Sara Matos, José Fidalgo, Inês Castel-Branco e José Mata.

As gravações decorreram em São Tomé e Príncipe e Lisboa.

Estreou no Brasil pela SIC Internacional, em 10 de outubro de 2016, substituindo "Coração d'Ouro".

Sinopse[editar | editar código-fonte]

1ª Temporada[editar | editar código-fonte]

Por amor aos irmãos, Clara (Sara Matos) vai ter de enfrentar Francisca (Inês Castel-Branco), a sua madrasta, e sacrificar a paixão de uma vida.Francisca sempre quis a vida e a fortuna que a sua meia-irmã, Laura (Ana Padrão), tinha. Mandou matá-la, casou com o seu marido e adotou as enteadas mais novas.

Agora planeia matar o marido, mas é descoberta por Clara, a filha mais velha de Laura, que a denuncia. Ninguém acredita em Clara e o pai acaba por expulsá-la de casa. Ao mesmo tempo, o irmão mais novo endivida ao trabalhar com Lobo (José Mata) para proteger o irmão. O problema é o facto de Lobo começar a ver Clara com outros olhos, apaixonando se por esta. Clara depara-se com um problema pois não consegue reter a guarda das irmãs (Daniela e Marta) e então é capaz de fazer tudo para as conseguir. Francisca não facilita a vida de Clara pois apaixona-se pelo amado desta, Manel, acabando estes por terem um caso. Mas quando Manel percebe que Francisca não é quem ele pensava, acaba logo com a relação deles e vai para Clara. Clara e Manel vivem uma linda história de amor.

Francisca, contudo, não deixa de amar Manel desde o primeiro dia que teve com ele. Por isso, esta vai tornar a vida de Clara num inferno e fazer de tudo para os separar. Manel mesmo sabendo que Francisca é madrasta de Clara, continua com esta acabando mesmo por casar com ela. Entretanto, quando Francisca andava a ter um caso com Manel, estava casado com Eduardo (pai verdadeiro de Clara, Marta, Daniela e Afonso), e como queria andar à vontade com Manel e receber a herança dele, decidiu matá-lo na festa de aniversário de Marta.

Esta como é normal, esta ficou de rastos porque o pai morreu na sua própria festa. Daniela, era a única pessoa que já tinha chegado ao recinto (um terraço em Alfama). Mal chegou lá, estava Francisca a conversar com o seu pai. Esta (Francisca) decidiu que era uma boa altura para o marido morrer.

Atirou-o pelo terraço e ele morreu. Daniela, que estava no recinto, ficou chocada com o sucedido. Francisca, só depois é que percebeu que tinha morto o marido na presença de Daniela. A partir deste momento, Francisca com medo que Daniela "abrisse a boca" começou a dar-lhe comprimidos para a calar e para esta não dizer nada às autoridades. Daniela está a ser manipulada por Francisca e, quando alguém lhe pergunta quem é que matou Eduardo, ela acusa Clara a mando de Francisca.

Clara e Manel casam-se mas Francisca não desiste de os separar, a vilã descobre que o seu sobrinho Ricardo tem um vídeo do assalto ao museu onde Carlos Paiva morreu. A vilã ameaça dizer a toda a gente que Ricardo é homssexual se esta não recebesse o video. Ricardo cede à chantagem da tia e entrega-lhe o vídeo. Francisca marca viagem para São Tomé, onde Clara e Manel estavam a passar lua-de-mel, e ameaça a enteada em contar a Manel que participou no assalto ao museu e de lhe mostar as imagens e à polícia. Clara cede e conta a Manel que foi obrigada pelo Lobo a fazer o assalto. Manel fica desiludido com Clara e não a perdoa. o que deixa Francisca satisfeita.

Clara é condenada a 2 anos de prisão mas a sua pena acaba por ser reduzida. Lobo pede a Camila, a sua mulher que também esta na prisão, que ajude Clara enquanto ela estiver na prisão e Camila aceita. Francisca, com a ajuda de Telmo, manda 2 mulheres matar Clara na prisão mas Clara sobrevive. Quando Pilar e Marta sabem disto, Pilar tenta matar Francisca ao quase dar-lhe um tiro mas acaba por ser acalmada por Bárbara. Quando Francisca começa a bater em Marta cmo faz sempre, a jovem defende-se e empurra a vilã para o chão mas sofre devido ao bebé na barriga. Clara acaba por sair em liberdade condicional.

A vilã continua a drogar Daniela e vira-a contra os irmãos. Clara pede ajuda a Nina, a mulher que ajudou Daniela quando ela andava desaparecida, para ajuda-la a ganhar novamente a confiança da menina e Nina aceita. Daniela fica muito feliz por ver Nina e a cadela Zuzu e fica mais feliz quando Nina a deixa ficar com a cadela. Quando Marta diz mal da Francisca à juíza, Francisca cheia de raiva mata Zuzu, o que deixa Daniela de rastos. A vilã ameaça Marta em fazer o mesmo com uma pessoa se ela continuar a dizer que ela é uma péssima mãe. Francisca perde a guarda de Marta mas fica com Daniela, que diz bem dela (porque ela não quer que a madrasta faça mal aos irmãos). Francisca ameaça Clara, Afonso e Marta que não voltarão a ver a Daniela.

Telmo, ainda sentindo-se traído por Francisca ter um filho que também é de Manel, vai ter ao palacete e encontra Clara para lhe conta toda a verdade sobre Francisca. Telmo conta a Clara que foi a Francisca a empurrar o Eduardo do terraço do sítio da festa da Marta e quando a Daniela estava desaparecida, a Francisca planeou o rapto da jovem. Telmo também revela que foi Francisca que mandou matar a Laura. Clara pede a Telmo para testemunhar contra Francisca para ela pagar por tudo o que fez mas Telmo recusa porque se a Francisca é presa, ele vai com ela. Telmo pede a Clara para arranjar provas, ela terá que provar que a Francisca teve um caso com Eduardo antes da Laura partir para São Tomé e morrer. A morte da Laura encomendada pela Francisca deixa Afonso tão motivado em apanhar a Francisca e matá-la.

Manel e Clara dirigem-se, sozinhos para a quinta da família de Clara. Pelo caminho acordam que terão de ter uma conversa séria depois de conseguirem incriminar Francisca. Quando lá chegam, Clara vê o carro de Lobo e fica furiosa, pensando que este veio acabar com Francisca, contra a sua vontade. Manel, por sua vez, fica preocupado com o seu bebé.

Sem que ninguém saiba, Afonso (João Maneira) já lá está com Lobo e ambos vestem fatos de macaco iguais e colocam máscaras. Surpreendem Francisca que fica assustada. Lobo ameaça-a mas Afonso pede para ser ele a disparar. Clara e Manel aparecem e este ordena aos encapuzados que larguem as armas. Manel dispara contra Afonso.

2ª Temporada[editar | editar código-fonte]

1ª Fase[editar | editar código-fonte]

Quando Manel tira a máscara de Afonso, Clara fica em choque e Manel fica desconcertado. Lobo foge dali enquanto Manel pede ajuda a Francisca. Esta examina o enteado e informa Manel e Clara de que têm de o levar imediatamente para o hospital, ou não sobreviverá. Manel pega nele e leva-o para o carro.

Francisca informa Pilar (Maria João Luís) do que aconteceu. Esta fica preocupada ao saber que o sobrinho levou um tiro.

Manel e Clara chegam com Afonso ao hospital e este é levado, de imediato, para o bloco operatório. Manel tenta desculpar-se mas Clara só pensa no irmão.

Pilar chega ao hospital e abraça Clara. Ainda não sabem nada de Afonso. Pilar sente-se responsável pelo fato de o sobrinho ter chegado aquele ponto de revolta. Manel aproxima-se e sente muita culpa mas ainda assim quer combinar o depoimento com Clara para evitar que Afonso seja acusado de tentativa de homicídio.

Depois de quase ter morrido na operação, Afonso fica em coma induzido.

Francisca regressa a Lisboa e conta a Teresa que houve um acidente na quinta e que Afonso foi baleado. Teresa (Lia Gama) e Daniela (Beatriz Frazão) ficam muito agitadas. Daniela perde as estribeiras e explode, acusando Francisca se ter faltado ao que prometeu, de não fazer mal a nenhum dos seus irmãos. Teresa estranha o comportamento e defende a neta das manipulações da filha.

Manel desabafa com Pilar que atirou em Afonso pensando que se tratava de Lobo, admitindo o seu desejo de vingança. Pilar teme que Afonso seja preso depois de recuperar. Jorge aparece e não traz boas notícias, o estado de Afonso é crítico pois perdeu muito sangue.

Manel presta o seu depoimento a uma agente da PSP. Não revela que Clara estava presente nem que Afonso estava armado. Alega que pensou que se tratava de Telmo (João Baptista) e que atirou para defender uma civil indefesa. Depois da agente ir embora, Manel desabafa com Pilar que detestou ter de mentir mas fê-lo por Afonso.

Marta (Catarina Rebelo) chega ao hospital com Vicente e tenta perceber o que aconteceu realmente. Clara não revela a verdade. A cirurgiã que operou Afonso dirige-se à família e transmite, consternada, que Afonso está vivo mas em coma induzido para não sentir dores. Clara e Marta entram no quarto onde Afonso está ligado às máquinas e choram abraçadas ao ver o irmão naquela situação. Clara conta, finalmente, a Marta que foi Manel quem atingiu o irmão.

Lobo vai ao hospital saber qual o estado de Afonso e Clara reage muito mal à sua presença ali. No entanto, desaba a chorar nos braços do bandido, sem força para resistir mais.

Pilar recebe Gonçalo (João Reis) em sua casa e conversa com o amigo sobre o estado de saúde Afonso. Vicente (Rogério Samora) aparece também e fica desagradado ao ver Gonçalo novamente, em casa da sua ex-mulher. Este vem pedir explicações a Pilar sobre ter-lhe escondido que Francisca está por detrás da morte de Laura e pressiona-a a passar-lhe uma procuração com as ações de Marta.

Ao visitar Afonso no hospital,. Lobo cruza-se com Manel que o acusa de ser o responsável por aquela situação. Apesar de tudo, Lobo não assume nada.

Clara entra disparada em casa de Francisca e ordena-lhe que fique calada em relação Afonso. Apesar das suas ameaças, Clara garante que fará justiça com as próprias mãos se acontecer alguma coisa a Afonso.

Em casa de Francisca, esta agradece a Manel por lhe ter salvo a vida. Manel, por sua vez, impõe que esta não faça nada contra Afonso sob ameaça de reabrir a investigação pela morte de Laura.

Ao ver Francisca chegar à PJ para depor, Luísa (Iris Cayatte) manda Manel sair da sua sala. Apreensivo, Manel observa Francisca e Luísa ao longe. Francisca mantém a história que Manel contou e recusa-se a apresentar queixa contra o sobrinho. Luísa estranha esta dizer que foi tudo resultado de uma brincadeira de mau gosto e Manel fica aliviado ao saber que esta colaborou a sua mentira.

Clara fica furiosa ao saber que Manel negociou com Francisca não reabrir a investigação da morte de Laura. Sente-se traída por Manel e frustrada por não poder vingar a morte da mãe.

Helena confronta Gonçalo e pede-lhe mais algum tempo para conseguir contar a verdade a Manel sobre a sua paternidade e este diz que não esperará muito tempo.

Pilar conta a verdade sobre Francisca a Teresa, que foi a Francisca que mandou matar Laura para conseguir tudo o que era da meia-irmã, que foi a Francisca que empurrou o Eduardo, o Eduardo e Francisca serem amantes antes da Laura morrer e a Francisca ter matado a cadela Zuzu da Daniela. Isto deixa Teresa em choque e ela vira-se contra a filha por todo o mal que fez à família e arrepende-se do que fez porque se tivesse realizado quem Francisca era realmente, a Laura ainda estaria viva mas Clara promete que Francisca irá pagar pelo o que fez.

Francisca deixa Daniela visitar Afonso ao hospital e a vilã quando fica a sós com Afonso, ameaça-o e ele começa a ter convulsões e Daniela quando regressa fica preocupada com o irmão. Francisca, sem outra escolha, salva o seu enteado.

Dias depois, Afonso acorda do coma mas não se lembra do que lhe aconteceu. Quando chega a casa, finalmente se lembra o que aconteceu na quinta mas ainda é incapaz de se lembrar quem lhe deu um tiro. Manel aparece e conta a Afonso que lhe deu um tiro.

Descobre-se que Gonçalo é um homem chamado O Curador, um traficante de arte e curador de museus, ele simulou um rapto em que raptou o próprio filho Manel e a si próprio para escapar a suspeitas.

Francisca começa a ameaçar Clara e Afonso que se a Marta não voltar para casa, ela irá desaparecer com Daniela. Não querendo perder a irmã, Marta, ainda em contraste, volta para casa de Francisca e promte a Daniela que não voltará a deixa-la sozinha.

Marta ainda quer saber o que Afonso ia fazer a Francisca na quinta e Afonso conta-lhe que Francisca mandou matar a Laura. Marta volta para casa de Francisca, encontra uma fotografia da mãe e chora de saudades. Quando Francisca aparece, Marta afasta-a de si e confronta a madrasta sobre ter encomendado a morte de Laura e grita-lhe que ela é que devia estar morta. Irritada, Francisca dá um estalo a Marta, agarra num pedaço de vidro e corta-lhe o pulso. Ameaça a jovem em faze-lo outra vez se ela contar a verdade.

Francisca pede a Helena para deixar o bebé Carlos com Manel e Helena aceita vigiar o neto. Quando vai buscar o biberão, o bebé desaparece e Helena fica preocupada que liga a Manel. Manel sabe que o filho desapareceu e acha que pode ter sido obra do Curador e do seus lacaios. Ele recebe uma pista em que o filho dele foi conhecer o avô: Carlos Paiva. Manel vai ao cemitério e encontra o filho à beira da campa de Carlos.

Sem perdoar o horror que a irmã fez à família, Vicente espanca Francisca e tenta matá-la e só Teresa os consegue separar. Francisca despede o seu guarda-costas e Teresa recusa testemunhar contra Vicente. Agora Vicente tem de pagar pela agressão.

Francisca pede a Daniela para distrair Teresa e a vilã, com uma gaze embebida em clorofórmio, tapa o nariz e a boca da mãe e Teresa perde os sentidos. Daniela fica em pânico. Francisca quer convencer toda a gente que Teresa teve um AVC mas Clara, Afonso e Marta suspeitam que Francisca tenha feito algo à avó. Clara tenta salvar Teresa mas é impedida por Francisca e os guardas do lar de idosos.

Gonçalo depois é apanhado e preso pela PJ. Na prisão, Garcia finge estar do seu lado e esfaqueia-o até à morte para vingar-se do que ele fez ao Lobo.

2ª Fase[editar | editar código-fonte]

Em São Tomé, Laura está viva. Está acorrentada pelo tornozelo e Augusto tem-na como sua refém.

No ginásio, Francisca e Cruz conversam discretamente. Este conta-lhe que Lobo e Clara agora são unha com carne. Tomané não gosta de ver Cruz ali e ameaça-o.

Na PJ, Manel vê o vídeo do assalto no computador mas apressa-se a desligar quando Sebastião chega. Sem revelar nada, admite que a pior coisa que fez na vida foi ter-se envolvido com Francisca.

Laura entra cabisbaixa numa cabana, puxada por Augusto. Ela pede-lhe para a libertar das correntes pois não pretende fugir mas Augusto não a solta.

Ao sair do elevador, Francisca é interceptada por Lobo que a avisa para não se meter com Clara e com a sua família. Avisa-a que se for preciso, ele mesmo acaba com ela. Francisca disfarça o medo que sente.

Gisela grava um vídeo sobre como identificar um gay. Ao ouvir a sobrinha, Dolores confessa que preferia que Nelson fosse gay do que vê-lo com Esmeralda. Cátia conta a Gisela que tem o período atrasado.

Raul fala com um cliente sobre promover a cerveja “Dolorosa” em troca de produto. Miranda pede-lhe que vá com calma e que não tome decisões sozinho pois ainda ninguém confia nele. Quando Raul fala em darem um irmão a Cátia, Miranda recusa.

Dolores comenta com Armando que Helena é uma oferecida por namorar com Vicente. Nelson prepara-se para sair, arranjado e perfumado. Avisa os pais que vai ter com Esmeralda e não sabe se dorme em casa.

Quim partilha com a família que está novamente com Gisela. Pede a aprovação dos irmãos e Manel afirma que se gostam um do outro, é preciso perdoar. Alex discorda e põe em causa o que Manel diz. Conta a todos que viu Francisca mexer nas gavetas lá de casa, o que deixa Manel desconfortável. Helena aproveita o momento para contar aos filhos e a Amália que tem um relacionamento com Vicente.

Pilar fica atrapalhada quando Marta pergunta se já estão livres de Francisca. Bárbara conta a Mafalda que viu Miguel e Simone juntos e está ressentida. Falam de Sebastião e Bárbara acha errado a irmã não estar com o homem que ama.

Laura consegue fugir de Augusto com a ajuda de Edite, depois reencontra-se com Clara e volta para Portugal, mas Augusto vai atrás dela.

Final[editar | editar código-fonte]

Francisca rapta Clara e decide matá-la e sem ela ver, Daniela entra na carrinha e manda uma mensagem a Lobo a pedir socorro. Lobo telefona a Manel e diz-lhe que Clara e Daniela estão em perigo. Depois de localizar o telemóvel de Daniela, Manel vai até ao sitio onde Francisca leva as duas. Francisca chega a uma falésia e descobre que Daniela veio, ela obriga Clara a saltar da falésia e não o fizesse matava Daniela. Entretanto Lobo e Manel chegam ao local e salvam as duas, Lobo acaba por atirar Francisca pela falésia e ela é levada para o hospital. Francisca sobrevive à queda mas fica tetraplégica e é levada para Santo Tirso por Noémia e Severino, onde acaba os seus dias lá. Lobo decide começar uma vida nova e viajar com o seu filho Guilherme por uns tempos, Clara agradece-lhe por tudo o que fez por ela e Lobo diz-lhe que deseja que ela seja feliz. No final, Manel e Clara acabam juntos e decidem amar para sempre.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem Temporada
1 2
Sara Matos Clara Resende Borges
Protagonista
José Fidalgo Manuel Paiva
Protagonista
Inês Castel-Branco Francisca Alves Borges
Antagonista
José Mata Paulo Costa (Lobo) Antagonista Protagonista
Maria João Luís Pilar Tavares Regular
Rogério Samora Vicente Resende Regular
João Reis Gonçalo Nascimento (Curador) Participação
Ana Padrão Laura Resende Participação Regular
João Maria Maneira Afonso Resende Borges Regular
Beatriz Frazão Daniela Resende Borges Regular
Catarina Rebelo Marta Resende Borges Regular
Lia Gama Teresa Alves Resende Regular
João Baptista Telmo Santos Regular
Vitória Guerra Diana Almeida Regular
Miguel Damião Jorge Almeida Regular
João Jesus Gabriel Neto Regular
Mariana Norton Alice Oliveira Regular
Sofia Sá da Bandeira Helena Machado Paiva Regular
Rita Loureiro Edite Paiva Neto Regular
Margarida Carpinteiro Amália Machado Regular
Maria João Abreu Dolores Matias Regular
José Raposo Armando Matias Regular
Oceana Basílio Miranda Matias Sousa Regular
Diogo Valsassina Nelson Matias Regular
Tiago Teotónio Pereira Ricardo Tavares Resende Regular
Cleia Almeida Bárbara Tavares Resende Regular
Filipa Areosa Mafalda Tavares Resende Regular
Ruben Gomes Sebastião Araújo Regular
Carolina Carvalho Joana Trigo Regular
Ana Guiomar Maria Preciosa Dias Regular
Dânia Neto Liliana Faria Regular
Rui Unas António Manuel Cerejo (Tomané) Regular
Marco Mendonça Lucas Preguiça Regular
Cecília Henriques Gisela Torres Regular
Hélder Agapito Joaquim Paiva Regular
Samuel Alves Miguel Almeida Regular
Miguel Costa Alberto Cruz (Cruz) Regular
Miguel Frazão Rogério Mendes (Roger) Regular
Júlio César Joel Correia Regular
Hugo Tavares Nuno Correia Regular
Madalena Almeida Cátia Sousa Regular
Alexandre Jorge Alexandre Paiva (Alex) Regular
Matamba Joaquim Timóteo Neto Regular
Jorge Corrula Raul Sousa Participação Regular
Tiago Aldeia Henrique Participação Regular
Miguel Monteiro Carlos Manuel Fontes Paiva Participação
Sofia Leite Andreia Monteiro Soares Participação
Dimitry Bogomolov Sílvio Garcia
Participação

Elenco adicional[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Ana Lopes Gomes Rosa (empregada de Francisca)
Catarina Guerreiro Guarda Santos
Diana Monteiro Apresentadora do programa onde Francisca é comentadora
Elisabete Piecho Diretora da escola de Daniela, Marta e Guilherme
Elsa Galvão Rosário Dias (mãe de Preciosa)
Frederico Barata
Gonçalo Portela Juiz
Inês Sá Frias Filipa
Inês Simões Irina
Iris Cayatte Inspetora Luísa
João Loy Instrutor de condução de Quim
João Maria Pinto Severino (pai adotivo de Francisca)
Jorge Silva Dr. Varela (advogado de Lobo)
Lígia Roque Celeste (prima de Armando)
Lourenço Ferreira Guilherme (filho de Lobo)
Luciano Gomes Inspetor Sérgio
Luísa Ortigoso Odete
Luísa Salgueiro Lisete (empregada da quinta)
Mafalda Vilhena Dra. Rosário
Maria Frade Olímpia (empregada de Eduardo e Francisca)
Marques D'Arede Juiz
Martinho Silva Rafael
Miguel Sermão Curandeiro
Nuno Janeiro Bruno
Paula Pais Conservadora que celebra o casamento entre Eduardo e Francisca
Paula Só Cremilde
Paulo Calatré Inspetor Jaime
Paulo Duarte Ribeiro Narciso
Paulo Manso Comprador da Roça
Paulo Nery Treinador canino
Philippe Leroux António
Raimundo Cosme Nilton
Rui Morrison Dr. Mendes
Sílvia Barbeiro Fátima (secretária de Vicente)
Susana Cacela Olga (dona do salão onde Gisela trabalha)
Tânia Alves Graça (assistente social)
Teresa Macedo Camila

Lista de temporadas[editar | editar código-fonte]

Temporada Episódios Exibição em Portugal
Estreia Final
1 170 12 de setembro de 2016 28 de março de 2017
2 163 91 29 de março de 2017 10 de julho de 2017
72 11 de julho de 2017 30 de setembro de 2017

Audiência[editar | editar código-fonte]

Amor Maior estreou no dia 12 de Setembro com 14,1% de audiência e 28,4% de share com cerca de 1 milhão e 339 mil espectadores, na vice-liderança.

No dia 20 de Março, tem o melhor resultado até à data de 15,1% de audiência e 30,2% de share com cerca de 1 milhão 434 mil espectadores, na liderança.

A 1ª temporada terminou com 14,3% de audiência e 27,9% de share com cerca de 1 milhão e 358 mil espectadores, na vice-liderança.

A 2ª temporada estreou com 14,3% de audiência e 28,6% de share com cerca de 1 milhão e 358 mil e espectadores, na liderança.

No episódio em que Clara reencontra a mãe (Laura) em São Tomé, Amor Maior alcançou a liderança, atingindo 14,4% de audiência e 31,0% de share, cerca de 1 milhão e 368 mil espectadores acompanhavam o episódio.

No último episódio, Amor Maior, liderou o horário com 16,1% de audiência e 34,1% de share, com cerca de 1 milhão e 555 mil telespectadores a acompanhar o derradeiro episódio onde Clara e Manel terminam felizes e a vilã Francisca vai parar a uma cadeira de rodas.

Terminou com uma média final de 12,8% de audiência e 27,0% se share, cerca de 1 milhão e 216 mil espectadores, em dados LIVE+VOSDAL.[1]

Média Episódios
exibidos
Rating Share Ref.
2016 Setembro 17 12,8% 27,6% [2]
Outubro 26 12,7% 27,0%
Novembro 26 12,6% 27,1% [3]
Dezembro 26 12,4% 26,7% [4]
2017 Janeiro 27 12,6% 25,3% [5]
Fevereiro 24 13,0% 26,7% [6]
Março 27 13,4% 27,8%
Abril 26 12,6% 26,5% [7]
Maio 29 12,1% 25,8% [8]
Junho 25 12,5% 26,9% [9]
Julho 26 13,3% 28,3% [10]
Agosto 27 13,0% 28,3%
Setembro 27 13,5% 27,7% [11]
Total 333 12,8% 27,0%


Recordes Rating Share
Positivo 16,1% 34,1%
Negativo 8,3% 17,9%

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

A novela tem sido alvo de críticas devido ás cenas de violência exercidas ás personagens Daniela e Marta por parte de Francisca (Inês Castel-Branco). A novela acabaria por ser alvo de uma deliberação da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) em resultado de uma queixa em que o queixoso alega que as imagens são de uma "violência atroz" e uma "autêntica violação dos direitos das crianças", na mesma deliberação, a SIC reagiu dizendo que "a personagem Francisca é marcadamente a vilã da história e, como tal, adota comportamentos e atitudes conformes a esta categorização", também sublinha que representa a madrasta má à semelhança dos contos infantis (como Cinderela).[12]

Inês Castel-Branco alega que recebeu mensagens insultuosas e ameaças de morte através da sua página de Facebook e ameaçou em banir aqueles que continuassem a ameaçá-la[13]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]