Amor sem Igual

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Amor sem Igual
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero
Duração 60 minutos
Estado Finalizada
Criador(es) Cristianne Fridman
País de origem  Brasil
Idioma original (em português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Rudi Lagemann
Câmera Multicâmera
Roteirista(s)
  • Alexandre Richard
  • Alexandre Teixeira
  • Aline Garbati
  • Camilo Pellegrini
  • Carla Piske
  • Jussara Fazolo
  • Jaqueline Correa
  • Sanderson Costa
Elenco
Tema de abertura "Amor sem Igual", Banda Universos (1.ª parte)
"I Will Love Again", Lara Fabian (2.ª parte)
Empresa(s) produtora(s) RecordTV
Casablanca
Localização São Paulo, SP (locações)
Rio de Janeiro, RJ (estúdio)
Exibição
Emissora original RecordTV
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 1.ª parte: 10 de dezembro de 201920 de abril de 2020
2.ª parte: 28 de outubro de 202018 de janeiro de 2021
Episódios 148

Amor sem Igual é uma telenovela brasileira exibida em duas partes pela RecordTV de 10 de dezembro de 2019 à 18 de janeiro de 2021, em 148 capítulos, substituindo Topíssima e sendo substituída por Gênesis.[1][2] É a 33ª novela exibida pela emissora desde a retomada da dramaturgia em 2004. Escrita por Cristianne Fridman com colaboração de texto de Alexandre Richard, Alexandre Teixeira, Aline Garbati, Camilo Pellegrini, Carla Piske, Jussara Fazolo, Jaqueline Correa e Sanderson Costa, sob direção de Guga Sander, Hudson Vianna e Rogério Passos e direção geral de Rudi Lagemann.[3]

Em 21 de abril de 2020, após 93 capítulos exibidos,[4] foi interrompida devido a pandemia de coronavírus. Retornando as gravações apenas em 10 de agosto[5] e voltando ao ar em 22 de setembro, primeiramente com um resumo dos capítulos anteriores e em 28 de outubro os 55 capítulos inéditos. Foi a primeira telenovela brasileira paralisada pela pandemia a voltar ao ar.[6][7]

Contou com as atuações de Day Mesquita, Rafael Sardão, Juan Alba, Thiago Rodrigues, Barbara França, Selma Egrei, Françoise Forton e Dani Moreno.[8][9]

Produção[editar | editar código-fonte]

São Paulo foi utilizada como cenário para a novela.

Em 2019, Cristianne Fridman entregou à RecordTV uma nova sinopse e, em 2 de julho, foi anunciado que a trama havia sido aprovada para substituir Topíssima – também escrita pela autora.[10] A sequência foi possível por Topíssima já ter sido inteiramente escrita entre 2017 e 2018, quando originalmente iria ao ar antes de ser adiada.[11] Inicialmente Ivan Zettel foi escalado como diretor geral, porém logo depois foi transferido para Gênesis e Rudi Lagemann assumiu o posto, repetindo a parceria de Topíssima.[12][13]

Em 11 de julho, foi revelado que a trama seria intitulada de Amor sem Igual.[14] São Paulo foi escolhida como cenário para a história estrategicamente, como forma de fortalecer a audiência no estado, sendo a primeira trama da autora fora do Rio de Janeiro.[15] Antes de estrear, Cristianne já havia entregue 40 capítulos da novela.[16] As gravações da novela começaram em 15 de outubro nos estúdios da emissora, no qual foi construída a cidade cenográfica sumulando bairros de São Paulo, onde os personagens moravam ou trabalhavam, como a Consolação, Jardins, Itaquera e o Mercado Municipal.[17][18] As gravações externas em São Paulo referentes aos primeiros capítulos ocorreram entre 14 e 22 de novembro, tendo como locações a Avenida Paulista, Rua Augusta, Rua Oscar Freire, Estação da Luz, Mercado Municipal e na Rodovia Anchieta.[19]

A protagonista Poderosa e sua amiga Furacão foram inspiradas nas personagens Vivian e Kit do filme Uma Linda Mulher (1990), porém, segundo a autora, de uma forma mais realista e menos romantizada, mostrando a situação e os perigos das garotas de programa.[20] Além disso, Cristianne frisou que a novela era em um universo totalmente oposto ao de Topíssima, que era focada na comédia romântica, tendo uma abordagem mais "crua".[21][22] A novela estreou com 20 capítulos gravados.[23] Após a retomada da exibição pós-paralização pela pandemia, o tema de abertura foi alterado para "I Will Love Again".[24]

Preparação[editar | editar código-fonte]

"Quase todas [as garotas de programa] com quem conversei me falaram que foram abusadas quando crianças até pela família. Isso era um ponto em comum [com a personagem]."

Day Mesquita sobre a pesquisa que fez para a personagem com prostitutas reais.

Day Mesquita, Sthefany Brito, Malu Falangola, Dani Moreno e Juliana Lohmann, que interpretam as garotas de programa, tiveram que passar por aulas de dança em tecido acrobático e pole dance com a instrutora Karla Klemente.[25] Bernardo Mesquita, Henrique Camargo, Marcio Elizzio e outros atores do núcleo de futebol passaram por treinamentos físicos com o fisioterapeuta Bruno Neves e tiveram que aprender as principais jogadas e regras.[26] Apesar de não ir às ruas de noite, Day fez uma preparação para a protagonista conversando com garotas de programa que ainda estavam na profissão e outras que haviam deixado, aderindo a postura e linguajar delas.[27]

Para compor a personagem que praticava assistência social aos moradores de rua, Barbara França acompanhou o grupo de voluntários Anjos da Madrugada para vivenciar a rotina de auxílio e entrega de comida, cobertas e kits de higiene.[28] A atriz também utilizou sua própria experiência, uma vez que já havia feito parte de voluntariados no Rio de Janeiro, além de se inspirar pela história da Princesa Diana.[28]

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

Dudu Azevedo foi o primeiro nome pensado para viver o protagonista Miguel, porém o primeiro filho do ator havia nascido um ano antes durante as gravações de Jesus e ele pediu mais tempo para dedicar-se a paternidade.[29] Rafael Sardão foi escolhido para o posto, seguindo a estratégia de ascender ao primeiro escalão atores iniciados na emissora, como Felipe Cunha em Topíssima e Iano Salomão em Jezabel.[30] Gisele Itié e Barbara França fizeram os testes para a protagonista, porém Day Mesquita ficou com o papel.[31] [32] Originalmente escalado como Luiggi, Giuseppe Oristanio foi remanejado para o papel de Ramiro, pai da protagonista, e o anterior ficou para Eduardo Lago.[33] Pouco tempo antes das gravações começarem, no entanto, o ator foi deslocado para a novela Gênesis e o papel passou para Juan Alba.[34] A autora também solicitou alguns atores que já trabalharam em suas novelas como Gabriel Gracindo e Heitor Martinez.[35]

Malu Falangola interpretaria Fabiana e Manuela do Monte faria Ioná, porém a direção decidiu trocar os papéis.[36] Lucinha Lins interpretaria Carmem – que originalmente era o nome da esposa de Oxente – porém a atriz pediu dispensa para dedicar-se a comemoração de 10 anos do musical Palavra de Mulher e foi substituída por Andréa Avancini, sendo que a personagem foi renomeada como Zenaide, enquanto o nome Carmem foi dado ao papel de Beth Zalcman, que se chamaria inicialmente Ruth.[37] Anna Lima também pediu para deixar a trama por problemas pessoais e foi substituída por Marcela Muniz.[38]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Na infância Angélica (Day Mesquita) foi rejeitada pelo pai por ser fruto de um caso e abandonada pela mãe em uma pensão, onde era abusada por homens mais velhos, crescendo numa vida miserável e sem amor e recorrendo a prostituição sob o nome de Poderosa para se sustentar. O pai dela é o milionário Ramiro Viana (Juan Alba), dono da Bras Talentos Esportivos – empresa que lapida e exporta jogadores de futebol – e que nunca quis saber de seu paradeiro até precisar de um transplante de rim para não morrer, embora os filhos legítimos, Tobias (Thiago Rodrigues) e Fernanda (Bárbara França), sejam incompatíveis. A busca pela bastarda, no entanto, é atravancada por Tobias, que não quer dividir a herança e ordena que Bernardo (Heitor Martinez) e Leandro (Gabriel Gracindo) eliminem-a para garantir o fim do pai. Após quase ser morta, Angélica é salva por Miguel (Rafael Sardão), um agricultor honesto de Mogi das Cruzes que trabalha no Mercado Municipal, florescendo um romance conturbado, uma vez que ela não confia em ninguém ou acredita no amor.

Miguel é vizinho dos nordestinos Oxente (Ernani Moraes) e Zenaide (Andréa Avancini), que tem quatro filhos de personalidades opostas: o ambicioso Antônio Júnior (Miguel Coelho) não suporta a vida no campo e faz de tudo para se dar bem; o nerd José Antônio (César Cardadeiro) se apaixona pela estudante de enfermagem Donatella (Sthefany Brito) sem imaginar que ela também é prostituta e alvo da disputa entre Tobias e Ramiro – a quem decide extorquir um casamento, apesar de gostar do camponês, visando uma vida melhor; Pedro Antônio (Guilherme Dellorto) vive um romance conturbado com Fernanda, já que Tobias e Ramiro consideram-o um aproveitador por ser pobre e armam para separa-los; já Maria Antônia (Michelle Batista) ignora os sentimentos do peão Hugo (José Victor Pires) por ser apaixonada por Miguel, não suportando ser rejeitada por ele, o que agrava seus surtos de bipolaridade. Já Norma (Selma Egrei), avó dos herdeiros Viana, redescobre o amor na terceira idade com Geovani (Paulo Figueiredo), embora não desista de desmascarar Ramiro. Em dado momento Leandro é traído por Tobias, decidindo contar à Poderosa toda a verdade e unir-se a ela para se vingar e destruir os Viana.

Filho dos italianos Luiggi (Eduardo Lago) e Serena (Kika Kalache), Peppe (Matheus Costa) se tornou o aspirante a jogador mais valioso da Brás devido ao inigualável talento, atraindo a atenção da maria-chuteira Rosa (Brenda Sabryna) e o ciúmes de Caio (Henrique Camargo) e Santiago (Marcio Elizzio). Em dado momento, no entanto, a vida dele é arruinada quando Ramiro descobre que o rapaz é compatível através dos exames da Brás e, acreditando que Poderosa está morta, decide sequestra-lo para roubar seu rim, deixando-o sem perspectivas de vida quando é encontrado jogado na estrada. Melhor amiga de Poderosa, Furacão (Dani Moreno) é uma mãe batalhadora que se prostitui para bancar o sonho do filho Caio em ser jogador de futebol, embora ele a humilhe constantemente pela vida que leva. Ainda há o bordel de Olympia (Françoise Forton), onde trabalham garotas de programa de luxo como Donatella, Cindy (Juliana Lohmann) e a venenosa Ioná (Malu Falangola), que se torna rival de Poderosa quando ela ingressa no local.

Exibição[editar | editar código-fonte]

Com a transferência do Jornal da Record das 21h45 para as 19h45 em novembro de 2019, a faixa de "novela das sete" foi encerrada e Amor sem Igual teve a estreia programada para as 20h30.[39] Originalmente a novela estrearia no começo de novembro de 2019, porém Topíssima foi estendida por mais um mês devido ao bom desempenho e a trama agendada para 2 de dezembro.[40] Posteriormente a data foi fixada em 10 de dezembro.[41]

Divulgação e estreia[editar | editar código-fonte]

Em 11 de novembro o logo oficial foi divulgado e a primeira chamada anunciando a novela para 10 de dezembro começou a ser exibido na programação da emissora.[42] Adotando uma estratégia mais rígida que utilizava antigamente, a RecordTV montou uma operação de divulgação de Amor sem Igual em toda sua programação, enviando seus atores para gravarem entrevistas e participações em diversos programas da emissora, como Hora do Faro, Balanço Geral e Hoje em Dia, antes da estreia, para que a informação da nova novela chegasse ao público e o atraísse antecipadamente.[43] Em 13 de novembro a primeira prévia é liberada, mostrando a introdução da protagonista Poderosa e as primeiras cenas da novela.[44] Na sequência foram liberadas as prévias dos personagens Miguel, Tobias, Ramiro e Donatella, que mostravam o passado e a história dos personagens narrados por eles mesmos.[45] Em 3 de dezembro é liberado o trailer oficial extenso, com 2 minutos, contando toda a história principal da trama.[46]

Pandemia de COVID-19[editar | editar código-fonte]

Em 16 de março de 2020 foi anunciado que as gravações da novela foram suspensas por uma semana para que a RecordTV pudesse avaliar qual atitude tomar mediante a crise global causada pela Pandemia de COVID-19 no Brasil.[47][48][49] No dia seguinte foi anunciado que a suspensão seria estendida por tempo indeterminado até que a pandemia se estabilizasse como forma de poupar os atores e equipe.[50] Em 26 de março é anunciada a reapresentação especial de Apocalipse, substituindo temporariamente a trama durante as interrupções das gravações.[51]

Em 10 de agosto de 2020, após quase cinco meses de gravações interrompidas devido ao cenário da Pandemia de COVID-19, acontece a retomada das gravações dos últimos 40 capítulos previstos para a novela, mas passando por um rígido protocolo de segurança e a retirada das cenas com contato físico. Depois, foi definida a data de retorno da novela na televisão: 28 de outubro de 2020, sendo a primeira trama inédita da televisão brasileira a voltar ao ar.[6] Antes do retorno houve edição com a exibição compacta de capítulos já apresentados. Em 28 de outubro começaram a ser exibidos os capítulos inéditos. A segunda parte contou 55 capítulos.[52][53]

Capítulos[editar | editar código-fonte]

Parte Capítulos Exibição
Estreia Final
1 93 148 10 de dezembro de 2019 (2019-12-10) 20 de abril de 2020 (2020-04-20)
2 55 28 de outubro de 2020 (2020-10-28) 18 de janeiro de 2021 (2021-01-18)

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem[54]
Day Mesquita Angélica Silva Viana / Poderosa[55]
Amanda Silva (jovem)
Rafael Sardão Miguel Gonçalves Aguiar
Juan Alba Ramiro Viana[56]
Thiago Rodrigues Tobias Andrade Viana[57]
Barbara França Fernanda Andrade Viana[58]
Selma Egrei Norma Andrade
Françoise Forton Emília Pinto Alvares / Olympia
Dani Moreno Berenice Lima / Furacão[59]
Heitor Martinez Bernardo Rodrigues
Gabriel Gracindo Leandro Campello[60]
Sthefany Brito Donatella Ribeiro[61]
Guilherme Dellorto Pedro Antônio Barros Cordeiro
Michelle Batista Maria Antônia Barros Cordeiro[62]
Ernani Moraes Antônio Barros Cordeiro (Oxente)
Andréa Avancini Zenaide Barros Cordeiro
César Cardadeiro José Antônio Barros Cordeiro[62]
Miguel Coelho Antônio Barros Cordeiro Júnior (Antônio Júnior)[62]
Miguel Nader Willian Souza (Duplex)
Henrique Camargo Caio Lima
Manuela do Monte Fabiana Braga Motta[63]
Paulo Figueiredo Geovani Ribeiro
Juliana Lohmann Cindy Lopes de Freitas
Camila Mayrink Vânia Vilela
Pedro Nercessian Roberto de Bragança (Beto)
Eduardo Lago Luiggi Trovatelli
Kika Kalache Serena Trovatelli
Matheus Costa Peppe Trovatelli
Brenda Sabryna Rosa Flor Moreti
Beth Zalcman Augusta Guimarães / Carmem Maia
Malu Falangola Ioná Coutinho
José Victor Pires Hugo Alves[64]
Thierry Figueira Delegado Fonseca
Marcio Elizzio Santiago
Marcela Muniz Sônia Magalhães
Paulo Reis Ernani Carvalho Baldin
Iara Jamra Yara Botelho
Castrinho Bento Apolinário
Raphael Montagner Juliano Gomes Santanna
Isadora Cecatto Bibiana Trovatelli[65]
Marcelo Batista Alberto Nicolau (Mike Tyson)
Nica Bonfim Ludmila
Alexandre Lino Xavier
Thiago Amaral Wesley[66]
Bernardo Mesquita Mauro
Yohama Eshima Drª. Tatiana
Carlos Takeshi Takashi
Jui Huang Chang
Ivan Rios Olavo
Wiliam Melo Nino
Márcia di Milla Marly
Milton Filho Enf. Chico
Pablo Barros Cata-Bola

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Camila Rodrigues Sophia Loren Alencar
Felipe Cunha Antonio Ramos Gonçalves
Walter Nunes Ramiro (jovem)
Fabiana Motta Olympia/Emília (jovem)
Prisma da Matta Gisele[67]
Raul Labancca Rubens
Saulo Rodrigues Delegado Jorge
Rose Abdallah Ceci
Charles Paraventi Danilo Gusmão (Gusmão)
Ariane Rocha Atendente da loja[68]
Paulo Vilela Geraldo
Thiago Giacomini Mosar
Savio Moll Dr. Fragoso
Jonathan Nogueira Tião
Ed Oliveira Matias
André Melo Edson
William Vita Jair
Pablo Sobral Almeida
Eduardo Lassah Oswaldo
Ana Varello Luciana
Guilherme Mendonça Nivaldo
Leonardo Lima Rodrigo
Matheus Sampaio Ivan
Maju Rodrigues Verônica
Ju Fontana Suelen
Gabrielli Diniz Enfermeira de Cindy
Luís Felipe Melo Tobias (criança)
Bruna Negendank Fernanda (criança)
Vanderlei Luxemburgo Ele mesmo[69]
Luiz Bacci Ele mesmo[70]
Camila Santanioni Lena[71]
Amaury Lorenzo Segurança

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Amor sem Igual
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento 10 de dezembro de 2019
Gênero(s)
Duração 42:02
Idioma(s)
Formato(s) Streaming
Gravadora(s) Record Music

A trilha sonora foi lançada apenas para streaming em 10 de dezembro de 2019, mesmo dia da estreia da telenovela.[72] As primeiras canções da trilha sonora foram anunciadas em 5 de dezembro.[73] "Libélula", interpretada por Roberta Campos, foi escolhida como música-tema dos protagonistas Poderosa e Miguel.[74]

Lista de faixas
TítuloMúsicaPersonagem tema Duração
0. "Acreditei"  Banda UniversosDonatella e Jose Antônio 2:42
1. "Amor sem Igual"  Banda UniversosAbertura #1 3:35
2. "In the Silence"  Banda UniversosPoderosa e Miguel 3:39
3. "Dona de Mim"  IzaPoderosa 3:28
4. "Too Late"  ZeebaLocação: Mademoiselle Olympia Night Club 3:03
5. "Woman In Chains"  Tears For Fears e Oleta AdamsFuracão e Duplex 3:35
6. "Não Olha Assim Pra Mim"  OutroEuHugo e Maria Antônia 3:32
7. "I Will Love Again"  Lara FabianAbertura #2 4:09
8. "Água com Açúcar"  Luan SantanaAntônio Junior e Cindy 4:06
9. "The Promise"  When in RomeRamiro 3:40
10. "Flor"  Banda UniversosMaria Antônia 2:17
11. "The Reason"  HoobastankMiguel 3:52
12. "Libélula"  Roberta CamposPoderosa e Miguel 3:44
13. "I Never Told You"  Colbie CaillatDonatella e José Antônio 3:53
14. "Sexo e Luz"  Gal CostaOlympia 4:09
15. "ABC do Sertão"  Luiz Gonzaga e FagnerOxente 3:08
16. "A Volta da Gafieira"  AlcioneLocação: Casa de Repouso Dia Feliz 2:28
17. "Rebelde Sem Causa"  Ultrage a RigorAntônio Junior 3:18
Outras canções não incluídas no álbum

Repercussão[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Day Mesquita foi bastante elogiada por sua atuação como Poderosa.

Em sua estreia, a novela ganhou vários elogios nas redes sociais, principalmente a atriz protagonista Day Mesquita onde foram avaliados a beleza e a atuação, ganhando uma boa aceitação do público. Além disso, o retorno do ator Heitor Martinez a RecordTV também foi muito celebrado, além do contexto da trama onde aborda assuntos polêmicos como a Prostituição. A telenovela ocupou boa parte do tempo o segundo lugar nos trending topics do Twitter, tendo mais repercussão que a novela das 21 horas da Rede Globo, Amor de Mãe.[75][76] Alguns blogs também elogiaram a performance da atriz protagonista, dizendo que sua escalação foi o principal acerto do folhetim de Cristianne Fridman, Sérgio Santos, do blog De Olho Nos Detalhes, diz: "Day usa o tom da personagem a seu favor e consegue crescer em cena sempre que aparece. Tanto que o enredo, mesmo com vários acontecimentos nos núcleos paralelos, perde a força sem a sua presença".[77] Sérgio Santos, voltou a elogiar a performance do elenco, sobretudo dos protagonistas Day Mesquita e Rafael Sardão, e destacando a atuação de Ernani Moraes, Sérgio diz: "O personagem de Ernani, no início da trama, parecia um mero coadjuvante sem grande importância. Ao longo dos meses, todavia, essa impressão foi se dissipando à medida que seu núcleo ganhava cada vez mais cenas dramáticas e relevância na história". E ainda ressaltou: "O sotaque característico que o ator aderiu deixou o perfil ainda mais cativante e há um quê de inocência que conquista o telespectador. Há uma boa mescla de humor com momentos sérios e o intérprete convence em todas as boas cenas escritas pela autora".[78]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Amor sem Igual estreou com 9 pontos, mantendo a mesma média do primeiro capítulo da antecessora, Topíssima.[79] Em outros estados a novela obteve índices maiores, como 13 pontos em Belém e 12 em Goiânia e Salvador.[80] Em 13 de abril de 2020, bateu recorde em São Paulo, a novela cravou 9,2 pontos, pico de 11 pontos e share de 12%, conquistando a vice-liderança. No Rio de Janeiro, manteve a vice-liderança com folga, registrou 10 pontos, pico de 12 pontos e share de 14%. A terceira colocada registrou 6 pontos.[81]

O último capítulo da primeira parte exibido em 20 de abril 2020, registrou boa audiência na Grande São Paulo, consolidando 8,1 pontos de média.[82] Bateu recorde negativo no dia 25 de dezembro de 2019, quando marcou 5,7 pontos de média.[83]

Compacto[editar | editar código-fonte]

O primeiro capítulo do compacto, garantiu a vice-liderança na Grande São Paulo, cravando 8,1 pontos, pico de 9,5 e share de 11%. No confronto direto entre "Chiquititas" e "Amor sem Igual", a RecordTV levou a melhor com 8,2 pontos de média, enquanto que o folhetim do SBT registrou 8,1 pontos de média, ficando com o terceiro lugar.[84] No dia seguinte, marcou 8.8 pontos de média, pico de 12,4 e share de 12,1%, atingindo a vice-liderança.[85] Em 28 de setembro de 2020, conquista a vice-liderança em São Paulo e no Rio de Janeiro. Na capital paulista, obteve 8,1 pontos de média, pico de 10 pontos e share de 11%. No Rio, registrou 7 pontos de média, pico de 8 pontos e share de 10%.[86] Em 21 de outubro de 2020, bate novo recorde com 9,7 pontos de média e pico de 11 pontos, ficando na vice-liderança isolada no confronto direto contra a transmissão ao vivo da Copa Libertadores da América de 2020.[87]

Retorno dos capítulos inéditos[editar | editar código-fonte]

Em 28 de outubro de 2020, com a volta dos capítulos inéditos, a novela cravou 9,8 pontos de média, 12 pontos de pico e share de 13,9%, conquistando a vice-liderança na Grande São Paulo.[88][89] Em 4 de novembro de 2020, a novela bate mais um recorde em São Paulo, cravando 10,5 pontos de média, 13 pontos de pico e share de 14,4%, conquistando a vice-liderança. Na sequência Poderosa revela a Ramiro, que é sua filha bastarda, Angélica.[90] No dia seguinte, registra 10 pontos de média, pico de 11 pontos e share de 14%, sendo vice-líder isolada em São Paulo.[91]

Em 18 de novembro de 2020, registra 10 pontos de média, 12 pontos de pico e share de 14%, conquistando a vice-liderança isolada em São Paulo.[92] Em 4 de dezembro de 2020, cravou 10 pontos de média, pico de 11 pontos e share de 14%, conquistando a vice liderança isolada em São Paulo. Nesse dia foi levada ao ar as cenas da morte do vilão Bernardo.[93]

Em 16 de dezembro de 2020, consolida 10,5 pontos de média, 13 pontos de pico e share de 15%, conquistando a vice-liderança isolada em São Paulo, repetindo o recorde de 4 de novembro.[94] Em 6 de janeiro de 2021, marcou 10,2 pontos de média em São Paulo, permanecendo na vice-liderança isolada, sendo esse seu segundo maior desempenho.[95] Em 13 de janeiro de 2021, bate um novo recorde em São Paulo, marcando 11 pontos de média, 13 pontos de pico e share de 16%, conquistando a vice-liderança isolada. No Rio garantiu os mesmos índices, marcando 11 pontos de média e pico de 13 pontos.[96] Durante suas últimas semanas, a novela consolidou excelente audiência em três praças, Goiânia, Salvador e Vitória, com 12,9, 13,4 e 11,2 pontos de média, respectivamente.[97]

O último capítulo, exibido em 18 de janeiro de 2021, registrou 10,4 pontos chegando a picos de 12, ficando na vice-liderança isolada. A novela teve média geral de 8,5 pontos, tendo um crescimento de 0,5 pontos em relação a sua antecessora.[98][99]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref.
2020 Produ Awards Melhor Telenovela Amor sem Igual Indicado [100]
Prêmio Notícias de TV Indicado [101]
Melhor Atriz Antagonista Camila Mayrink Venceu
Melhor Ator Antagonista Heitor Martinez
Melhor Atriz Coadjuvante Dani Moreno
Melhor Ator Coadjuvante Ernani Moraes
Melhor Atriz Revelação Isadora Cecatto Indicado
Melhor Ator Revelação Henrique Camargo Venceu
Melhor Atriz Mirim Bruna Negendank Indicado
Melhor Ator Mirim Guilherme Mendonça Venceu
Melhores do Ano NaTelinha Melhor Dramaturgia Geral Amor sem Igual Indicado [102]
Prêmio Contigo! Online Melhor Novela Venceu [103]
[104]
Melhor Atriz de Novela Day Mesquita
Melhor Ator de Novela Rafael Sardão Indicado
Melhor Ator Coadjuvante de Novela ou Série Heitor Martinez
Melhor Ator/Atriz Mirim Matheus Sampaio
Melhores do Ano DoisTV Melhor Casal do Ano Poderosa e Miguel Venceu [105]
e10blog Melhores do Ano Melhor Novela Amor sem Igual Venceu [106]
Melhor Atriz Day Mesquita
Melhor Ator Rafael Sardão Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante Barbara França
Sthefany Brito
Melhor Ator Coadjuvante Heitor Martinez
Revelação do Ano Dani Moreno
Personagem do Ano Poderosa / Day Mesquita Venceu
Prêmio Área VIP Melhor Novela Amor sem Igual Venceu [107]
[108]
Melhor Ator Rafael Sardão Indicado
Personagem do Ano Poderosa / Day Mesquita Venceu
2021 Troféu Internet Melhor Novela Amor sem Igual Pendente [109]
Melhor Atriz Day Mesquita
Melhor Ator Thiago Rodrigues

Referências

  1. «Jornalismo da Record tem sérios problemas para resolver». Bem Paraná. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  2. «Saiba quando a Record TV exibirá o último capítulo de 'Amor sem Igual'». R7. Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  3. «Thiago Rodrigues estreia na RecordTV na novela Amor sem Igual». Notícias de TV. Consultado em 10 de março de 2019 
  4. «Resumo Amor Sem Igual - 20/04: Vânia é atingida por um disparo». Resumo das novelas. 19 de abril de 2020. Consultado em 18 de agosto de 2020 
  5. «Record volta a gravar 'Amor Sem Igual' em agosto, mas sem cenas de beijo e abraços». F5. 21 de julho de 2020. Consultado em 18 de agosto de 2020 
  6. a b «Nos telejornais de sábado, de pipa a veneno de cobra, tem de tudo um pouco». R7.com. 18 de agosto de 2020. Consultado em 18 de agosto de 2020 
  7. «Data de retorno à grade da Record». Amor Sem Igual - conta oficial 
  8. Amor sem Igual
  9. «Camila Rodrigues aparece com novo visual para viver Sophia, protagonista de Topíssima». Portal Alta Definição. Consultado em 9 de março de 2019 
  10. «Substituta de "Topíssima"». UOL. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  11. «RecordTV apostará em feminismo para próxima novela das 19h». Na Telinha - UOL. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  12. «Record TV define diretor de substituta de Topíssima». Observatório da Televisão. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  13. «Novela de Cristianne Fridman terá direção de Rudi Lagemann». O Globo. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  14. «Record já tem nome escolhido para nova novela de Cristianne Fridman». UOL. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  15. «'Amor Sem Igual': Novela da Record TV terá homem que se apaixona por prostituta». Revista Ana Maria. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  16. «À espera de equipamentos, CNN Brasil já montou sua grade de programação». Correio do Estado. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  17. «Record inicia gravação de novela protagonizada por garota de programa». UOL. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  18. «Record inicia gravação de "Amor Sem Igual" protagonizada por garota de programa». IG. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  19. «Gravações em SP». UOL. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  20. «Protagonista de nova novela da Record muda o visual: "Personagem deixa o corpo à mostra"». UOL. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  21. «Record escala "garota de programa" para enfrentar JN e Rebeca Abravanel». UOL. Consultado em 3 de dezembro de 2019 
  22. «Prostituta Poderosa é protagonista da novela 'Amor sem igual'». Extra. Consultado em 3 de dezembro de 2019 
  23. «Heitor Martinez interpreta vilão em Amor Sem Igual e adianta: "É o que mata e esconde o corpo"». Observatório da Televisão. Consultado em 4 de novembro de 2019 
  24. «'Amor sem Igual' ganha nova abertura e novos telespectadores». Alta Definição. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  25. «Atrizes treinam intensamente para cenas sensuais da novela 'Amor Sem Igual'». Portal Alta Definição. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  26. «Workshops para a novela "Amor sem Igual"?». Fisio Brunão. Consultado em 4 de novembro de 2019 
  27. «De mulher do bispo a prostituta: Day Mesquita é a atriz favorita da Record». UOL. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  28. a b «BARBARA FRANÇA VOLTA PARA RECORD E ANUNCIA: "TAMBÉM GOSTARIA DE TRABALHAR NO JORNALISMO ESPORTIVO"». Heloísa Tolipan. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  29. «Record vai manter dois horários de novela à noite». Jovem Pan. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  30. «Day Mesquita e Rafael Sardão serão protagonistas de 'Amor Sem Igual'». R7. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  31. «Protagonistas da novela 'Amor Sem Igual', Day Mesquita e Rafael Sardão posaram na festa de estreia da nova trama da Record TV». Purepeople. Consultado em 25 de outubro de 2020 
  32. «Barbara França é cotada para protagonizar a novela'Amor Sem Igual'». Notícias de TV. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  33. «Giuseppe Oristânio troca de personagem na novela Amor Sem Igual». Observatório da Televisão. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  34. «Giuseppe Oristanio e Nina de Pádua são escalados para a novela Gênesis». Notícias de TV. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  35. «Gabriel Gracindo vive um dos vilões de Amor sem Igual». Diário da Região. Consultado em 25 de outubro de 2020 
  36. «Malu Galangola troca de papel com Manuela do Monte na novela Amor sem Igual». Portal Alta Definição. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  37. «Próxima novela da Record TV, 'Amor sem Igual' terá Lucinha Lins como uma das protagonistas». Aqui tem Fofoca. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  38. «Marcella Muniz substitui Anna Lima no elenco da novela». Notícias de TV. Consultado em 4 de novembro de 2019 
  39. «Mudanças na programação da Record também mexem com horários de novelas». UOL. Consultado em 4 de novembro de 2019 
  40. «Record contrata galã revelado na Globo para próxima novela não-bíblica». Jovem Pan. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  41. «Amor Sem Igual deve estrear em dezembro». O Canal. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  42. «RecordV anuncia últimas semanas de Topíssima e primeiro teaser de Amor sem Igual». Portal Alta Definição. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  43. «RecordV monta operação para divulgar sua novela novela em programação». Portal Alta Definição. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  44. «Amor Sem Igual: Record divulga chamada da protagonista de nova novela». Na Telinha. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  45. «Juan Alba interpreta Ramiro em Amor sem Igual». R7. Consultado em 4 de dezembro de 2019 
  46. «Rafael Sardão é o agrônomo Miguel em Amor sem Igual». R7. Consultado em 4 de dezembro de 2019 
  47. «Gravações de Amor Sem Igual e Gênesis são paralisadas na Record TV». Observatório da Televisão. Consultado em 17 de março de 2020 
  48. «Globo para todas as novelas e já escala as suas substitutas». UOL. Consultado em 17 de março de 2020 
  49. «Em meio a coronavírus, Record diz manter gravações de novelas no Rio e em Marrocos». Folha de S.Paulo. Consultado em 17 de março de 2020 
  50. «Record cancela gravações de Amor Sem Igual, Gênesis e atrações de auditório». UOL. Consultado em 17 de março de 2020 
  51. Cadu Safner. «Em meio ao caos da Covid-19, Record TV anuncia a reprise de Apocalipse». Observatório da Televisão. Consultado em 26 de março de 2020 
  52. Flavio Ricco. «"Amor sem Igual" volta ao ar na Record com abraços e beijos». R7.com. Consultado em 22 de setembro de 2020 
  53. «Amor sem Igual será a primeira novela interrompida pela pandemia voltar ao ar». Notícias da TV. Consultado em 28 de outubro de 2020 
  54. «Conheça os personagens de Amor sem Igual». R7. Consultado em 28 de novembro de 2019 
  55. «Day Mesquita será filha de Juan Alba na novela 'Amor Sem Igual'». Priscila Martz. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  56. «Juan Alba será pai de Thiago Rodrigues na novela Amor Sem Igual». Observatório da Televisão. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  57. «Thiago Rodrigues desembarca no Brasil para gravar 'Amor sem Igual', na Record TV». Portal Alta Definição. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  58. «Barbara França será irmã de Day Mesquita na novela Amor Sem Igual». Notícias de TV. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  59. Cadu Safner. «Dani Moreno entra para o elenco de Amor sem Igual,a substituta de Topíssima na Record TV». [UOL]. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  60. «Gabriel Gracindo trai Bárbara França com Manuela do Monte em Amor sem Igual». Priscila Martz. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  61. «Stefhany Brito ganha papel ousado em Amor sem Igual». Portal Alta Definição. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  62. a b c «Guilherme Dellorto e Michelle Batista serão irmãos em Amor sem Igual». Priscila Martz. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  63. «Gabriel Gracindo trai Bárbara França com Manuela do Monte em Amor sem Igual». Notícias de TV. Consultado em 4 de novembro de 2019 
  64. «José Victor Pires é escalado para o elenco de Amor sem Igual». Notícias de TV. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  65. «Isadora Cecatto será filha de Eduardo Lago na novela Amor Sem Igual». Notícias de TV. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  66. «Thiago Amaral será professor de dança em Amor sem Igual». Portal Alta Definição. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  67. «Prisma da Matta diz que nova personagem vai transbordar afeto». R7. Consultado em 22 de dezembro de 2020 
  68. «A atriz Ariane Rocha fará uma participação novela Amor sem Igual». Universo Artístico. Consultado em 2 de dezembro de 2019 
  69. «Amor sem Igual: Luxemburgo improvisa em gravação da novela da Record». UOL. Consultado em 27 de dezembro de 2019 
  70. Redação (13 de fevereiro de 2020). «'Amor Sem Igual' é vice-líder com participação de Luiz Bacci». R7.com 
  71. «Camila Santanioni, é escalada para novo personagem em "Amor sem Igual"». Correio do Estado. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  72. «Trilha Sonora Oficial da Novela». Spotify. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  73. «Amor Sem Igual: Músicas da Trilha Sonora da Novela da Record». 4 de dezembro de 2019. Consultado em 5 de dezembro de 2019 
  74. «Roberta Campos fará show em Mogi na próxima sexta (6); veja entrevista». Notícias de Mogi. Consultado em 2 de dezembro de 2019 
  75. «Com tentativa de assassinato de prostituta mocinha, Amor Sem Igual repercute na web - Novelas». NaTelinha. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  76. «Estreia de Amor Sem Igual é elogiada nas redes sociais». Observatório da Televisão. 11 de dezembro de 2019. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  77. Sérgio Santos. «Day Mesquita convence como protagonista de "Amor sem Igual"». Consultado em 18 de setembro de 2020 
  78. Sérgio Santos. «Ernani Moraes é um dos grandes destaques de "Amor sem Igual"». Consultado em 20 de novembro de 2020 
  79. «Amor Sem Igual estreia como maior audiência da Record, mas é a sexta pior da década». Notícias da TV. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  80. «Com perseguição e crime, Amor sem Igual estreia com boa audiência no Brasil - Novelas». NaTelinha. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  81. Arthur Pazin. «Amor sem Igual bate recorde de audiência na Record TV». UOL. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  82. Henrique Carlos. «Amor sem Igual encerra a primeira parte com boa audiência». UOL. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  83. «Amor sem Igual - tabela com audiência detalhada da novela da Record». AmoNovelas. Consultado em 8 de outubro de 2020 
  84. «Amor sem Igual recupera audiência da Record TV e garante vice liderança nesta terça (22)». CTV. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  85. «Amor sem Igual e A Fazenda 12 desconhecem Libertadores no SBT». O Canal. Consultado em 24 de setembro de 2020 
  86. «'Amor sem Igual' é vice-líder no horário nobre em SP e no RJ». R7.com. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  87. REDAÇÃO (22 de outubro de 2020). «A Fazenda 12 bate novo recorde e derrota a Globo em noite de futebol». Notícias da TV. Consultado em 22 de outubro de 2020 
  88. REDAÇÃO (29 de outubro de 2020). «Com capítulo inédito, Amor Sem Igual bate recorde e vence o SBT». Notícias da TV. Consultado em 29 de outubro de 2020 
  89. «'Amor sem Igual' bate recorde de audiência e registra melhor share». R7. Consultado em 29 de outubro de 2020 
  90. «'Amor sem Igual' bate recorde de audiência e registra melhor share». R7. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  91. «'Amor sem Igual' é vice-líder com 3 pontos de vantagem em SP e no Rio». R7. Consultado em 6 de novembro de 2020 
  92. «'Amor sem Igual' consolida vice-liderança absoluta em SP e Rio». R7. Consultado em 19 de novembro de 2020 
  93. «Com morte de vilão, 'Amor sem Igual' é vice-líder em SP e no Rio». R7. Consultado em 7 de dezembro de 2020 
  94. «'Amor sem Igual' bate recorde de share no ano em São Paulo». R7. Consultado em 17 de dezembro de 2020 
  95. «Na reta final, Amor sem Igual é mais vista do que todos os programas do SBT». Notícias da TV. Consultado em 7 de janeiro de 2021 
  96. «'Amor sem Igual' registra novo recorde de audiência em SP». R7. Consultado em 14 de janeiro de 2021 
  97. «Amor sem Igual se torna a maior audiência da Record em todo o Brasil». O Canal. Consultado em 25 de fevereiro de 2021 
  98. REDAÇÃO (19 de janeiro de 2021). «Única novela inédita na pandemia, Amor Sem Igual termina como vice isolada». Notícias da TV. Consultado em 19 de janeiro de 2021 
  99. «Último capítulo de 'Amor sem Igual' garante vice-liderança em SP». R7. Consultado em 19 de janeiro de 2021 
  100. «Amor sem Igual é a única novela brasileira finalista do Produ Awards 2020». R7. Consultado em 29 de outubro de 2020 
  101. «Prêmio Notícias de TV 2020, os Melhores do Ano da TV». Notícias de TV. Consultado em 1 de novembro de 2020 
  102. «Melhores do Ano NaTelinha 2020». NaTelinha. Consultado em 22 de dezembro de 2020 
  103. «PRÊMIO CONTIGO! 2020 - Veja a lista completa dos indicados». UOL. Consultado em 7 de novembro de 2020 
  104. «PRÊMIO CONTIGO! 2020: Veja a lista completa dos vencedores». UOL. Consultado em 21 de dezembro de 2020 
  105. «Vote nos melhores do Ano DoisTV 2020». Dois TV. Consultado em 17 dezembro de 2020 
  106. «e10blog - Melhores do Ano 2020 - Vencedores». e10blog. Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  107. «Prêmio Área VIP - Vote nos Melhores do Ano». Área VIP. Consultado em 22 de dezembro de 2020 
  108. «Confira os vencedores do "Prêmio Área VIP - Melhores da Mídia 2020"». Área VIP. Consultado em 22 de janeiro de 2021 
  109. «Troféu Internet». UOL. Consultado em 8 de janeiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]