Ana Laíns

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ana Laíns
Informação geral
Nome completo Ana Margarida Laíns da Silva Augusto[1][2]
Nascimento 16 de agosto de 1979 (38 anos)
Local de nascimento Tomar
País  Portugal
Género(s) Fado
Instrumento(s) Vocal
Período em actividade 1999 - presente
Editora(s) Difference
Página oficial www.AnaLains.com

Ana Margarida Laíns da Silva Augusto,[1][2] mais conhecida como Ana Laíns,[nota 1] nasceu em Tomar, a 16 de Agosto de 1979.[9] É uma cantora[3][4] portuguesa ligada ao fado. Paralelamente, a Música Tradicional Portuguesa é outra paixão de Ana Laíns, que gosta da definição de "cantora colorida".[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Tendo nascido em Tomar,[5] Ana Laíns tem uma forte ligação a Constância, onde pela primeira vez canta em público com apenas 6 anos. Só aos 15 anos é que canta o seu primeiro fado, "a pedido do pai, Manuel Augusto, militar de carreira"[8] e "por insistência do fadista João Chora".[3]

Após ter vencido a Grande Noite do Fado de Lisboa em 1999,[2] decide levar a sério a sua carreira musical e as suas actuações levam-na por vários países europeus como Alemanha, França, Bélgica ou Luxemburgo, atravessando até o Atlântico para cantar nos Estados Unidos da América.[5]

No ano seguinte, em 2000, começam a surgir os seus primeiros registos em estúdio, através da participações em compilações.[5]

Em 2001 ela participa do 37º Festival RTP da Canção, com o tema "Há Sempre Alguém que Nos Quer".[carece de fontes?]

Depois de assinado o seu primeiro contrato discográfico em 2003, Ana começa a gravar, no final de 2005, o seu disco de estreia contando com Diogo Clemente na direcção musical e na produção.[5]

Em Abril de 2006 chega ao mercado o seu primeiro álbum Sentidos. Nesta edição da Difference, Ana Laíns interpreta poemas de autores como Florbela Espanca, Lídia Oliveira ou António Ramos Rosa,[5] sendo também possível encontrar assinaturas como Jorge Fernando.[7]

A digressão de promoção de Sentidos passa também por Espanha, Bélgica, Holanda, Rússia ou Grécia.[5]

No Verão de 2009 surge o convite de Boy George para gravar o tema "Amazing Grace",[5] que viria a ser incluído no seu novo trabalho Ordinary Alien, editado nos inícios de 2011.[10]

Em 2010, no ano em que Ana Laíns assinala 10 anos de carreira, lança o seu álbum Quatro Caminhos, a 1 de Março,[6] que conta novamente com a chancela Difference e com a cumplicidade de Diogo Clemente na produção e na direcção musical.[5]

Este segundo trabalho regista, em "Não Sou Nascida do Fado", a estreia da fadista como responsável por uma das letras, ao lado de poemas de Natália Correia, o uruguaio Rubén Darío ou o brasileiro Carlos Drummond de Andrade. Na autoria da parte musical encontramos nomes como Amélia Muge, José Manuel David ou Filipe Raposo.[5][11]

Ainda em 2010, Ana Laíns participa em dois temas do álbum Catavento de Beto Betuk, um trabalho que conta ainda com participações de artistas como Dulce Pontes ou Ivan Lins.[12]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de Estúdio[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Convidada[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Assim referida nas fontes.[3][4][5][6][7] Por vezes também referida como "Ana Lains".[8]

Referências

  1. a b Acta de reunião da Junta de Freguesia de São Julião da Figueira da Foz de 11 de Dezembro de 2006. Acesso 2011-07-30
  2. a b c «Grande noite do fado». Página do Sindicato dos Jornalistas. 22 de janeiro de 2002. Consultado em 19 de maio de 2014. Cópia arquivada em 19 de maio de 2014 
  3. a b c NL para Agência Lusa (27 de setembro de 2007). «Ana Laíns inicia sábado digressão por cinco palcos nacionais». Semanário Expresso. Consultado em 28 de julho de 2011. Cópia arquivada em 4 de maio de 2013 
  4. a b c «Ana Laíns lança "Quatro Caminhos"». Rádio Televisão de Portugal. 1 de Abril de 2010. Consultado em 28 de julho de 2011. Cópia arquivada em 19 de maio de 2014 
  5. a b c d e f g h i j «Ana Laíns (entrevista)». Rádio Lusitana (Rádio Televisão de Portugal. 2010. Consultado em 28 de julho de 2011. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2014 
  6. a b Isaura Almeida (1 de março de 2010). «"Fiquei atónita com convite do Boy George" (entrevista)». Diário de Notícias. Consultado em 28 de julho de 2011. Cópia arquivada em 3 de agosto de 2012 
  7. a b c «Catálogo - Detalhes do registo de "Sentidos"». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 28 de julho de 2011 
  8. a b Almeida A. Cardoso (+vários) (1 de março de 2009). «Nascidos em 1979». Correio da Manhã. Consultado em 30 de julho de 2011. Cópia arquivada em 19 de maio de 2014 
  9. [1] Página do Facebook. Acesso 2011-07-28
  10. a b «Album Review : Boy George : Ordinary Alien - The Kinky Roland Files» (em inglês). Referida como "Ana Laîns". Music-News.com. Consultado em 28 de julho de 2011. Cópia arquivada em 27 de abril de 2013 
  11. a b «Catálogo - Detalhes do registo de "Quatro Caminhos"». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 28 de julho de 2011 
  12. a b «Catálogo - Detalhes do registo de "Catavento"». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 28 de julho de 2011 
  13. «Boy George ‎– Ordinary Alien». Referida como "Anna Lains". Discogs. Consultado em 28 de julho de 2011 
  14. «Catálogo - Detalhes do registo de "Amália Revisited"». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 28 de julho de 2011 
  15. «Catálogo - Detalhes do registo de "Divas do Fado Novo"». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 28 de julho de 2011 
  16. «Catálogo - Detalhes do registo de "Novo Fado"». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 28 de julho de 2011 
  17. «Catálogo - Detalhes do registo de "Mediterraneo"». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 28 de julho de 2011 
  18. «Catálogo - Detalhes do registo de "Fado Presente : A Nova Geração do Fado"». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 28 de julho de 2011 
  19. «Catálogo - Detalhes do registo de "Fado : Sempre! Ontem, Hoje e Amanhã"». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 28 de julho de 2011 
  20. «Catálogo - Detalhes do registo de "Divas do Fado"». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 28 de julho de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Guitarra e Viola Douradas.png Ana Laíns venceu a Grande Noite do Fado 1999 da Casa da Imprensa de Lisboa, na categoria de Seniores Femininos
Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.