Ana Maria Gonçalves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ana Maria Gonçalves
Ana Maria Gonçalves na abertura do Festival Latinidades 2014: Griôs da Diáspora Negra (Valter Campanato/Agência Brasil)
Nascimento 13 de fevereiro de 1970 (47 anos)
Ibiá,  Brasil
Prémios Prémio Casa de las Américas (2007)
Magnum opus Um defeito de cor

Ana Maria Gonçalves (Ibiá, 1970) é uma escritora brasileira[1].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Trabalhou como publicitária em São Paulo, mas abandonou a profissão em 2002 para morar em Itaparica e escrever seu primeiro livro, Ao lado e à margem do que sentes por mim. Mais tarde, fixou residência em Nova Orleans[2].

Seu segundo romance, Um defeito de cor, de 2006, conquistou o Prêmio Casa de las Américas na categoria literatura brasileira. A obra, inspirada na vida de Luísa Mahin, conta a trajetória de uma menina nascida no Reino do Daomé e capturada como escrava aos 8 anos de idade, até a sua volta à terra natal como mulher livre[3].

Obras[editar | editar código-fonte]

  • 2002 - Ao lado e à margem do que sentes por mim
  • 2006 - Um defeito de cor

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 2016 - Tchau, Querida![4]
  • 2017 - Chão de Pequenos (Companhia Negra de Teatro)

Referências

  1. Ana Maria Gonçalves - BUALA - cultura contemporânea africana
  2. Ana Maria Gonçalves - Editora Record - Sobre o autor
  3. Ana Maria Gonçalves - Literafro - UFMG
  4. Homenagens dão tom à 11ª Balada Literária. Destak, 22 de Novembro de 2016

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.