Ana Maria do Palatinado-Simmern

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ana Maria da Suécia
Duquesa de Södermanland
Condessa do Palatinado-Simmern
Gravura de 1849 por Johan Henric Strömer.
Duquesa de Södermanland
Reinado 11 de maio de 1579 - 28 de julho de 1589
Antecessor(a) Catarina Stenbock
Sucessor(a) Cristina de Holstein-Gottorp
 
Cônjuge Carlos IX da Suécia
Descendência Margarida Isabel da Suécia
Isabel Sabina da Suécia
Luís da Suécia
Catarina da Suécia
Maria da Suécia
Nascimento 24 de julho de 1561
Heidelberg, Alemanha
Morte 29 de julho de 1589 (50 anos)
Eskilstuna, Suécia
Sepultamento Catedral de Strängnäs
Pai Luís VI, Eleitor Palatino
Mãe Isabel de Hesse

Ana Maria do Palatinado-Simmern (24 de julho de 1561 - 29 de julho de 1589) foi uma princesa alemã e princesa da Suécia por casamento, sendo a primeira esposa do futuro rei Carlos IX da Suécia. Morreu antes do marido se tornar rei, por isso nunca foi rainha.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ana Maria era filha do príncipe-eleitor Luís VI de Hesse e da condessa Isabel de Hesse. Em abril de 1578, o príncipe Carlos da Suécia visitou a cidade-natal de Ana, Heidelberg e pediu-a em casamento. O casamento celebrou-se em Heidelberg a 11 de maio de 1579. Depois, Ana foi viver com o marido na Suécia.

Ana Maria é descrita como bonita, gentil e diplomática, mas também muito rigorosa. O seu casamento com Carlos IX foi feliz. A sua calma era oposta ao temperamento do marido. Influenciou a sua governação no ducado, intervindo para pedir que o marido mostrasse misericórdia a algumas pessoas.

Ana teve seis filhos, mas apenas uma filha sobreviveu até à idade adulta. Ana morreu em Eskilstuna vítima de doença prolongada e foi enterrada na Catedral de Strängnäs.

Diz-se que o duque Carlos lamentou muito a sua morte. A cidade de Mariestad e estado real de Marieholm receberam o nome em sua honra.

Descendência[editar | editar código-fonte]

Brasão de armas de Ana Maria e seu marido
  • Margarida Isabel da Suécia (24 de setembro de 1580 – 26 de agosto de 1585), morreu com cerca de cinco anos de idade.
  • Isabel Sabina da Suécia (13 de março de 1582 – 6 de julho de 1585), morreu com três anos de idade.
  • Luís da Suécia (17 de março - 26 de maio de 1583).
  • Catarina da Suécia (10 de novembro de 1584 – 13 de dezembro de 1638), casada com João Casimiro de Zweibrücken-Kleeburg; com descendência.
  • Gustavo da Suécia (12 de junho - 4 de dezembro de 1587).
  • Maria da Suécia (18 de dezembro de 1588 – 23 de abril de 1589), morreu com poucos meses de idade.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Ana Maria do Palatinado-Simmern em três gerações[1]
Ana Maria do Palatinado-Simmern Pai:
Luís VI, Eleitor Palatino
Avô paterno:
Frederico III, Eleitor Palatino
Bisavô paterno:
João II do Palatinado-Simmern
Bisavó paterna:
Beatriz de Baden
Avó paterna:
Maria de Brandenburg-Kulmbach
Bisavô paterno:
Casimiro de Brandenburg-Bayreuth
Bisavó paterna:
Susana da Baviera
Mãe:
Isabel de Hesse
Avô materno:
Filipe I de Hesse
Bisavô materno:
Guilherme II de Hesse
Bisavó materna:
Ana de Mecklenburg-Schwerin
Avó materna:
Cristina da Saxónia
Bisavô materno:
Jorge da Saxônia
Bisavó materna:
Bárbara da Polónia

Referências

  1. «The Peerage» (em inglês). 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ana Maria do Palatinado-Simmern