Ana Paula Lopes Ferreira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fofinha Volleyball (indoor) pictogram.svg
Informações pessoais
Nome completo Ana Paula Lopes Ferreira
Apelido Fofinha
Modalidade Voleibol
Nascimento 17 de junho de 1980 (39 anos)
Porto Alegre  Rio Grande do Sul
Nacionalidade  Brasil
Compleição Peso: 73 Kg Altura: 1,82 m
Posição Ponteira
Medalhas
Campeonato Mundial Sub-20
Prata Saskatoon1999 Equipe
Campeonato Sul-Americano Sub-20
Ouro Santa Fé 1998 Equipe
Campeonato Mundial Sub-18
Ouro Chiang Mai 1997 Equipe
Campeonato Sul-Americano Sub-18
Prata Paysandú 1996 Equipe

Ana Paula Lopes Ferreira (Porto Alegre, 17 de junho de 1980) é uma voleibolista indoor brasileira com experiência em clubes nacionais e internacionais e que traz em medalhas importantes em todas as categorias de base da seleção brasileira: na categoria infanto-juvenil foi prata no sul-americano de 1996 e campeã mundial de 1997; na categoria juvenil foi campeã sul-americana em 1998 e vice-campeã mundial de 1999[1][2].

Carreira[editar | editar código-fonte]

Fofinha já na categoria infanto-juvenil era convocada para seleção brasileira e disputou sua primeira competição internacional no campeonato sul-americano de 1996 no Uruguai quando conquistou a medalha de prata nesta competição[1].Defendeu a equipe do BCN/Osasco na temporada 1996-97, sendo campeã paulista de 1997 e terceiro lugar na Superliga e foi convocada para seleção paulista juvenil sediado em Guaratuba e conquistou o título do Campeonato Brasileiro de Seleções[3].

Disputou o Mundial Infanto-Juvenil de 1997 na Tailândia pela seleção brasileira, conquistando seu primeiro título internacional .Na temporada seguinte terminou na sétima posição da Superliga[1][2].Em 1998 sagrou-se bicampeã do Campeonato Brasileiro de Seleções realizado em Belo Horizonte também na categoria juvenil[3]. Na categoria juvenil atuou pela seleção brasileira e foi ouro no sul-americano de 1998 realizado na Argentina qualificando-se para o mundial. E pelo BCN na edição 1998-99 da Superliga terminou na quinta posição[1][2].

Disputou o Mundial Juvenil de 1999 no Canadá pela seleção brasileira e foi vice-campeã[4]. Na edição da Superliga 1999-00 terminou no terceiro lugar, defendendo ainda o BCN foi campeã da Copa Brasil de Clubes em 1999. Em 2000 obteve o título da Taça Premium, foi quinto lugar na Superliga 2000-01, obteve o bicampeonato paulista nos anos 2001 e 2002, bicampeã do Salonpas Cup nestes mesmos anos. Chegou a sua primeira final de Superliga na edição 2001-02, sendo vice-campeã. Em 2002 também foi campeã do Grand Prix Brasil de Vôlei e na Superliga 2002-03, Fofinha chegou a sua segunda final consecutiva e desta vez foi campeã pela primeira vez[1][2].

Após longos anos na equipe de Osasco, foi contratada para atuar no ACF/Campos na qual foi campeã carioca de 2003 e na Superliga terminou no sexto lugar e campeã intermunicipal de 2004 e vice-campeã carioca.Ainda nesta equipe, utilizando o nome de Oi/ Campos, terminou em terceiro lugar na Superliga 2004-05[1][2].

Em 2005 passa a defender o Oi/Macaé Sports e durante a disputa do Salonpas Cup de 2006 foi eleita melhor jogadora da competição, despertou interesse do clube japonês Hisamitsu Springs com superliga em andamento e nesta competição foi terceira colocada, mesma colocação da Superliga 2005-06, conquistou dois vice-campeonatos estaduais e título do Torneio Cidade de Brasília[5].

Transferiu-se para o voleibol japonês para defender o Hisamitsu Springs nas competições de 2006-07 e foi campeã do Campeonato Japones nessa temporada[6].Rapidamente retornou ao Brasil e disputou edição da Copa São Paulo de 2007 pela equipe Pinheiros/Blue Life[carece de fontes?].

Transferiu-se para o voleibol italiano para atuar na equipe Lines Ecocapitanata Altamura terminando na nona posição do Liga A1 Italiana da temporada 2007-08 e primeira colocada na primeira fase da Copa A1 da Itália, mas sofre eliminação nas oitavas de final[7].

Voltou a jogar no voleibol japonês, desta vez defendeu a equipe NEC Red Rockets, onde conquistou na temporada 2008-09 o terceiro lugar no campeonato japonês[8]. Retornou ao Brasil apenas para disputar o Campeonato Paulista de 2009[carece de fontes?]pela equipe do Osasco Voleibol Clube[9].Voltou ao clube japonês e conquistou a quinta posição na edição 2009-10 campeonato japonês[8].

Fofinha resolve se transferir na temporada 2010-11 para o voleibol russo, onde defendeu o Dínamo Krasnodar na final da Copa da Rússia de 2010, mas se tornou vice-campeã, mesmo posto obtido na edição 2010-11 da Copa CEV[10][11] e na Liga Russa terminou na terceira posição[12].Na jornada 2011-12 voltou a jogar no Hisamitsu Springs e obteve o vice-campeonato japonês e ouro na Copa da Imperatriz do Japão e no Festival Nacional de Esportes do Japão ambos em 2012[6].

Na temporada 2012-13 foi contrata pelo clube Fakel/Novyj Urengoj. Fofinha está na segunda temporada por este clube russo, disputando as competições 2013-14[13].

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube País De Até
BCN/Osasco  Brasil 1997 2003
ACF/Campos  Brasil 2003 2004
Oi/Campos  Brasil 2004 2005
Oi/Macaé Sports  Brasil 2005 2006
Hisamitsu Springs  Japão 2006 2007
Pinheiros/Blue Life  Brasil 2007 2007
Lines Ecocapitanata Altamura  Itália 2007 2008
NEC Red Rockets  Japão 2008 2009
Osasco Voleibol Clube  Brasil 2009 2009
NEC Red Rockets  Japão 2009 2010
Dínamo Krasnodar  Rússia 2010 2011
Hisamitsu Springs  Japão 2011 2012
Fakel/Novyj Urengoj  Rússia 2012 2014
Sarıyer Belediyesi  Turquia 2014
Jakarta Popsivo PGN Indonésia 2014 2015

[1][5][11][14][15].

Títulos e Resultados[editar | editar código-fonte]

Premiações Individuais[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (13 de dezembro de 2005). «Superliga feminina 05/06: talentosa levantadora da ASBS-Suzano terá trabalho para superar eficiente defesa do Oi/Macaé». Consultado em 25 de novembro de 2013. Arquivado do original em 3 de dezembro de 2013 
  2. a b c d e f g h i j k l m n CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (27 de outubro de 2008). «SUPERLIGA 08/09: Histórico da Superliga». Consultado em 25 de novembro de 2013. Arquivado do original em 17 de outubro de 2014 
  3. a b c d CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Campeonatos Brasileiros de Seleções-Classificação Final de 1995 a 2012» (PDF). Consultado em 25 de novembro de 2013. Arquivado do original (PDF) em 3 de dezembro de 2013 
  4. «Women Junior under 19 X Volleyball World Championship 1999 Edmonton (CAN)». Consultado em 25 de novembro de 2013 
  5. a b c d e f g h «Macaé perde ponta para o vôlei japonês». 22 de dezembro de 2006. Consultado em 25 de novembro de 2013 
  6. a b c d e f Wikipédia. «Artigo Hisamitsu Springs» (em inglês). Consultado em 25 de novembro de 2013 
  7. a b Lega Pallavolo Serie A Femminile. «Lines Ecocapitanata Altamura - Piazzamenti Stagioni Precedenti-2007-08». Consultado em 25 de novembro de 2013. Arquivado do original em 27 de outubro de 2007 
  8. a b c d Wikipédia. «Artigo NEC Red Rockets» (em inglês). Consultado em 25 de novembro de 2013 
  9. a b Wikipédia. «Artigo Osasco Voleibol Clube». Consultado em 25 de novembro de 2013 
  10. LANCEPRESS!. «2010/11 CEV CUP». Consultado em 25 de novembro de 2013 
  11. a b c d Wikipédia. «Artigo Динамо (женский волейбольный клуб, Краснодар)» (em russo). Consultado em 25 de novembro de 2013 
  12. a b Wikipédia. «Artigo Campionato russo di pallavolo femminile» (em italiano). Consultado em 25 de novembro de 2013 
  13. LANCEPRESS! (28 de outubro de 2013). «Fofinha lidera Fakel em vitória na Liga Russa de vôlei». Consultado em 25 de novembro de 2013 
  14. Hansports. «Perfil Ana Paula Lopes Ferreira (Fofinha)». Consultado em 25 de novembro de 2013. Arquivado do original em 21 de outubro de 2013 
  15. Fakel Volley. «Nº12-Profile Ana Paula Lopes Ferreira (Fofinha)» (em russo). Consultado em 25 de novembro de 2013