Ana Pessoa Pinto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ana Pessoa Pinto
Retrato oficial de Procuradora-Geral da República.
Procuradora-Geral da República de Timor-Leste Timor-Leste
Período 27 de março de 2007 a 27 de março de 2013
Nomeada por Presidente de Timor-Leste
Antecessor(a) Longuinhos Monteiro
Sucessor(a) José da Costa Ximenes
Dados pessoais
Nome completo Ana Maria Pessoa Pereira da Silva Pinto
Nascimento 5 de janeiro de 1956 (61 anos)
Bobonaro, Timor-Leste
Alma mater Universidade Eduardo Mondlane
Profissão Advogada e jurista

Ana Maria Pessoa Pereira da Silva Pinto (Bobonaro, 5 de janeiro de 1956) é uma uma política e jurista timorense e ex-Procuradora-Geral da República.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sua família é originária da cidade ocidental de Maliana e foi estudar direito na Universidade Eduardo Mondlane, em Moçambique e como advogada manteve uma posição judicial em Moçambique durante os anos de exílio, ex-ministra da Administração Estatal e Interna durante o governo do primeiro-ministro Mari Alkatiri de 2002 a 2007. Ela é membro do Comité Central da Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (Fretilin). Durante a Administração Transitória das Nações Unidas em Timor-Leste (UNTAET) de 1999 a 2002, Ana Maria Pessoa foi o membro do gabinete do Interior antes de ser nomeada ministra da Justiça na Administração Transitória de Timor-Leste e a partir de de 27 de março de 2007 passou a exercer a titularidade de Procuradora-Geral de Timor-Leste.

Mais comummente conhecida como Ana Pessoa, foi eleita para o Parlamento Nacional de Timor-Leste nas eleições legislativas de 2007.

Ela é a ex-esposa de José Ramos-Horta, ex-presidente. Eles têm um filho, Loro.

Referências

Precedido por
Longuinhos Monteiro
Procuradora-Geral da República de Timor-Leste
2007 – 2013
Sucedido por
José da Costa Ximenes
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.