Ana Salazar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ana Salazar
Nascimento 19 de julho de 1941 (76 anos)
Lisboa
Cidadania Portugal
Ocupação designer de moda

Ana Salazar GOIH (Lisboa, 19 de Julho de 1941) é uma estilista[1] portuguesa.

Carreira[editar | editar código-fonte]

No princípio da década de 70 revolucionava a moda em Portugal apresentando vestuário de vanguarda em eventos, "acontecimentos de moda", como a própria denominava, em locais inusitados e para audiências de milhares de pessoas. Foi considerada pela imprensa nacional e internacional como a pioneira da moda em Portugal.

A partir de 1978 e como consultora de moda interessa-se pelo trabalho e divulgação de novos talentos emergentes. Em 1985 abre loja e base comercial em Paris para internacionalizar a marca nos principais mercados de moda de autor, como Milão, Nova Iorque e Tóquio, passando a comercializar a mesma nestes países. A loja foi considerada por várias publicações, entre elas a Marie Claire francesa, como um dos cinco mais importantes templos da moda.

Participou em várias exposições temáticas em Portugal e no estrangeiro, designadamente "La mode au XXéme siècle" no Museu do Louvre em Paris e no Museu Nacional do Traje em Lisboa; "Traje, um objeto de arte" da Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa; "Moda e design de objectos" da Europalia em Bruxelas; "Variations Gitanes" do Museu do Louvre em Paris; "Histoire de mode d'hier et d'aujoud'hui" do Musée des arts de la mode" em Paris.

Fachada da loja de Ana Salazar na Rua do Carmo, no bairro do Chiado, em Lisboa, à direita a histórica Livraria Ulisses.

Ao longo da sua carreira tem vindo a criar em regime de licenciamento perfumes, azulejos, óculos e uma linha de têxteis para casa.

Em 2003 é lançado o livro "Ana Salazar, uma biografia ilustrada". Nesse mesmo ano cria a nova linha de vestuário dos CTT Correios de Portugal.

Ao longo da sua carreira tem sido galardoada com inúmeros prémios, entre os quais se destacam o Globo de Ouro, o Troféu Sena da Silva do Centro Português de Design, e a condecoração de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique pelo então Presidente da República, Dr. Jorge Sampaio.

Em 2012 é convidada a participar no Museu do Design e da Moda (MUDE) "Diz-me do que gostas… Dir-te-ei quem és". Nesse mesmo ano completa 40 anos de carreira, sendo homenageada no Baile da Rosa, no Portugal Fashion e nos Fashion TV Awards.

Em 2013 lança a sua nova marca Ana by Herself, com a apresentação de acessórios, a qual é alargada em 2014 com peças exclusivas de edição limitada e de pronto-a-vestir.

Em 2014 cria as fardas da recepção, restaurante e bar para o Farol Design Hotel em Cascais; é também lançada a edição especial do vinhos branco e rosé Ana by Herself, em parceria com a Adega Cooperativa de Palmela.

Em Novembro de 2015 lança a coleção-cápsula de edição limitada Back To The Future.

Em 2016 a RTP faz o documentário biográfico Ana Salazar - Traço de Mulher realizado por José Carlos Oliveira. Posteriormente no mesmo ano é editado o livro biográfico Ana Salazar na coleção designers portugueses, da autoria de Bárbara Coutinho, diretora do Mude. Lança também a coleção de lenços de seda Legacy da sua nova marca Ana by Ana Salazar.

Prémios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Mulher Portuguesa». Mulherportuguesa.com 
  2. «Remade Ana Salazar». Remadeinportugal.pt 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.