Anais da Academia Brasileira de Ciências

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Anais da Academia Brasileira de Ciências
Título(s) anterior(es) Revista da Sociedade Brasileira de Sciencias
Título abreviado (ISO 4) An. Acad. Bras. Ciênc.
Disciplina(s) académica(s) multidisciplinar
Arbitragem científica sim
Língua inglês
Editor Alexander Kellner
Detalhes de publicação
Editora ( Brasil)
História 1917-presente
Periodicidade trimestral
Acesso livre sim
Licença CC-BY-CA
Fator de impacto
(2015)
1.1
Indexação
ISSN 0001-3765 (print)
1678-2690 (web)
Ligações
[www.abc.org.br/publicacoes/periodicos/anais-da-abc/ Sítio]


Anais da Academia Brasileira de Ciências são a publicação oficial da Academia Brasileira de Ciências, sendo publicada de forma ininterrupta desde 1929, tornando-a a mais antiga revista científica brasileira.

História[editar | editar código-fonte]

Antes desta data, a revista oficial da Academia era chamada de Revista da Sociedade Brasileira de Ciências (1917/19), depois de Revista de Ciências (1920/22) e em seguida passa a ser denominada Revista da Academia Brasileira de Ciências (1926 e 1928), sempre com publicação irregular. Ainda nesta fase, vale destacar o artigo publicado, em 1926, por Einstein, sobre a teoria da luz.[1][2]

Em 2016, uma parceria entre a Academia Brasileira de Ciências e a Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional tornou disponível, para busca on-line, o acervo da AABC publicado desde 1929. [3][4]

Propósito[editar | editar código-fonte]

A sua finalidade é a publicação de resultados originais de pesquisa nos ramos da Ciência abrangidos pelas Seções da Academia. A Comissão Editorial coordena a avaliação dos artigos a serem publicados. A publicação é trimestral. Eventualmente, números temáticos tem sido publicados a critério da diretoria como Suplementos aos Anais. Ela é disponibilizada através da biblioteca digital SciELO.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. POR UMA UNIVERSIDADE NO RIO DE JANEIRO
  2. Einsten, Albert (1926). «Observações sobre a situação atual da teoria da luz». Revista da Academia Brasileira de Ciências 
  3. «Biblioteca Nacional disponibiliza acervo online dos anais da ABC - UPF | Universidade de Passo Fundo». www.upf.br. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  4. «Annaes da Academia Brasileira de Ciencias (RJ) - DocReader Web». memoria.bn.br. Consultado em 14 de outubro de 2018 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  1. Academia Brasileira de Ciências, Anais Da Academia Brasileira de Ciências. Academia Brasileira de Ciências. ISSN 0001-3765 (Livro) ISSN 1678-2690 (e-Livro) OCLC 53907017
  2. Academia Brasileira de Ciências, Anais Da Academia Brasileira de Ciências, Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal, Sistema de Informação Cientifica - Universidad Autónoma del Estado de México (em castelhano) (em inglês) (em alemão)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Anais da Academia Brasileira de Ciências
Portal A Wikipédia possui o:
Portal de Ciência
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.