Saltar para o conteúdo

Anastasia Maksimova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Anastasia Maksimova
Anastasia Maksimova
Maksimova em 2016
Informações pessoais
Nome completo Anastasia Ivanovna Maksimova
Modalidade Ginástica rítmica
Representante Rússia
Nascimento 27 de junho de 1991 (33 anos)
Petrozavodsk, RSFS Rússia, União Soviética
Nacionalidade russa
Compleição Peso: 50 kg • Altura: 1,70 m
Nível Sênior
Treinador(a)(es/s) Irina Viner
Clube Dínamo Moscou
Período em atividade 2008–2016, 2019–atualidade

Anastasia Ivanovna Maksimova (em russo: Анастасия Ивановна Максимова; Petrozavodsk, 27 de junho de 1991) é uma ginasta russa que compete em provas de ginástica rítmica, campeã mundial por equipes em 2015 e olímpica em 2016.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Uma das veteranas da atual seleção nacional russa de ginástica rítmica, Maksimova competiu em cinco Campeonatos Mundiais, sendo que sua primeira aparição foi em 2009 em Ise, Japão, onde a Rússia conquistou três medalhas, uma delas de ouro. Em 2010 foi rebaixada para a seleção reserva, mas voltou a integrar a equipe principal em 2013.[2]

Foi membro da equipe que conquistou o ouro por equipes no Campeonato Europeu de 2014 em Baku, no Azerbaijão,[3] e no Campeonato Mundial em Esmirna, na Turquia onde terminou em quarto no grupo lugar por equipes e em primeiro no combinado de 2 fitas e 3 bolas.[4][5] No ano seguinte foi convocada para participar dos primeiros Jogos Europeus, em Baku, onde levou a medalha de ouro por equipes e nas 5 fitas.[6] A equipe russa terminou a temporada de 2015 ganhando o ouro por equipes no Campeonato Mundial em Stuttgart, Alemanha, bem como no combinado de 6 maças e 2 arcos, além de uma prata nas 5 fitas.[7]

Em 2016, Maksimova conqusitou junto com a equipe russa a medalha de ouro por equipes no Campeonato Europeu de Holon, Israel.[8] Naquela mesma temporada integrou a seleção de ginástica rítmica nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, que obteve a medalha de ouro por equipes ao lado de Maria Tolkacheva, Anastasia Tatareva, Anastasia Bliznyuk e Vera Biryukova.[9]

Pouco depois das Olimpíadas, chegou a encerrar sua carreira competitiva, mas retomou as competições quase dois anos depois e voltou para a seleção nacional em 2019, onde conquistou pódios nos Jogos Europeus de Minsk (um ouro e um bronze) e no Campeonato Mundial, em Baku (dois ouros e um bronze).[10]

Referências

  1. «Anastasiya Maksimova» (em inglês). Olympedia. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  2. «Анастасия Максимова: «Работать с Винер — это огромное удовольствие, которое каждый день поднимает тебя на тренировку»» (em russo). sportbox.ru. 23 de setembro de 2019. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  3. «Russia won Group's Gold in front of Italy and Israel» (em inglês). Gymmedia. 13 de junho de 2014. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  4. «33rd WORLDS of RHYTHMIC GYMNASTICS 2014 – All-Around Results» (PDF) (em inglês). Gymmedia. 27 de setembro de 2014. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  5. «33rd WORLDS of RHYTHMIC GYMNASTICS 2014» (em inglês). Gymmedia. 27 de setembro de 2014. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  6. «I. EUROPEAN GAMES 2015 - RHYTHMIC GYMNASTICS» (em inglês). Gymmedia. 21 de junho de 2015. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  7. «Russia's Group conquered Gold No. 8, because Italy won with 5 Ribbons» (em inglês). Gymmedia. 13 de setembro de 2015. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  8. «Russia clinch group title on opening day of European Rhythmic Gymnastics Championships» (em inglês). Inside the Games. 17 de junho de 2016. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  9. «Rhythmic gymnastics: Russia wins fifth successive team gold» (em inglês). Reuters. 21 de agosto de 2016. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  10. ««ПОСЛЕ ПАУЗЫ В ТРЕНИРОВКАХ БОЛЕЛО ВСЕ — НУЖНО БЫЛО ЗАНОВО НАБИТЬ МОЗОЛИ». АНАСТАСИЯ МАКСИМОВА — О ТОМ, КАК ВЕРНУТЬСЯ В СБОРНУЮ ПОСЛЕ ДВУХЛЕТНЕЙ ПАУЗЫ» (em russo). Match TV. 23 de setembro de 2019. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]