And Now... The Runaways

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
And Now... The Runaways
Álbum de estúdio de The Runaways
Lançamento 1978
Gravação
Gênero(s)
Duração 35:37
Idioma(s) (em inglês)
Gravadora(s)
Produção Kim Fowley
Cronologia de The Runaways
Waitin' for the Night
(1977)
Flaming Schoolgirls
(1980)
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AllMusic 3 de 5 estrelas. [1]
Symbol unlikely.svg Esta tabela precisa de ser acompanhada por texto em prosa. Consulte o guia.

And Now... The Runaways é o quarto e último álbum de estúdio da banda de rock americana The Runaways. Lançado na Europa no final de 1978 e no Japão em 1979.[2][3][4][5] Este foi o último álbum do The Runaways, antes de se separarem. O álbum foi lançado pela Cherry Red Records no Reino Unido e lançado nos Estados Unidos pela Polydor Records. Em 1981 a Rhino Records o relançou como um picture disc, sob o título de Little Lost Girls, com uma foto de capa diferente e uma sequência diferente das canções.

No início das gravações, Vickie Blue deixou a banda e as linhas de baixo das faixas foram tocadas por Lita Ford.[6] Durante a gravação tumultuada do álbum, o empresário Toby B. Mamis, Observou as tentativas do produtor John Alcock de colocar Joan Jett fora do processo, portanto Sandy West e Lita Ford cantaram algumas faixas individuais (Sandy com "Right Now", que ela escreveu e cantou e Lita com "I'm a Million", como seu primeiro registro vocal). Joan depois brincou: "Eu tive um sentimento engraçado, que eu estava prestes a ser demitida de uma banda que eu ajudei a criar". Duane Hitchings está nos créditos, agradecendo por seu trabalho nos teclados do álbum.

"Black Leather" é uma canção originalmente escrita pelo ex-integrante do Sex Pistols, Steve Jones e por Paul Cook, para sua antiga banda.

Logo após a contratação da nova baixista Laurie McAllister, Jett e Ford dissolveram em conjunto o Runaways, alegando diferenças musicais dentro da banda. Ford e Oeste, em seguida, tentou iniciar uma nova banda mais pesada, com Alcock produzindo, porém o projeto não foi adiante.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Versão Original (And Now... The Runaways)[editar | editar código-fonte]

Lado 1
N.º Título Duração
1. "Saturday Night Special"   3:39
2. "Eight Days a Week"   3:33
3. "Mama Weer All Crazee Now"   3:26
4. "I'm a Million" (Vocais principais de Lita Ford) 6:02
Lado 2
N.º Título Duração
5. "Right Now" (Vocais principais de Sandy West) 3:35
6. "Takeover"   3:11
7. "My Buddy and Me"   3:39
8. "Little Lost Girls"   4:45
9. "Black Leather"   3:47

Versão Americana (Little Lost Girls)[editar | editar código-fonte]

Lado 1
N.º Título Duração
1. "Black Leather"   3:47
2. "Mama Weer All Crazee Now"   3:26
3. "Saturday Night Special"   3:39
4. "Eight Days a Week"   3:33
5. "Takeover"   3:11
Lado 2
N.º Título Duração
6. "Right Now"   3:35
7. "My Buddy and Me"   3:39
8. "Little Lost Girls"   4:45
9. "I'm a Million"   6:02

Créditos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Avaliação no AllMusic
  2. McDonnell, Evelyn (2013). Queens of Noise, The Real Story of The Runaways. Cambridge, Massachusetts: Da Capo Press. p. 254, 322. ISBN 978-0-306-82039-7 
  3. Ogg, Alex (1993). And Now... The Runaways (CD Booklet). London, UK: Cherry Red Records. CDM GRAM 63 
  4. Stern, Ken. «Runaway's Story». Tripod.com. Consultado em 9 de junho de 2014 
  5. «The Runaways». att.net. Consultado em 9 de junho de 2014. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2011 
  6. Victory Tischler-Blue (2005). Edgeplay: A Film About the Runaways (Documentary). Hollywood, California: Sacred Dogs Entertainment Group. Em cena em 89:30