Anderson Varejão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Anderson Varejão
Varejao 2014.jpg
Informações pessoais
Nome completo Anderson França Varejão
Data de nasc. 28 de setembro de 1982 (36 anos)
Local de nasc. Colatina, Espírito Santo,  Brasil
Altura 2,13 m
Peso 125 kg
Apelido Andy
Varejão
Wild Thing
Informações no clube
Clube atual Brasil Flamengo
Número 17
Posição Pivô
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
19982002
20022004
20042016
20162017
2018
Brasil Franca
Espanha Barcelona
Estados Unidos Cleveland Cavaliers
Estados Unidos Golden State Warriors
Brasil Flamengo


000591 00(4485)
00036 000(76)
Seleção nacional
2000 Brasil Brasil
Medalhas
Competidor do  Brasil
Goodwill Games
Bronze Brisbane 2001 Flag of Brazil.svg Brasil
Copa América de Basquetebol
Prata Neuquén 2001 Flag of Brazil.svg Brasil
Ouro Santo Domingo 2005 Flag of Brazil.svg Brasil
Ouro San Juan 2009 Flag of Brazil.svg Brasil
Campeonato Sul-Americano de Basquetebol
Ouro Montevideo 2003 Flag of Brazil.svg Brasil
Jogos Pan-Americanos
Ouro Santo Domingo 2003 Flag of Brazil.svg Brasil

Anderson França Varejão (Colatina, 28 de setembro de 1982), mais conhecido por Varejão (Brasil) ou Andy (Estados Unidos), é um jogador brasileiro de basquetebol profissional. Com 2,13 metros de altura, ele joga como pivô. Atualmente defende as cores do Flamengo no NBB.[1]

Em 2002, Varejão tornou-se o primeiro jogador brasileiro a seguir do basquetebol brasileiro diretamente para um clube estrangeiro de elite, dentro da organização da Federação Internacional (FIBA).[2] Oscar Schmidt, por exemplo, saiu do Brasil para atuar inicialmente no Caserta, time da Segunda Divisão da Itália.[2]

Varejão jogou na NBA por 13 temporadas seguidas, 12 das quais pelo Cleveland Cavaliers (entre 2004-2016), onde se tornou ídolo da torcida. Pela franquia, foram 3.485 pontos, 5.834 rebotes, 709 assistências, 529 roubos de bola e 397 tocos. Anderson deixou o Cleveland Cavaliers no dia 18 de fevereiro de 2016, como o sétimo jogador que mais atuou pela equipe, com 591 jogos.[3][4]

Em 2016, Anderson fez história ao tornar-se o primeiro jogador a ter defendido os dois finalistas da NBA em um mesmo ano[5]. No mesmo ano, tornou-se o primeiro brasileiro a estar em três finais da NBA[6], e também o primeiro brasileiro a vencer as duas conferências da NBA.[6]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início no Brasil[editar | editar código-fonte]

Nascido em Colatina no Espírito Santo, viveu sua infância no município de Santa Teresa, região serrana do estado. Seu pai era professor da antiga EAFST (Escola Agrotécnica Federal de Santa Teresa), atual Instituto Federal do Espírito Santo. Cresceu em São João de Petrópolis.

Iniciou sua carreira nas categorias de base do Clube de Regatas Saldanha da Gama de Vitória.[7] Entre 1998 a 2002, atuou pelo Franca Basquetebol Clube. Até metade da temporada 2001-02, Anderson teve uma média de 17.7 pontos/partida, 9,7 rebotes/partida e 3 bloqueios/partida. Estes números despertaram o interesse do Barcelona, que o contratou em janeiro de 2002.

FC Barcelona[editar | editar código-fonte]

Varejão assinou contrato com o clube em janeiro de 2002. Com isso, Varejão fez história, tornando-se o primeiro jogador brasileiro a seguir do basquetebol brasileiro diretamente para um clube europeu de elite.[2] Oscar Schmidt, por exemplo, nos anos 80 saiu do Brasil para atuar inicialmente no Caserta, time da Segunda Divisão da Itália.[2]

Pelo Barcelona, Varejão foi bicampeão da liga nacional, e campeão da Euroliga em 2003 sobre o Benetton Treviso por 76-65.

Carreira na NBA[editar | editar código-fonte]

Draft[editar | editar código-fonte]

Anderson Varejão, ficou no radar da NBA de 2002 (quando se inscreveu pela primeira vez no Draft da NBA) a 2004, quando foi draftado pelo Orlando Magic como a 30a escolha, uma posição surpreendente ao levar em conta projeções de especialistas norte-americanos.[8]

Com um contrato longo com o Barcelona, da Espanha, ele não foi liberado para fazer testes nos Estados Unidos em 2002 e 2003. Em 2003, quando os olheiros da liga foram assistir à final da Euroliga em Barcelona, ele não foi bem. Isso fez com que alguns olheiros chegassem a afirmar que ele ainda era muito cru para a NBA.[8]

Em 2004, Anderson não foi inscrito pelo Barça nas finais do Campeonato Espanhol. O tempo "livre" permitiu que ele viajasse para treinar nos EUA. Agradou. Sua agilidade e seu poder de dar tocos e pegar rebotes foram decisivos para a seleção.[8]

Cleveland Cavaliers[editar | editar código-fonte]

Anderson Varejão em 2012.

Apesar de ter sido draftado pelo Orlando Magic, Anderson foi transferido para o Cleveland Cavaliers no dia 23 de julho de 2004. Graças ao seu interessante penteado, ganhou vários apelidos. Em algumas partidas do Cleveland Cavaliers, torcedores do time assistiam aos jogos usando perucas parecidas com o seu cabelo, para homenagear o jogador.

Atuando pelo Cleveland Cavaliers, teve a oportunidade de jogar ao lado de grandes estrelas da NBA como LeBron James, Shaquille O'Neal e Kyrie Irving. Em 12 temporadas pela equipe, conquistou 2 títulos da Conferência Leste (2007, 2015) e 3 títulos da Divisão Central (2009, 2010, 2015).

Em janeiro de 2010, segundo estatísticas oficiais da NBA, Varejão liderava o ranking da temporada dos jogadores que mais influenciam no saldo de pontos da liga. E mais, entre os top 10 desse ranking, o único que não começava as partidas como titular é justamente Varejão.[9] Muito por conta disso, ao final da temporada 2009-10, Anderson foi eleito para o NBA All-Defensive Team e ficou em terceiro no prêmio NBA Sixth Man of the Year.

Em 2012, Anderson liderava as estatísticas de rebotes da NBA com 14.4 rebotes por jogo, e era cotado para ser o primeiro brasileiro no NBA All-Star Game, porém se lesionou em dezembro de 2012, ficando fora do restante da temporada.

Em 2 de janeiro de 2014, marcou 18 pontos e pegou 25 rebotes contra o Orlando Magic, numa vitória do Cleveland Cavaliers por 87-81. Porém, mais um bom momento foi interrompido por uma grave lesão, em dezembro de 2014.

Golden State Warriors[editar | editar código-fonte]

Em 18 de fevereiro de 2016, após 12 temporadas defendendo o Cleveland Cavaliers, Anderson foi envolvido numa troca entre o Cleveland Cavaliers, o Orlando Magic e o Portland Trail Blazers, sendo adquirido pelo time de Portland e dispensado na mesma data.

No dia 21 de fevereiro de 2016, Anderson foi anunciado como novo reforço do Golden State Warriors. Com isso, nesta temporada (2015-16), Anderson fez história ao tornar-se o primeiro jogador a ter defendido os dois finalistas da NBA em uma mesma temporada, já que o Golden State Warriors enfrentou seu ex-time, Cleveland Cavaliers, e foi derrotado por 4-3 nas Finais da NBA.[5]

Em 3 de fevereiro de 2017, foi dispensado pelo Golden State Warriors após atuar em apenas 92 minutos num total de 14 jogos na temporada, com médias de 1.3 pontos e 1.9 rebotes, as piores de sua carreira.[10] Ao final da temporada, o Golden State Warriors sagrou-se campeão da NBA, e mesmo sendo dispensado pela equipe, Anderson recebeu o anel de campeão, mas oficialmente pela NBA não foi considerado campeão.

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Após 16 temporadas longe do Brasil, Varejão assinou um contrato de 20 meses com o Flamengo no dia 17 de janeiro de 2018.[11] Além de vencimentos fixos, Varejão terá participação por conquistas em quadras e no departamento de marketing, já que o clube planeja trabalhar com o licenciamento de produtos com sua imagem[12].

O impacto de seu retorno ao basquete brasileiro foi comemorado pelo Presidente do NBB, João Fernando Rossi[13]:

"A volta do Varejão é enorme por mostrar a força do baquete brasileiro e do NBB. Quem ganha são os patrocinadores, clubes, investidores e, principalmente, torcedores."
João Fernando Rossi, Presidente do NBB, sobre o retorno do Varejão ao basquete brasileiro.

Usando a camisa de n. 17[14], Varejão fez sua estreia pela equipe no dia 01/02, ajudando a equipe a vencer o Campo Mourão, na Arena Carioca 1, por 92 a 69[15].

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Com a Seleção Brasileira, já ganhou vários títulos, inclusive o da Copa América de Basquetebol de 2009 realizada em Porto Rico, sendo cotado inclusive, para ganhar o prêmio de melhor jogador. Também participou dos Jogos Olímpicos de 2012, ficando em quinto lugar na competição após perder nas quartas de final para a Argentina. Nos Jogos Olímpicos de 2016, foi cortado devido a uma hérnia de disco, sendo substituído por Cristiano Felício do Chicago Bulls.

Estatísticas na NBA[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

Temporada Regular[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2004-05 Cavaliers 54 0 16.0 .598 .000 .595 4.8 0.5 0.8 0.7 4.9
2005-06 Cavaliers 48 4 15.8 .594 .000 .583 4.9 0.4 0.6 0.4 4.6
2006-07 Cavaliers 81 6 23.9 .476 .000 .616 6.7 0.9 0.9 0.6 6.8
2007-08 Cavaliers 48 13 27.5 .461 .000 .598 11.8 1.1 0.8 0.5 6.7
2008-09 Cavaliers 81 42 28.5 .536 .000 .616 14.8 1.0 0.9 0.8 8.6
2009-10 Cavaliers 76 7 28.5 .572 .200 .663 13.4 1.1 0.9 0.9 8.6
2010-11 Cavaliers 31 31 32.1 .528 .000 .667 12.8 4.5 0.9 1.2 9.1
2011-12 Cavaliers 25 25 31.4 .514 .000 .672 11.5 3.8 1.4 0.7 10.8
2012-13 Cavaliers 25 25 36.0 .478 .000 .755 14.4 5.2 1.5 0.6 14.1
2013-14 Cavaliers 65 29 27.7 .495 .000 .681 15.2 4.2 1.1 0.6 8.4
2014-15 Cavaliers 26 26 24.5 .555 .000 .733 13.8 3.6 1.1 0.6 9.8
2015-16 Cavaliers 31 0 10.0 .421 .000 .762 12.3 0.6 0.4 0.2 2.6
Total Cavaliers 591 208 25.0 .512 .024 .632 7.5 1.2 0.9 0.7 7.6
2015-16 Warriors 22 0 8.5 .438 .000 .552 2.3 0.7 0.2 0.2 2.6
2016-17 Warriors 14 1 6.6 .357 .000 .727 1.9 0.7 0.2 0.2 1.3
Total Warriors 36 1 7.7 .419 .000 .600 2.1 0.7 0.2 0.2 2.1
Carreira 627 209 24.0 .511 .024 .631 11.8 1.2 0.9 0.6 7.3

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2005-06 Cavaliers 13 0 18.3 .620 .000 .703 4.5 0.2 0.7 0.2 6.8
2006-07 Cavaliers 20 0 22.4 .511 .000 .563 6.0 0.6 1.0 0.6 6.0
2007-08 Cavaliers 13 0 18.5 .407 .000 .429 11.3 0.7 0.6 0.1 4.1
2008-09 Cavaliers 14 14 30.0 .500 .000 .682 13.2 0.6 1.3 1.1 6.9
2009-10 Cavaliers 11 0 23.2 .661 .000 .742 15.3 0.6 1.0 0.8 5.7
Total Cavaliers 71 14 25.5 .494 .000 .629 5.7 0.5 0.9 0.5 5.9
2015-16 Warriors 17 0 5.5 .357 .000 .526 1.2 0.8 0.1 0.1 1.2
Total Warriors 17 0 5.5 .357 .000 .526 1.2 0.8 0.1 0.1 1.2
Carreira 88 14 19.2 .488 .000 .618 9.8 0.6 0.8 0.5 5.0

Recordes pessoais na NBA[editar | editar código-fonte]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Brasil Flamengo
Estados Unidos Cleveland Cavaliers
Estados Unidos Golden State Warriors
  • Campeão da Divisão do Pacífico: 1 vez (2015-16)
  • Campeão da Conferência Oeste: 1 vez (2015-16)
  • Observação: Em 2017, Varejão recebeu o anel de campeão da NBA de 2016-17 pelo Golden State Warriors, mas oficialmente não é considerado campeão pela NBA, pois não jogou os playoffs na campanha do título do GSW.
Espanha Barcelona

Conquistas Individuais[editar | editar código-fonte]

  • 2001 - Melhor jogador da temporada da Liga Brasileira de Basquete.
  • 2002 - Primeiro jogador brasileiro a seguir do basquetebol brasileiro, diretamente para um clube estrangeiro de elite dentro da organização da Federação Internacional (FIBA).[2]
  • 2003 - Primeiro brasileiro campeão da EuroLeague.
  • 2007 - Primeiro brasileiro campeão de uma conferência da NBA.
  • 2010 - Eleito para o NBA All-Defensive Second Team.[16]
  • 2010 - Terceiro lugar no prêmio NBA Sixth Man of the Year.[17]
  • 2013 - Líder de rebotes da NBA (até se lesionar).
  • 2016 - Primeiro brasileiro a estar em três finais da NBA.[6]
  • 2016 - Primeiro brasileiro a vencer as duas conferências da NBA.[6]
  • 2016 - Primeiro jogador a ter defendido os dois finalistas da NBA em um mesmo ano.[5]

Referências

  1. «De volta ao Brasil: Anderson Varejão reforça o Flamengo no NBB». Globoesporte 
  2. a b c d e esportes.estadao.com.br/ Anderson Varejão é do Barcelona
  3. «Oitavo há mais tempo no mesmo time, Varejão deixa Cavs e deve ficar sem time». ESPN. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  4. «Anderson Varejao Stats, Video, Bio, Profile | NBA.com». www.nba.com. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  5. a b c «LeBron comanda, Cavs batem Warriors, são campeões e fazem história na NBA». Consultado em 25 de julho de 2016 
  6. a b c d sportv.globo.com/ Anderson Varejão se torna o primeiro brasileiro a estar em três finais da NBA
  7. «Com mato e sem luz: primeiro mentor visita quadra onde revelou Varejão». globoesporte.com. Consultado em 6 de maio de 2016 
  8. a b c esporte.uol.com.br/ No primeiro draft com dois brasileiros selecionados, Varejão é o 30º
  9. folha.uol.com.br/ Na NBA, Varejão é quem faz a diferença
  10. «Sem espaço, Varejão é dispensado pelos Warriors». Consultado em 3 de fevereiro de 2017 
  11. esportes.estadao.com.br/ Varejão acerta com Flamengo e volta ao Brasil após 13 temporadas na NBA
  12. oglobo.globo.com/ Ida de Varejão ao Fla expõe realidade do NBB em que até rivais comemoram
  13. oglobo.globo.com/ Como o retorno de Anderson Varejão impacta o Flamengo e o NBB
  14. globoesporte.globo.com/ Flamengo pensa em produtos para explorar Varejão e já vende camisa do pivô
  15. globoesporte.globo.com/ Em dia de festa no Rio, Varejão estreia pelo Flamengo, que atropela Campo Mourão
  16. landofbasketball.com/ Anderson Varejao profile
  17. fearthesword.com/ Anderson Varejão finishes 3rd in Sixth-Man voting

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Anderson Varejão