André Fernandes de Sousa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde janeiro de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
André Fernandes de Sousa
Nascimento 1903
Pau dos Ferros, Rio Grande do Norte
Morte 1 de outubro de 1975 (72 anos)
Recife
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Militar

André Fernandes de Sousa (ou "Souza") (Pau dos Ferros, Rio Grande do Norte, 1903Recife, 1 de outubro de 1975) foi um militar e político brasileiro.

Filho de Hipólito Cassiano de Souza e Francisca Fernandes de Souza, nasceu e foi criado na Fazenda Riacho do Meio na cidade de Pau dos Ferros (RN). Era irmão do Coronel Ezequiel Fernandes de Souza.

Durante a época em que foi Coronel do Exército, foi nomeado pelo Interventor Federal Rafael Fernandes para comandar a Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte entre 1937 e 1943. Foi ainda comandante da 10ª Região Militar entre 1964 e 1965, com sede em Fortaleza,

Nas eleições de 1950, André Fernandes foi eleito o deputado federal mais votado da coligação "União Popular" formada pelos partidos UDN/PST com 12.071 votos, ultrapassando correligionários como Aluízio Alves, José Augusto Bezerra de Medeiros e o suplente Djalma Marinho[1].

Possuindo a patente de General de Brigada, foi nomeado chefe do Gabinete Militar no governo interino de Ranieri Mazzilli, de 2 a 15 de abril de 1964.

Atualmente, em sua cidade natal, o 7º Batalhão da Polícia Militar recebe seu nome como homenagem.

Precedido por
Argemiro de Assis Brasil
Chefe do Gabinete Militar
1964
Sucedido por
Ernesto Geisel
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Dados estatísticos: eleições federais e estaduais, realizadas no Brasil em 1950». . Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Consultado em 7 de setembro de 2016.