André III da Hungria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
André III da Hungria
Nascimento 1265
Veneza
Morte 14 de janeiro de 1301 (36 anos)
Buda
Sepultamento Székesfehérvár
Cidadania Reino da Hungria, Hungria
Cônjuge Inês da Áustria, Rainha da Hungria
Ocupação político

André III (em húngaro: Endre; c. 126514 de janeiro de 1301) foi rei da Hungria de 1290 até a sua morte, com a qual extinguiu-se a linhagem masculina da Dinastia de Árpád.

Devido ao crescente poder dos senhores feudais húngaros e ao correlato enfraquecimento do poder central, o país afundou em completa anarquia no final dos anos 1290.

Seguiu-se à morte de André um interregno no qual Otão, Duque da Baviera, o futuro Venceslau III da Boêmia e Carlos Roberto de Anjou foram proclamados reis por diferentes facções da nobreza feudal húngara. Por fim, a dinastia angevina logrou consolidar-se no poder e Carlos Roberto (neto de Maria Árpád da Hungria - esta, irmã de Ladislau IV da Hungria - e irmão e herdeiro de Carlos Martel de Anjou) foi reconhecido como rei da Hungria.

André III foi o primeiro rei a convocar uma Dieta na Hungria.

André era neto de André II da Hungria.

Árvore genealógica da Casa de Arpades[editar código-fonte]

Ver artigo principal: Casa de Arpades
Precedido por
Ladislau IV
Rei da Hungria
12901301
Sucedido por
Ladislau V
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre André III da Hungria
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.