André Loddi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
André Loddi
Nome completo André Gama Loddi
Nascimento 29 de julho de 1991 (27 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Educação Centro Universitário da Cidade do Rio de Janeiro - UniverCidade (2011-2015)
Centro de Pesquisa Teatral - CPT (2008)
Casa de Artes OperÁria (2005–2008)
Broadway Dance Center (2007)
Colégio Salesiano Santa Teresinha (2004-2006)
Ocupação Ator e músico
IMDb: (inglês)

André Gama Loddi (São Paulo, 29 de julho de 1991) é um ator e músico brasileiro.[1]

Biografia e carreira[editar | editar código-fonte]

André Gama Loddi nasceu em 29 de julho de 1991. Dentro de uma família de exatas (pai empresário, mãe matemática e irmão engenheiro) despertou seu interesse pela arte muito cedo. Iniciou seus estudos de música aos seis anos de idade na escola de música EPAM, tendo contato com diversos instrumentos musicas como violão, piano e canto. No ensino médio, através das atividades extra curriculares do Colégio Salesiano, André despertou seus interesses pelo teatro musical. Teve seu primeiro contato com o teatro profissional no Centro de Pesquisa Teatral - CPT ministrado pelo renomado diretor Antunes Filho. Se aperfeiçoou nos musicas através da escola de Artes Operaria, participando de diversas montagens como Sweeney Todd , Godspell e The Last 5 years. Aos 17, ele estreava em O Despertar da Primavera (2009), da dupla Charles Möeller e Claudio Botelho, com quem fez ainda mais cinco espetáculos: Um Violonista no Telhado (2011), Como Vencer na Vida Sem Fazer Força (2013), Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos (2014), “Beatles num Céu de Diamantes” e “Cinderella” (2018).

[2][3]

E foi graças às suas elogiadas atuações nos palcos que em 2015, foi chamado para estrear na televisão, na novela I Love Paraisópolis, na Rede Globo, na pele do atrapalhado e mulherengo Raul, que se dividia entre as fogosas Claudete (Mariana Xavier), Mirela (Luana Martau) e Omara (Priscila Marinho).[4] No ano seguinte esteve presente no musical Wicked, no Teatro Renault em São Paulo, fazendo o papel de alternante do personagem Fiyero, mas abandonou o espetáculo no começo de junho do mesmo ano, e retornou as palcos em setembro para adaptação musical no Brasil de Ghost, no Teatro Bradesco, onde protagonizou a peça ao lado de Giulia Nadruz, interpretando o fantasma vivido no cinema por Patrick Swayze.[5][6][7]

Em 2018, ao lado do ator e produtor Leandro Luna, idealizou o musical Pacto - a historia de Leopold e Loeb, com direção de Zé Henrique de Paula.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Direção Produtora
2009 O Despertar da Primavera Georg Charles Möeller e Cláudio Botelho Aventura Entretenimento
2011 Um Violinista no Telhado Motel o alfaiate Charles Möeller e Cláudio Botelho Aventura Entretenimento
2012 Beatles num céu de diamantes Cantor Charles Möeller e Cláudio Botelho Aventura Entretenimento
2013 How to Succeed in Business Without Really Trying Bud Frump Charles Möeller e Cláudio Botelho GEO eventos
2014 Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos Cantor Charles Möeller e Cláudio Botelho Moeller&Botelho
2016 Wicked Fiyero Lisa Logullo Time For Fun
2016 Ghost (musical) Sam Wheat José Possi Neto 4 act
2017 O Homem de La Mancha Sansão Carrasco e cover de Dom Quixote Miguel Falabella Atelier de Cultura
2018 Cinderella Principe Topher Charles Möeller e Claudio Botelho Touchet Entretenimento
2018 Pacto Richard Loeb Zé Henrique de Paula Nectar Cultural
Ano Título Papel Notas Ref
2015 I Love Paraisópolis Raul (Palitó) [8][9]
2017 A Vida Secreta dos Casais Felipe

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref
2013 Prêmio Cesgranrio Melhor ator coadjuvante How to Succeed in Business Without Really Trying Indicado
2014 Prêmio APTR Melhor ator coadjuvante How to Succeed in Business Without Really Trying Indicado
2015 Prêmio Extra de Televisão Revelação Masculina I Love Paraisópolis Indicado [10]

Referências

  1. Carlos Ramos (5 de novembro de 2015). «Conheça André Loddi, o disputado Raul da novela das 7». Minha Novela. Consultado em 31 de julho de 2016 
  2. Bruno Dias Barbosa (11 de agosto de 2015). «Disputado por três mulheres em 'I love Paraisópolis', André Loddi revela que já ficou dividido entre dois amores». Extra. Consultado em 31 de julho de 2016 
  3. «Andre Loddi será Bud Frump de Como Vencer na Vida Sem Fazer Força». Charles Möeller e Claudio Botelho. Consultado em 31 de julho de 2016 
  4. «Famoso no teatro musical, André Loddi estará em "I Love Paraisópolis"». Mundo Novelas. 21 de janeiro de 2015. Consultado em 31 de julho de 2016 
  5. «André Loddi pega todos de surpresa e deixa elenco de Wicked». Teatro em Cena. 8 de junho de 2016. Consultado em 31 de julho de 2016 
  6. Walace Toledo. «Como Assim? André Loddi anuncia desligamento do musical 'WICKED'». Acesso Cultural. Consultado em 31 de julho de 2016 
  7. Mônica Bergamo (9 de julho de 2016). «"Ghost" ganhará adaptação musical no Brasil com André Loddi». Folha de S.Paulo. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  8. «Novato na TV dá 1º beijo e lembra cena sem camisa: 'Me chamaram de gostoso'». Gshow. 27 de maio de 2015. Consultado em 31 de julho de 2016 
  9. Paulo Sérgio (29 de maio de 2015). «André Loddi rouba a cena em I Love Paraisópolis e é confundido com Mateus Solano nos bastidores da novela». Terra. Consultado em 31 de julho de 2016 
  10. Eduardo Guedin (11 de outubro de 2015). «Prêmio Extra de TV divulga lista de indicados de 2015». TV Foco. Consultado em 31 de julho de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons