André Phillips

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
André Phillips
campeão olímpico
Atletismo
Nome completo André Phillips
Modalidade 400 m barreiras
Nascimento 5 de setembro de 1959 (54 anos)
Milwaukee, WI, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos norte-americana
Compleição Peso: 84 kg Altura: 1,88 m
Clube World Class Athletic Club
Período em atividade 1981 - 1989
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Seul 1988 400 m barreiras
Taça do Mundo de Atletismo
Ouro Camberra 1985 400 m barreiras
Ouro Camberra 1985 4 x 400 metros

André Lamar Phillips (Milwaukee, Wisconsin, 5 de setembro de 1959) é um antigo atleta Estados Unidos que ganhou notabilidade por ter conquistado a medalha de ouro dos 400 metros com barreiras nos Jogos Olímpicos de Seul 1988.

Phillips passou toda a sua carreira na sombra do seu ídolo Edwin Moses, ficando várias vezes atrás dele durante a impressionante série de vitórias do ex-recordista mundial. Foi só na final olímpica de Seul que Phillips finalmente bateu Moses, precisando, para isso, de realizar um tempo de 47.19 s que faz dele, ainda hoje, o quinto melhor barreirista de 400 m de todos os tempos, só atrás de Kevin Young, Edwin Moses, Bryan Bronson e Samuel Matete.[1]

Frequentou a Universidade da Califórnia em Los Angeles ganhando nessa época os Campeonatos Nacionais da NCAA em 1981. Em 1983 foi selecionado para a primeira edição dos Campeonatos Mundiais, realizada em Helsínquia. O tempo de 49.24 s realizado na final, permitiu-lhe apenas ficar em quinto lugar, bem longe do vencedor Edwin Moses[2] . Em 1985 venceu a prova inserida na Taça do Mundo de Atletismo de 1985, disputada em Camberra (Austrália).

Atualmente, Phillips é professor e diretor-adjunto de um liceu em Stockton (Califórnia).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. IAAF - Lista dos melhores de sempre em 400 metros barreiras. Iaaf.org. Página visitada em 17 de julho de 2011.
  2. Resultados dos 400 m barreiras masculinos nos C. M. de 1983. Todor66.com. Página visitada em 17 de julho de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]