Andréia Sadi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andréia Sadi
Nome completo Andréia Koudsi Sadi
Nascimento 8 de maio de 1987 (30 anos)
São Paulo, São Paulo
Ocupação Jornalista
Cônjuge(s) Paulo Celso Pereira
Nacionalidade brasileira
Atividade 2010 – presente

Andréia Sadi (São Paulo, 8 de maio de 1987), é uma jornalista que atua pelo canal pago GloboNews desde setembro de 2015, cobrindo os bastidores da política em Brasília.

Sadi começou a cobrir política em Brasília em 2010, atuando pelo Portal IG, e depois pelo Portal G1 e Folha de S.Paulo. Em setembro de 2015, foi contratada pela GloboNews. Participa eventualmente do time de convidados do programa GloboNews em Pauta e da equipe de comentaristas políticos do Jornal das Dez.[1]

É considerada um dos destaques no jornalismo de Brasília, comentando os bastidores da política.[2] Em julho de 2016, estreou na Rede Globo, participando do quadro "Meninas do Jô", no extinto Programa do Jô.[3][4] É casada com o também jornalista Paulo Celso Pereira, coordenador de política do jornal O Globo em Brasília.[1]

Antes de ser contratada pelo Portal IG e mudar-se para Brasília, atuou para o portal R7, do Grupo Record em 2009. Neste trabalho, envolveu-se em uma polêmica com o ex-deputado Sandro Mabel, que processou o grupo e a jornalista, por uma matéria publicada em outubro daquele ano, que o citava como envolvido no escândalo do Mensalão.[5]

Em dezembro de 2016, recebeu o título de Jornalista do Ano,[6][7] na décima terceira edição do Prêmio Engenho de Comunicação, cuja cerimônia é realizada anualmente na Embaixada de Portugal em Brasília.[8]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.