Andrea Vieira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Andrea Vieira
Informações pessoais
Nome completo Andrea Chahad Guedes Vieira
Modalidade Tênis
Nascimento 5 de fevereiro de 1971 (50 anos)
Medalhas
Jogos Pan-Americanos
Bronze Havana 1991 Simples
Prata Havana 1991 Duplas
Bronze Mar del Plata 1995 Duplas

Andrea Chahad Guedes Vieira (5 de fevereiro de 1971) é uma ex-tenista profissional brasileira dos anos 1980 até 1997.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Também conhecida como Dadá Vieira, atingiu seu melhor ranking no dia 6 de novembro de 1989, chegando a número 76° do ranking feminino de simples, e em abril de 1991 com o posto de 134° de duplas. Em 1989, chegou a terceira rodada de Roland Garros perdendo para a italiana Silvia La Fratta, sua melhor performance em simples em um Grand Slam. Andrea não chegou a nenhuma final em simples pela WTA, apenas a uma final de duplas sendo vice-campeã ao lado da compatriota Claudia Chabalgoity. Ambas participariam dos Jogos Olímpicos de Barcelona de 1992. Foi medalhista em simples e em duplas tanto nos Jogos Pan-americanos de Havana 1991 como em Mar del Plata 1995.

Em Grand Slam de tênis femininos não jogou apenas o Aberto da Austrália. Andrea foi a última brasileira a disputar um Grand Slam de simples, fato ocorrido em 1993 no US Open de tênis, perdendo na primeira rodada para a argentina Maria Jose Galdano.

Atualmente é professora de tênis e eventualmente participa de torneios de masters. Na televisão, foi comentarista do Sports+ até o fim das atividades do mesmo, em 2015. Foi comentarista da ESPN Brasil de março de 2016 a março de 2018, quando foi contratada pelo BandSports.

Referências

  1. «Andrea Vieira no Sports Reference». Consultado em 1 de outubro de 2015 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre tênis/ténis ou tenista é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.