Andrea dei Mozzi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão da família Mozzi.

Andrea dei Mozzi (Florença, ? — Vicenza, 1296) foi um bispo italiano, nascido em família nobre.

Foi capelão do Papa Alexandre IV e do Papa Gregório IX. Foi então nomeado como arcebispo de Florença em 1287. Foi transferido pelo Papa Bonifácio VIII para Vicenza, em 1295, em um escândalo que fez dele um personagem do Inferno de Dante Alighieri.[1] Fora acusado de sodomia, mas hoje o caso parece duvidoso, não havendo base documental sólida.[2]

Referências

  1. Silvia Diacciati. «MOZZI, Andrea». Dizionario Biografico degli Italiani - Volume 77 online (2012). 
  2. Terza, Dante della. "The Canto of Brunetto Latini". In: Mandelbaum, Allen; Oldcorn, Anthony & Ross, Charles. Lectura Dantis: Inferno: A Canto-by-Canto Commentary. University of California Press, 1999, pp. 197-212
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.