Andres Fernandes Gonçalves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Baraka
Informações pessoais
Nome completo Andres Fernandes Gonçalves
Data de nasc. 21 de julho de 1986 (32 anos)
Local de nasc. Avaré (SP),  Brasil
Altura 1,81 m
Destro
Apelido Baraka, Barakross
Informações profissionais
Clube atual Arábia Saudita Al-Batin
Número 5
Posição Volante
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2006
2007
2008
2009
20102015
2010
2011
20122014
2014
2015
20152016
2017
20172018
2018
Brasil Penapolense
Brasil Linense
Brasil Oeste
Brasil Flamengo-SP
Brasil Mogi Mirim
Brasil Figueirense (emp.)
Brasil Criciúma (emp.)
Brasil Ponte Preta (emp.)
Brasil Coritiba
Brasil Mirassol
Brasil Ceará
Brasil Santo André
Brasil Guarani
Arábia Saudita Al-Batin




0049 0000(1)
0017 0000(0)
0020 0000(1)
0101 0000(1)
0021 0000(0)
0005 0000(0)
0065 0000(0)
0006 0000(0)
0041 0000(1)
0009 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 12 de novembro de 2018.

Andres Fernandes Gonçalves (Avaré, 21 de julho de 1986), mais conhecido como Baraka, é um futebolista brasileiro, que começou a carreira no XV de Jaú. Atualmente, joga pelo Al-Batin.

Assinou contrato com o Coritiba no começo de 2014, tendo contrato com o clube até o final da temporada. Mas o clube alviverde tem direito de prolongar o contrato com o volante.

Anteriormente veio da Ponte Preta, na qual foi um dos que mais se destacaram devido a sua grande qualidade em roubadas de bola [1] (125 em 2012 e 123 em 2013).

Na sua estreia no Coritiba, o clube alviverde conseguiu uma vitória e uma classificação contra o Cene no Couto Pereira.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Mogi Mirim (2010)[editar | editar código-fonte]

Aos 23 anos de idade, Baraka disputa o Campeonato Paulista de 2010 pelo Mogi Mirim. E, se torna uma das maiores revelações do campeonato.

Figueirense (2010)[editar | editar código-fonte]

Após o bom campeonato estadual disputado pela equipe paulista, os dirigentes do Figueirense gostaram do volante e contrataram para a temporada 2010[2]. Mas o volante no final da temporada, voltou ao Mogi Mirim no qual tinha contrato até o final de 2012. O clube paulista propôs ao clube catarinense que Baraka jogasse no Campeonato Paulista, e voltasse para o Figueirense. Mas, o clube catarinense não aceitou a proposta. Jogou o Campeonato Brasileiro da Série B pelo Figueirense, e conseguiu acesso à divisão principal quando voltou ao time paulista.

Mogi Mirim (2011)[editar | editar código-fonte]

Após as boas atuações, Baraka volta ao time paulista para disputar o Campeonato Paulista. No campeonato estadual de 2011, conseguiu mais destaque ainda por ser um dos maiores "ladrões" de bola do campeonato e recebendo apenas um cartão amarelo[3].

Criciúma (2011)[editar | editar código-fonte]

O volante volta ao futebol catarinense após as boas atuações no Campeonato Paulista de 2011. O jogador foi apresentado em junho de 2011, para disputar o Campeonato Brasileiro da Série B. Mas, não conseguiu repetir o feito realizado no Figueirense, e o jogador foi dispensado após não conseguir levar o time para a divisão principal[4].

Mogi Mirim (2012)[editar | editar código-fonte]

Novamente, Baraka volta para o time paulista para a disputa do Campeonato Paulista. Joga, novamente, o Campeonato Paulista apenas pelo clube. Quando chama a atenção de outro time paulista a Ponte Preta, que o contrata[5].

Ponte Preta (2012-2013)[editar | editar código-fonte]

O clube paulista se interessou no jogador Baraka para a disputa do Campeonato Brasileiro[6].

O jogador em sua passagem pelo clube paulista se destacou chamando atenção de vários outros clubes grandes do Brasil, e no final de 2012, devido à uma confusão em seu acordo salarial, houve boatos que o atleta seria contratado pelo São Paulo para a temporada 2013[7].

Mas, antes do contrato, a confusão foi resolvida e o atleta continua a jogar pelo clube alvinegro na temporada 2013[8].

Durante sua campanha no Ponte Preta, Baraka foi um dos destaques da temporada que levou o time alvinegro a grande final da Sul-Americana.

Devido a queda do time para a Série B na temporada 2013, e o interesse de outros times no jogador, Baraka acaba seu contrato com a Ponte Preta[9].

Mogi Mirim (2014)[editar | editar código-fonte]

Após o cancelamento do contrato com a Ponte Preta, Baraka volta ao Mogi Mirim pois tem contrato com o clube. Mas, atuou apenas algumas semanas quando fechou contrato com o Coritiba.

Coritiba (2014)[editar | editar código-fonte]

A contratação do jogador, além de suas campanhas anteriores foram a necessidade de um bom volante já que tinha vendido Júnior Urso e Willian Farias.

Mirassol (2015)[editar | editar código-fonte]

Em 2015, após ser especulado no Vasco da Gama, Baraka acertou com o Mirassol, até o final do Paulistão.

Ceará (2015-2016)[editar | editar código-fonte]

E Baraka acertou para o restante da temporada, com o Ceará.[10]

Teve exibições de muita classe e segurança no meio campo ajudando o Ceará a permanecer na série B daquele ano Ceará.<r

Santo André[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2016, foi anunciado como novo reforço do Santo André para a temporada de 2017.[11]

Apelido[editar | editar código-fonte]

Segundo o jogador, o apelido "Baraka" foi dado em sua infância, quando era um ávido jogador do game Mortal Kombat II, do qual o personagem de mesmo nome fazia parte[3].

Títulos[editar | editar código-fonte]

Mogi Mirim
Guarani

Referências

Links Externos[editar | editar código-fonte]