Android Pie

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Android Pie
Versão do sistema operativo Android
Logótipo
Captura de tela
Tela inicial do Android Pie com alguns apps stocks da Google.
Produção Google
Lançamento 6 de agosto de 2018 (3 anos)[1]
Versão estável android-security-9.0.0_r69[2]
7 de junho de 2021; há 5 meses
Método de atualização Over-the-air (OTA)
Gestão de pacotes APK
Núcleo Núcleo monolítico (Linux)
Interface Material Design
Página oficial www.android.com/versions/pie-9-0/
Cronologia
Android Oreo
Android 10

Android Pie ou Android 9 é uma versão do sistema operacional móvel Android desenvolvida pela empresa Google, anunciado em 7 de março de 2018,[3] a primeira prévia para desenvolvedores/testadores.[4]

A segunda prévia, suporte de qualidade beta, foi lançada em 8 de maio de 2018, durante a cerimônia do Google I/O.[5] O sistema foi lançado ao público no dia 6 de Agosto de 2018.

O Android Pie trouxe diversas mudanças para o sistema como suporte para o Notch, o famoso "recorte na tela" do iPhone X (tendência que também trouxe mudanças ao iOS, o sistema operacional móvel da Apple). Além disso, trouxe um sistema de navegação por gestos, substituindo o sistema básico de navegação do Android, que se baseava em três "botões" principais.

Atualização[editar | editar código-fonte]

O Google liberou a prévia beta do Android P ao seguintes dispositivos:[6]

Mudanças[editar | editar código-fonte]

v9.0 (API 28)[editar | editar código-fonte]

Versão Data de lançamento Características
9 6 de agosto de 2018; há 3 anos[8]
  • Nova interface de usuário para o menu de configurações rápidas.
  • O relógio foi movido para a esquerda da barra de notificação.
  • O "dock" agora tem um fundo semitransparente.
  • A Economia de bateria não mostra mais uma sobreposição laranja nas barras de notificação e status.
  • Um botão de "captura de tela" foi adicionado às opções de energia.
  • Um novo modo "Lockdown" que desativa a autenticação biométrica, uma vez ativado.
  • Cantos arredondados na IU.
  • Novas transições para alternar entre aplicativos ou atividades dentro de aplicativos.
  • Notificações de mensagens mais ricas, em que uma conversa completa pode ser vista em uma notificação, imagens em grande escala e respostas inteligentes semelhantes ao novo aplicativo do Google, Reply.
  • Suporte para recortes de tela.
  • Controle deslizante de volume redesenhado.
  • A porcentagem da bateria agora é mostrada no display sempre ligado.
  • As alterações de segurança da tela de bloqueio incluem o possível retorno de um desbloqueio NFC aprimorado.
  • Recursos experimentais (que atualmente estão ocultos em um menu chamado Sinalizadores de recursos), como uma página Sobre o telefone redesenhada nas configurações e habilitação automática do Bluetooth enquanto dirige.
  • DNS sobre TLS.
  • Uma nova interface de sistema opcional baseada em gestos, permitindo que os usuários naveguem no sistema operacional usando deslizes com mais frequência do que a IU tradicional.
  • Alternador de aplicativos multitarefa redesenhado com a barra de pesquisa do Google e gaveta de aplicativos integrados.
  • Painel de controle do Android, que informa ao usuário quanto tempo ele está gastando em seu dispositivo e em aplicativos, e permite ao usuário definir limites de tempo em aplicativos.
  • "Shush", uma versão aprimorada do modo Não perturbe ativado colocando o telefone voltado para baixo, o que silencia as notificações padrão.
  • Predição "Adaptive Battery", que faz uso do Doze para hibernar os aplicativos do usuário que o sistema operacional determina que o usuário não usará.
  • O recurso Auto-Brightness modifica o brilho da tela com base nos hábitos do usuário.
  • A opção Wind Down permite que os usuários do Android definam uma hora de dormir específica que ativa o Não perturbe e torna toda a interface do telefone cinza para desencorajar o uso futuro.
  • Suporte ao Vulkan 1.1.
  • Opções de gravação de chamadas totalmente desativadas.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]