Condes e duques de Alençon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Armas dos condes de Alençon da casa de Bellême.
Armas dos condes e duques de Alençon da casa de Valois.

Muitos condes e duques reais de Alençon figuraram ao longo da história francesa. O título tem sido concedido a um irmão mais jovem de um soberano francês.

História[editar | editar código-fonte]

Duas linhas de condes d'Alençon tornaram-se extintas antes do título de Alençon ser vinculado à casa de Valois, que chegou a reinar na França. Alençon foi concedida como um apanágio a Pedro, filho de Luís IX de França, em 1268, e então a Carlos, conde de Valois, irmão de Filipe IV, em 1293. Uma terceira casa de condes d'Alençon descende de Carlos II de Alençon, segundo filho de Carlos de Valois, morto na Batalha de Crécy em 1346.

O condado de Alençon foi elevado a ducado em 1414, tendo João I de Alençon como seu primeiro duque. João foi morto na Batalha de Azincourt, em 1415, após ter matado Eduardo de Norwich, 2.º Duque de Iorque. Seu filho, João II de Alençon (que aparece na primeira parte da peça de William Shakespeare Henrique VI) foi destituído do ducado na Batalha de Verneuil, em 17 de agosto de 1424, após ter sido derrotado e levado como prisioneiro pelas tropas britânicas lideradas por João, Duque de Bedford. João reconquistou seus domínios em 1449.

Em 1524, o ducado de Alençon foi revertido à coroa, em consequência da morte do duque Carlos IV sem deixar herdeiros. Sua esposa, Margarida, irmã de Francisco I, parece ter mantido o título em vida, visto que seu segundo marido, Henrique II de Navarra, utilizou-o em 1540. O título foi dado como pensão a Catarina de Médici em 1559, e como um apanágio a seu filho mais novo, Francisco, Duque de Anjou, em 1556.

O título foi dado por Henrique IV ao duque de Württemberg e subsequentemente foi passado a Gastão, Duque de Orleães, por Luís XIII; a Isabel de Orleães duquesa de Guise; a Carlos, duque de Berry, neto de Luís XIV (1710); e a monsieur Luís.

O título de duque de Alençon foi concedido uma última vez a Fernando de Orleães, filho do duque de Némours e neto de Luís Filipe I.

Condes de Alençon[editar | editar código-fonte]

Casa de Bellême
Casa de Capeto
Casa de Valois

Duques de Alençon[editar | editar código-fonte]

Primeira criação (1414)
Segunda criação (1566)
Terceira criação (1646)
Quarta criação (1710)
Quinta criação (1774)
Sexta criação