Discografia de Taio Cruz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Discografia de Taio Cruz
Taio Cruz em abril de 2011.
Álbuns de estúdio 3
Álbuns ao vivo 1
Álbuns de compilação 1
Extended plays (EP) 1
Singles 25
Vídeos musicais 25

A discografia de Taio Cruz, um cantor, compositor e produtor britânico de música dance, é composta por três álbuns de estúdio, um álbum de compilação, um álbum ao vivo, um EP, vinte e cinco singles e vinte e cinco videoclipes.

O álbum de estreia Departure foi lançado pela gravadora Island Records no Reino Unido em março de 2008 e alcançou o pico de número dezessete no UK Albums Chart, sendo certificado oficialmente como disco de ouro pela British Phonographic Industry (BPI).[1] O primeiro e o segundo single "I Just Wanna Know" e "Moving On" respectivamente obtiveram um desempenho gráfico fraco tendo se posicionado apenas na parada britânica UK Singles Chart. O terceiro, "Come on Girl" despertou a atenção estando entre as dez primeiras colocadas de duas paradas do Reino Unido. Com participação da cantora Luciana, a canção alcançou a primeira posição no gráfico UK R&B Chart e a quinta na UK Singles Chart sendo o single de maior sucesso do álbum. O quarto single lançado do álbum, "I Can Be" alcançou a décima oitava posição no UK Singles Chart sendo seu melhor desempenho. O quinto, "She's Like a Star" obteve a vigésima posição na última parada anterior.

O segundo álbum, Rokstarr, foi lançado em outubro de 2009 e alcançou a posição de número quatorze no Reino Unido e Austrália, seu melhor desempenho foi no Canadá estando na terceira posição. O primeiro single do álbum "Break Your Heart", em versão remixada com participação do rapper Ludacris alcançou a primeira posição nas paradas americanas Billboard Hot 100 e Mainstream Top 40, na parada de singles britânicas UK Singles Chart e UK R&B e na parada canadense Canadian Hot 100. A canção recebeu certificações como disco de platina 2x pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI Suíça) e Australian Recording Industry Association (ARIA), de triplo pela Recording Industry Association of America (RIAA) e Music Canada, e de ouro na Áustria, Alemanha e Nova Zelândia. O segundo, "No Other One" obteve um desempenho gráfico inferior que o anterior entrando apenas na parada britânica. O terceiro, "Dirty Picture" foi lançado em 5 de abril de 2010 na Austrália. A canção apresenta a participação cantora americana Kesha, atingiu o desempenho máximo de número seis no Reino Unido e número dez na parada de singles da Irish Singles Chart e recebeu certificação de disco de ouro pela ARIA e pela RIANZ.

O segundo single, "Dynamite" se tornou a canção mais bem sucedida do álbum e de sua carreira até o momento, obteve a primeira posição em dois gráficos dos Estados Unidos e Reino Unido. Recebeu certificado de platina 7x pela ARIA e 5x pela Music Canada e platina 8x pela RIAA. O segundo, "Higher" obtêm três versões: uma com o rapper Travie McCoy, outra com a cantora Kylie Minogue, e uma com ambos. A versão de Minogue foi lançada na Europa, a versão de McCoy lançada nos Estados Unidos e no Reino Unido foi lançado a versão com partes dos dois cantores. No entanto, a versão do álbum Rokstarr possui apenas a versão solo de Taio. O terceiro, "Telling the World" foi lançado como single do álbum e parte da trilha sonora do filme Rio debutando a posição de número 21 na Áustria. O quarto single, "Falling in Love" obteve um desempenho gráfico inferior ao segundo e terceiro ficando na posição 58 na Espanha.[2]

O terceiro álbum, TY.O, lançado em dezembro de 2011, teve seu pico na décima quinta posição na Suíça. O primeiro single do álbum, "Hangover" com participação do rapper Flo Rida, se tornou a canção mais bem sucedida do álbum ficando na primeira posição na Áustria e na parada de singles Schweizer Hitparade da Suíça, recebeu certificações de platina na Alemanha, de platina duplo na Dinamarca, platina 3x na Suécia, de quádruplo na Austrália e ouro nos Estados Unidos. O segundo "Troublemaker" teve um desempenho gráfico inferior ao primeiro alcançando a segunda posição na Escócia e Reino Unido. Foi certificado como platina pela ARIA e IFPI e como disco de ouro pela Bundesverband Musikindustrie (BMVI). O terceiro, "There She Goes", com participação do rapper Pitbull, alcançou a primeira posição na parada de singles Luxembourg Digital Songs, e segundo na Suíça. Ele foi certificado como ouro na Alemanha e Suíça. O quarto e quinto, "World in Our Hands" e "Fast Car" alcançaram a quarta e trigésima sexta posição na Alemanha, respectivamente.

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Lista dos álbuns de estúdio, com posições nas paradas selecionadas, números de vendas e certificações
Título Detalhes do álbum Melhores posições Vendas Certificações
UK
[3]
AUS
[4]
AUT
[5]
CAN
[6]
FRA
[7]
ALE
[8]
IRL
[9]
NZL
[10]
SUI
[11]
EUA
[12]
Departure 17
Rokstarr
  • Lançado: 12 de outubro de 2009[14]
  • Gravadora: Island
  • Formatos: CD, download digital
14 14 36 3 20 31 24 95 39 8
TY.O
  • Lançado: 2 de dezembro de 2011[19]
  • Gravadora: Island
  • Formatos: CD, download digital
95 36 28 100 15
"— " denota itens que não entraram nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.

Álbuns de compilação[editar | editar código-fonte]

Lista dos álbuns de compilação, com posições nas paradas selecionadas e certificações
Título Detalhes do álbum Melhores posições Certificações
UK
[3]
The Rokstarr Collection
  • Lançado: 20 de setembro de 2010[20]
  • Gravadora: Island
  • Formatos: CD, download digital
16

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Lista dos álbuns ao vivo, com informações selecionadas
Título Detalhes do álbum
iTunes Session
  • Lançado: 4 de janeiro de 2011[21]
  • Gravadora: Island
  • Formatos: Download digital

Extended plays[editar | editar código-fonte]

Lista dos extended plays, com informações selecionadas
Título Detalhes do álbum
The Fast Hits
  • Lançado: 13 de dezembro de 2012[22]
  • Gravadora: Island
  • Formatos: Download digital

Singles[editar | editar código-fonte]

Como artista principal[editar | editar código-fonte]

Lista dos singles, com posições nas paradas selecionadas e certificações, mostrando o ano lançado e o nome do álbum
Canção Ano Melhores posições nas tabelas Certificações Álbum
UK
[23]
AUS
[24]
AUT
[5]
CAN
[25]
ALE
[26]
IRL
[9]
HOL
[27]
NZL
[28]
SUI
[11]
EUA
[29]
"I Just Wanna Know" 2006 29 Departure
"Moving On" 2007 26
"Come on Girl"
(com participação de Luciana)
2008 5 19
"I Can Be" 18 23
"She's Like a Star" 20
"Break Your Heart"[A] 2009 1 2 10 1 5 2 8 17 1 1 Rokstarr
"No Other One" 42
"Dirty Picture"
(com participação de Kesha)
2010 6 16 49 10 51
[B]
11 96
"Dynamite" 1 1 2 1 3 1 3 1 3 2
"Higher"[C]
(com participação de Kylie Minogue ou Travie McCoy)
8 25 3 13 3 7 7 5 4 24
"Telling the World" 2011 108 21 35 52
[D]
Trilha sonora de Rio
"Falling in Love" Rokstarr
"Hangover"
(com participação de Flo Rida)
27 3 1 13 2 22 5 10 1 62 TY.O
"Troublemaker" 3 10 12 6 18 22 7
"There She Goes"[E]
(com participação de Pitbull)
2012 12 8 65 5 40 45
[F]
2
"World in Our Hands" 5 4 40
"Fast Car" 180 28 34 39
"Do What You Like" 2015 Não incluso em álbum
"Booty Bounce"
(com Tujamo)
2016 83 77
"— " denota itens que não entraram nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.

Como artista convidado[editar | editar código-fonte]

Lista de singles como artista convidado, com posições nas paradas selecionadas e certificações, mostrando ano de lançamento e o nome do álbum
Canção Ano Melhores posições nas tabelas Certificações Álbum
UK
[23]
AUS
[24]
AUT
[5]
CAN
[38]
ALE
[39]
IRL
[9]
NLD
[27]
NZL
[28]
SUI
[11]
EUA
[40]
"Rainfall"[41]
(Nitin Sawhney com participação de Taio Cruz)
2003 Human
"Take Me Back"
(Tinchy Stryder com participação de Taio Cruz)
2009 3 16 Catch 22
"Second Chance"
(Tinchy Stryder com participação de Taio Cruz)
2010 22 35 Third Strike
"Shine a Light"
(McFly com participação de Taio Cruz)
4 13 Above the Noise
"Cryin' Over You"[42]
(Nightcrawlers com participação de Taio Cruz)
2011 Não incluso em álbum
"Little Bad Girl"
(David Guetta com participação de Taio Cruz & Ludacris)
4 15 5 14 5 8 29 19 7 70 Nothing but the Beat
"— " denota itens que não entraram nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.

Vídeos musicais[editar | editar código-fonte]

Como artista principal[editar | editar código-fonte]

Lista dos vídeos musicais como artista principal, com diretores, mostrando o ano de lançamento
Canção Ano Diretor(es)
"I Just Wanna Know" 2006 Andy Hylton[43]
"Moving On" 2007 Shane Stirling[43]
"Come on Girl"
(com participação de Luciana)
2008 Alex Herron[43]
"I Can Be"
"She's Like a Star"
"Break Your Heart"
(com participação de Ludacris)
2009
"No Other One"
"Break Your Heart" Alex Herron & Taj[43]
"Dirty Picture"
(com participação de Kesha)
2010 Alex Herron[43]
"Dynamite"
"Higher"
(com participação de Kylie Minogue)
"Higher"
(com participação de Travie McCoy)
"Falling in Love" 2011 Phil Heyes[43]
"Telling the World" Alex Herron[43]
"Hangover" 2012 Martin Weisz[43]
"Troublemaker"
"There She Goes" Alex Herron[43]
"Fast Car" Colin Tilley[43]
"Do What You Like" 2015 Ray Kay
"Booty Bounce"
(com Tujamo)
Ryan Staake[43]

Como artista convidado[editar | editar código-fonte]

Lista dos vídeos musicais como artista convidado, com diretores, mostrando o ano de lançamento
Canção Ano Diretor(es)
"Take Me Back"
(Tinchy Stryder com participação de Taio Cruz)
2009 Emil Nava[43]
"Second Chance"
(Tinchy Stryder com participação de Taio Cruz)
2010
"Shine a Light"
(McFly com participação de Taio Cruz)
Phil Griffin[43]
"Cryin' Over You"
(Nightcrawlers com participação de Taio Cruz)
2011 Alex Herron[43]
"Little Bad Girl"
(David Guetta com participação de Taio Cruz e Ludacris)
Dave Meyers[44]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • A A versão do single "Break Your Heart" lançada no Reino Unido não contém participação de Ludacris.[45]
  • B "Dirty Picture" não entrou no Dutch Top 40, mas chegou ao número 11 na parada Dutch Tipparade.[27]
  • C Três versões do single "Higher" foram lançadas: a primeira com participação de Kylie Minogue, a segunda com participação de Travie McCoy e terceira com participação de ambos.[46][47][48]
  • D "Telling the World" não entrou no Dutch Top 40, mas chegou ao número 12 na parada Dutch Tipparade.[27]
  • E A versão do single "There She Goes" lançada no Reino Unido não contém participação de Pitbull.[49]
  • F "Telling the World" não entrou no Dutch Top 40, mas chegou ao número 5 na parada Dutch Tipparade.[27]

Referências

  1. a b c d e f g «Certified Awards Search» (digite "Taio Cruz" na caixa "Keywords" e selecione "Search") (em inglês). British Phonographic Industry. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  2. «spanishcharts.com - Taio Cruz - Falling In Love» (em inglês). PROMUSICAE. Consultado em 25 de maio de 2012 
  3. a b «UK Charts > Taio Cruz» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 6 de maio de 2011 
  4. Melhores posições para álbuns na Austrália:
  5. a b c «Austrian Charts > Taio Cruz» (em alemão). austriancharts.at Hung Medien. Consultado em 26 de setembro de 2010 
  6. «Taio Cruz > Chart History > Canadian Albums» (em inglês). Billboard Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 28 de agosto de 2010 
  7. «French Charts > Taio Cruz» (em francês). lescharts.com Hung Medien. Consultado em 8 de setembro de 2010 
  8. «German Charts > Taio Cruz» (em alemão). charts.de Media Control Charts. Consultado em 1 de novembro de 2011 
  9. a b c «Irish Charts > Taio Cruz» (em inglês). irish-charts.com Hung Medien. Consultado em 13 de novembro de 2009 
  10. «Dutch Album Charts > Taio Cruz» (em inglês). dutchcharts.nl Hung Medien. Consultado em 6 de novembro de 2010 
  11. a b c «Swiss Charts > Taio Cruz» (em alemão). hitparade.ch Hung Medien. Consultado em 12 de julho de 2010 
  12. «Taio Cruz – Chart History: Billboard 200». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 16 de fevereiro de 2013 
  13. «Departure». Amazon.com. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  14. «Rokstarr». Amazon.com. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  15. Peoples, Glenn (12 de julho de 2012). «Business Matters: Vacuous Pop Music Was Never the Problem». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 16 de fevereiro de 2013 
  16. «ARIA Charts > Accreditations > 2010 Albums» (em inglês). Australian Recording Industry Association. Consultado em 23 de agosto de 2011 
  17. a b c d «Certificações (Áustria) – Taio Cruz» (em alemão). Federação Internacional da Indústria Fonográfica (Áustria). Consultado em 7 de setembro de 2012  Introduza Taio Cruz no campo Interpret. Clique Suchen.
  18. a b «Gold and Platinum Search (Taio Cruz)». Music Canada. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  19. «TY.O von Taio Cruz». iTunes Store (em alemão). Apple. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  20. «The Rokstarr Collection». Amazon.com. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  21. «iTunes Session by Taio Cruz». iTunes Store. Apple. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  22. «The Fast Hits by Taio Cruz». iTunes Store. Apple. Consultado em 22 de janeiro de 2013 
  23. a b Melhores posições para singles no Reino Unido:
  24. a b «Discography Taio Cruz». australian-charts.com. Hung Medien. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  25. «Taio Cruz – Chart History: Billboard Canadian Hot 100». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 16 de fevereiro de 2013 
  26. «Chartverfolgung / Taio Cruz / Single». musicline.de (em Alemão). Media Control Charts. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  27. a b c d e «Top 40-artiest: Taio Cruz» (selecionar as músicas individuais na informação da parada) (em Holandês). Dutch Top 40. Stichting Nederlandse Top 40. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  28. a b «Discography Taio Cruz». charts.org.nz. Hung Medien. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  29. «Taio Cruz – Chart History: Hot 100». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 16 de fevereiro de 2013 
  30. a b c «Gold & Platinum» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  31. a b «ARIA Charts > Accreditations > 2010 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association. Consultado em 12 de dezembro de 2010 
  32. a b c d e f g «IFPI Swiss Certifications» (em alemão). hitparade.ch Hung Medien. Consultado em 23 de agosto de 2011 
  33. a b c d e f «Gold-/Platin-Datenbank» (em alemão). Recorded Music NZ. Consultado em 22 de janeiro de 2012 
  34. a b c d «Latest Gold / Platinum Singles». RadioScope. Consultado em 7 de dezembro de 2012. Cópia arquivada em 24 de julho de 2011 
  35. a b c «ARIA Charts > Accreditations > 2011 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association. Consultado em 21 de maio de 2011 
  36. a b «ARIA Charts – Accreditations – 2011 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  37. «NZ Top 40 Singles Chart: 19 November 2011». Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  38. «David Guetta – Chart History: Billboard Canadian Hot 100». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 16 de fevereiro de 2013 
  39. «Chartverfolgung / David Guetta / Single». musicline.de (em alemão). Media Control Charts. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  40. «David Guetta – Chart History: Hot 100». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 16 de fevereiro de 2013 
  41. Rainfall (encarte). Nitin Sawhney. V2 Records. 2003. VVR5024463.
  42. «Cryin Over You (feat. Taio Cruz) [Remixes] by Nightcrawlers». iTunes Store. Apple. Consultado em 14 de dezembro de 2012 
  43. a b c d e f g h i j k l m n «Taio Cruz». Vevo. Consultado em 14 de dezembro de 2012 
  44. Meyers, Dave. «Video Credits» (PDF). Dave Meyers. Consultado em 22 de janeiro de 2013 
  45. «Break Your Heart – EP by Taio Cruz». iTunes Store. Apple. Consultado em 10 de março de 2013 
  46. «Higher – Single by Taio Cruz». iTunes Store. Apple. Consultado em 10 de março de 2013 
  47. «Higher (feat. Travie McCoy) – Single by Taio Cruz». iTunes Store. Apple. Consultado em 10 de março de 2013 
  48. «Higher (feat. Kylie Minogue) – EP by Taio Cruz». iTunes Store. Apple. Consultado em 10 de março de 2013 
  49. «There She Goes (Remixes) – EP by Taio Cruz». iTunes Store. Apple. Consultado em 10 de março de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]