Anexo:Etimologia dos nomes das unidades federativas dos Estados Unidos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa mostrando as línguas fontes dos nomes das unidades federativas.

Esta é uma lista das etimologias dos nomes das unidades federativas dos Estados Unidos da América.

Os cinquenta estados estado-unidenses retiraram seus nomes de uma grande variedade de línguas. Os nomes de 24 estados derivam de línguas indígenas das Américas e um do havaiano: oito vêm de línguas algonquinas, sete de línguas siouanas (um destes através de Illinois, uma língua algonquina), três de línguas iroquesas, um de uma língua uto-azteca, e cinco de outras línguas de povos nativos americanos.

Vinte e dois outros nomes de estados derivam de línguas europeias: sete a partir do latim (a maior parte de formas latinizadas de nomes pessoais em inglês), seis da língua inglesa, cinco vêm do castelhano (e um mais de uma língua indígena através do castelhano), e três provenientes do francês (um destes através do inglês). As etimologias de seis estados estão em disputa ou não são claras: Arizona, Havaí, Idaho, Maine, Oregon e Rhode Island. Na tabela abaixo, estes estados possuem uma linha para cada língua ou significado fonte potencial.

Dos cinquenta estados, onze foram nomeados em homenagem a um indivíduo. Cinco destes receberam os nomes de monarcas: três reis britânicos, uma rainha inglesa e um rei francês.

Nomes das unidades federativas[editar | editar código-fonte]

Nome do estado Língua de origem Palavra de origem Significado e observações
Alabama Choctaw albah amo "Limpadores de bosque"[1] ou "cortadores de plantas", a partir de albah, "plantas (medicinais)", e amo, "limpar". O nome choctaw moderno para a tribo é Albaamu.[2]
Alasca Aleúte alaxsxaq "Continente" (literalmente "o objeto para o qual a ação do mar está direcionada").[3]
Arizona Basco aritz onak "Bons carvalhos".[4] [5]
O'odham ali ṣona-g "Tendo uma pequena spring".[6]
Arkansas Kaw, via Illinois akaansa Emprestado de uma versão em illinois do nome tribal kką:ze (ver Kansas, abaixo), o qual os Miami e os Illinois utilizavam para se referirem aos Quapaw.[6] [7] [8] [9]
Califórnia Castelhano, Desconhecida Provavelmente nomeado a partir da fictícia Ilha de Califórnia governada pela Rainha Califia no romance do século XVI Las sergas de Esplandián por Garci Rodríguez de Montalvo.[10]
Ver também: Origem do nome Califórnia
Colorado Castelhano "Vermelho" ou "avermelhado",[11] originalmente se referindo ao Rio Colorado.[12]
Connecticut Algonquino oriental quinnitukqut De alguma língua algonquina oriental do sul da Nova Inglaterra (talvez Mahican), significando "no longo rio de marés", com relação ao Rio Connecticut.[13] [14] O nome reflete Proto-Algonquino-Oriental *kwən-, "longo"; *-əhtəkw, "rio de marés"; e *-ənk, o sufixo locativo[15] (derivado do Ojibwe ginootigweyaad, "ser um rio longo").[16]
Delaware Francês via Inglês de la Warr Em homenagem ao Rio Delaware, nomeado a partir do Barão de la Warr (originalmente de la Guerre, "da guerra"), que o navegou em 1610.[17]
Flórida Castelhano (pascua) florida "(Páscoa) Florida"[18] (para distingui-lo do Ciclo do Natal, o qual também era chamado de Pascua), em homenagem à sua descoberta pelos espanhois durante a época de Páscoa.[19]
Geórgia Latim A forma feminina de Jorge em latim (em inglês: "George"), em homenagem ao Rei Jorge II da Grã-Bretanha.[20] [21]
  • Kentucky - anteriormente, acreditava-se que a origem do nome do Estado vinha de uma palavra ameríndia, que significa "terreno de caça escuro e sangrento", por causa de que as tribos nativas que viviam na região caçavam dentro das densas florestas do estado, e que, muitas vezes, estas tribos batalhavam-se entre si nestas florestas. Porém, atualmente acredita-se que a palavra Kentucky possa ser atribuído a numerosos idiomas indígenas, com vários significados possiveis. Alguns destes significados são "terra do amanhã", "terra de cana e perus" e "terras pradas".
  • Luisiana - nomeada pelo primeiro explorador que explorou a região, o francês René Robert Cavelier, que assim nomeou o estado em homenagem ao Rei francês Luís XIV de França.
  • Maine - não se sabe ao certo a origem do nome Maine. Acredita-se que o nome do Estado vem da expressão inglesa mainland, que significa "corpo de terra principal". Alguns historiadores, porém, acreditam que este nome venha da província de Maine, uma das províncias da França. Uma terceira hipótese é o uso da expressão going over to the Main por parte dos habitantes que viviam em ilhas situadas ao longo do litoral do Estado.
  • Michigan - a origem do nome Michigan vem de uma palavra chippewa, "michigama", que significa "Grande Lago", em relação ao Lago Michigan.
  • Minnesota - de duas palavras sioux, mini, que significa "cor-de-céu", e sota, que significa "água". A expressão mini sota ("águas cor-de-céu") era usada pelos sioux para descrever o Rio Minnesota.
  • Mississippi - a origem do nome deve-se ao rio Mississippi que corre ao longo da sua fronteira oeste. Mississippi é uma palavra de origem algonquina (mais especificamente, a língua Ojibwe) que significa "grandes águas" ou "pai das águas". Atualmente também é conhecido pelos títulos de Estado da magnólia e Estado da hospitalidade.
  • Utah - O Congresso americano criou o Território de Utah em 1850 - tendo nomeado o território conforme a tribo nativa americana Ute que vivia na região.
  • Virgínia - a região foi nomeada de Virgínia em 1584 por um explorador britânico, Walter Raleigh, em homenagem à Rainha Elizabeth I de Inglaterra, que à época também era conhecido como a Rainha Virgem.
  • Wisconsin - é uma palavra de origem nativo americana. Porém, não se sabe ao certo o significado desta palavra, que pode significar agrupamento de águas, campos selvagens de arroz, terra natal ou grande rocha.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bright, William (2004). Native American Placenames of the United States. Norman: University of Oklahoma Press.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Alabama: The State Name (em inglês). Alabama Department of Archives and History. Página visitada em 31 de agosto de 2009.
  2. Bright 2004, p. 29
  3. Ransom, J. Ellis. 1940. Derivation of the Word ‘Alaska’. American Anthropologist n.s., 42: pp. 550-551
  4. Thompson, Clay (25/02/2007). A sorry state of affairs when views change (em inglês). Arizona Republic. Página visitada em 31 de agosto de 2009.
  5. Turner, Jim. How Arizona did NOT Get its Name (em inglês). Arizona Historical Society. Página visitada em 31 de agosto de 2009.
  6. a b Bright 2004, p. 47
  7. Rankin, Robert. 2005. "Quapaw". In Native Languages of the Southeastern United States, eds. Heather K. Hardy and Janine Scancarelli. Lincoln: University of Nebraska Press, pg. 492
  8. Arkansas (em inglês). Microsoft Encarta Online Encyclopedia 2006. Página visitada em 31 de agosto de 2009.
  9. "Arkansas" no Oxford English Dictionary
  10. "California" (em inglês). Mavens' Word of the Day (26/04/2000). Página visitada em 31 de agosto de 2009.
  11. Colorado (em inglês). Wordreference.com. Página visitada em 31 de agosto de 2009.
  12. Colorado (em inglês). Microsoft Encarta Online Encyclopedia 2006. Página visitada em 31 de agosto de 2009.
  13. Harper, Douglas. Connecticut. Online Etymology Dictionary. Página visitada em 1 de setembro de 2009.
  14. Campbell, Lyle. 1997. American Indian Languages: The Historical Linguistics of Native America. Oxford: Oxford University Press, pg. 11
  15. Afable, Patricia O. and Madison S. Beeler (1996). "Place Names", em "Languages", ed. Ives Goddard. Vol. 17 de Handbook of North American Indians, ed. William C. Sturtevant. Washington, D.C.: Smithsonian Institution, pg. 193
  16. Freelang Ojibwe Dictionary. Freelang.net. Página visitada em 1 de setembro de 2009.
  17. Harper, Douglas. Delaware. Online Etymology Dictionary. Página visitada em 1 de setembro de 2009.
  18. Florida (em inglês). Wordreference.com. Página visitada em 1 de setembro de 2009.
  19. Florida (em inglês). The Columbia Electronic Encyclopedia (2004). Página visitada em 1 de setembro de 2009.
  20. Harper, Douglas. Georgia. Online Etymology Dictionary. Página visitada em 2 de setembro de 2009.
  21. Georgia (em inglês). Behindthename.com. Página visitada em 2 de setembro de 2009.