Lista de cursos superiores do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é a lista não exaustiva de cursos superiores ensinados no Brasil separados por área do conhecimento. A separação é feita nas três grandes áreas: ciências biomédicas, exatas, e humanas.

Observação: Os cursos com discriminação ao lado são de licenciatura ou admitem mais de um tipo de graduação, também de bacharelado. Enquanto os que estão sem as discriminações de formam o acadêmico apenas na respectiva modalidade de graduação: bacharelados.

Ciências biomédicas[editar | editar código-fonte]

Bacharelados[editar | editar código-fonte]

  1. Biologia (licenciatura)
  2. Biologia marinha
  3. Biomedicina
  4. Botânica
  5. Ciências Agrárias (licenciatura)
  6. Ciências Ambientais
  7. Ciências Biológicas[1]
  8. Ciências da Saúde
  9. Ciências do Meio Aquático
  10. Ecologia
  11. Educação física (licenciatura)[2]
  12. Enfermagem
  13. Fisioterapia
  14. Fonoaudiologia
  15. Gerontologia
  16. Medicina[3]
  17. Medicina veterinária[4]
  18. Meteorologia
  19. Microbiologia e Imunologia
  20. Naturologia
  21. Neurociência
  22. Nutrição[5]
  23. Obstetrícia
  24. Odontologia[6]
  25. Quiropraxia
  26. Saúde Coletiva
  27. Terapia ocupacional
  28. Zootecnia[4]

Tecnologias[editar | editar código-fonte]

  1. Aquacultura
  2. Cafeicultura
  3. Biotecnologia
  4. Ciência dos Alimentos
  5. Cosmetologia
  6. Drenagem e Irrigação
  7. Enologia
  8. Fruticultura
  9. Gestão de Recursos Hídricos
  10. Horticultura
  11. Meliponicultura
  12. Oftálmica
  13. Radiologia
  14. Silvicultura

Ciências Exatas[editar | editar código-fonte]

Bacharelados[editar | editar código-fonte]

  1. Agronomia (ou Engenharia agronômica)[7]
  2. Astronomia
  3. Bioengenharia
  4. Biofísica
  5. Ciência da Computação
  6. Ciências Biomoleculares
  7. Ciências Matemáticas da Terra
  8. Ciências Naturais (licenciatura)
  9. Ciência & Tecnologia
  10. Educação do Campo (licenciatura)
  11. Engenharia aeroespacial[8]
  12. Engenharia aeronáutica[9]
  13. Engenharia Agrícola
  14. Engenharia de Alimentos[10]
  15. Engenharia Ambiental
  16. Engenharia biomédica
  17. Engenharia Cartográfica (ou Engenharia geográfica)
  18. Engenharia Civil[11]
  19. Engenharia de Computação[12]
  20. Engenharia de controle e automação
  21. Engenharia Elétrica (ou engenharia de energia [13])
  22. Engenharia Física
  23. Engenharia Florestal[14]
  24. Engenharia geológica
  25. Engenharia Industrial Madeireira
  26. Engenharia de manufatura[15]
  27. Engenharia de Materiais
  28. Engenharia Mecânica[16]
  29. Engenharia Mecatrônica
  30. Engenharia Metalúrgica
  31. Engenharia Militar
  32. Engenharia de Minas
  33. Engenharia Naval e Oceânica
  34. Engenharia Nuclear
  35. Engenharia de Pesca[17]
  36. Engenharia de Petróleo
  37. Engenharia de Produção[18]
  38. Engenharia Química[19]
  39. Engenharia Sanitária
  40. Engenharia de Sistemas Eletrônicos
  41. Engenharia de Software
  42. Engenharia de Tecidos
  43. Engenharia de Telecomunicações
  44. Engenharia Têxtil
  45. Estatística[20]
  46. Farmácia (ou Bioquímica)
  47. Física (licenciatura)
  48. Física computacional
  49. Física médica
  50. Geofísica
  51. Geologia (licenciatura)
  52. Geoprocessamento e Sensoreamento Remoto
  53. Informática (licenciatura)
  54. Informática biomédica
  55. Matemática (licenciatura)
  56. Matemática Aplicada
  57. Matemática computacional
  58. Nanotecnologia
  59. Oceanografia (arcaicamente referido como Ciência dos Mares)
  60. Química (licenciatura)
  61. Química ambiental
  62. Química industrial

Tecnologias[editar | editar código-fonte]

  1. Agrimensura
  2. Agroindústria
  3. Análise e Desenvolvimento de Sistemas[21]
  4. Automação Industrial
  5. Biocombustíveis
  6. Ciência dos materiais
  7. Construção de Edifícios
  8. Construção de Estradas
  9. Construção Naval
  10. Energias Renováveis
  11. Gestão da Tecnologia da Informação
  12. Gestão de Petróleo e Gás
  13. Gestão Portuária
  14. Manutenção Industrial
  15. Mecatrônica e Mecânica de Precisão
  16. Mineração
  17. Processos Metalúrgicos
  18. Processamento de Dados
  19. Produção de Laticínios
  20. Produção de Materiais Plásticos
  21. Produção Têxtil
  22. Produção Sucroalcooeira
  23. Redes de Computadores
  24. Redes de Telecomunicações
  25. Saneamento Ambiental
  26. Segurança da Informação
  27. Sistemas Biomédicos
  28. Sistemas Elétricos
  29. Sistemas de Navegação Fluvial
  30. Sistemas para Internet
  31. Telemática

Ciências Humanas[editar | editar código-fonte]

Bacharelados[editar | editar código-fonte]

  1. Administração
  2. Antropologia
  3. Arqueologia
  4. Arquitectura
  5. Arquivística
  6. Artes Cênicas
  7. Artes Visuais
  8. Biblioteconomia
  9. Ciências Atuariais
  10. Ciências Aeronáuticas
  11. Ciências Humanas (licenciatura)
  12. Ciência Política (ou Ciências do Estado)
  13. Ciências Sociais
  14. Cinema
  15. Comunicação social
  16. Contabilidade
  17. Dança (licenciatura)
  18. Defesa e Gestão Estratégica Internacional[22]
  19. Desenho Industrial
  20. Design de Interiores
  21. Design de Moda
  22. Direito[23]
  23. Economia
  24. Economia Doméstica
  25. Editoração
  26. Educação Artística (licenciatura)
  27. Escultura
  28. Filosofia (licenciatura)[24]
  29. Gastronomia
  30. Geografia (licenciatura)
  31. Gestão Ambiental
  32. Gestão Pública
  33. Gravurismo
  34. História (licenciatura)[25]
  35. História da Arte
  36. Hotelaria
  37. Jornalismo[26]
  38. Letras[27] (licenciatura)
  39. Linguística[28]
  40. Museologia
  41. Música (licenciatura)
  42. Ordenamento do Território
  43. Paisagismo
  44. Pedagogia (licenciatura)
  45. Pintura
  46. Psicologia
  47. Publicidade & Propaganda
  48. Produção Audiovisual (popularmente referido como Rádio & TV, e mais arcaicamente como Radialismo)
  49. Produção Cultural
  50. Relações Internacionais
  51. Relações Públicas
  52. Segurança Pública
  53. Serviço Social
  54. Sociologia (licenciatura)
  55. Teatro (licenciatura)
  56. Teologia[29][30]
  57. Transporte Terrestre
  58. Turismologia
  59. Urbanismo

Tecnologias[editar | editar código-fonte]

  1. Agroecologia
  2. Comércio Exterior
  3. Cooperativismo
  4. Design de Jogos Digitais
  5. Design de produto
  6. Design gráfico
  7. Eventos
  8. Esporte e Lazer
  9. Fotografia
  10. Gestão do Agronegócio
  11. Gestão Comercial
  12. Gestão Financeira
  13. Gestão Hospitalar
  14. Gestão de Segurança Privada
  15. Gestão da Qualidade
  16. Logística
  17. Mercadologia
  18. Negócios Imobiliários
  19. Processos Escolares
  20. Produção de Aguardente[31]
  21. Produção Fonográfica
  22. Recursos Humanos
  23. Secretariado
  24. Segurança no Trabalho
  25. Transporte Aéreo

Referências

  1. «Ciências Biológicas». Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp. Consultado em 19 de março de 2011. 
  2. «Projeto pedagógico dos novos currículos dos cursos de educação física: Licenciatura em educação física e bacharelado em educação física» (PDF). Faculdade de Educação Física da Unicamp. Consultado em 19 de março de 2011. 
  3. «Medicina». Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp. Consultado em 19 de março de 2011. 
  4. a b «Histórico». Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo. Consultado em 19 de março de 2011. 
  5. «Nutrição». Centro Universitário São Camilo. Consultado em 19 de março de 2011. 
  6. «Odontologia: Bacharelado». Guia do Estudante. Consultado em 19 de março de 2011. 
  7. «O curso de graduação». Faculdade de Engenharia Agrícola da Unicamp. Consultado em 19 de março de 2011. 
  8. «Motivação». ITA - Engenharia Aeroespacial. Consultado em 19 de março de 2011. 
  9. «Apresentação do Curso de Graduação em Engenharia Aeronáutica». Divisão de Engenharia Aeronáutica do ITA. Consultado em 19 de março de 2011. 
  10. «Apresentação». Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp. Consultado em 19 de março de 2011. 
  11. «Curso». Faculdade de Engeharia Civil, Arquitetura e Urbanismo. Consultado em 19 de março de 2011. 
  12. «Engenharia de Computação». Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp. Consultado em 19 de março de 2011. 
  13. «Engenharia Elétrica». Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp. Consultado em 19 de março de 2011. 
  14. «Engenharia Florestal». Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz: Graduação. Consultado em 21 de março de 2011. 
  15. «Engenharia de Manufatura». Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp. Consultado em 19 de março de 2011. 
  16. «Engenharia Mecânica». Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp. Consultado em 19 de março de 2011. 
  17. «A Engenharia de Pesca». Universidade Federal do Ceará. Consultado em 19 de março de 2011. 
  18. «Engenharia de Produção». Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp. Consultado em 19 de março de 2011. 
  19. «Descrição do curso». Faculdade de Engenharia Química da Unicamp. Consultado em 19 de março de 2011. 
  20. «Estatística». COMVEST Unicamp. Consultado em 27 de fevereiro de 2010. 
  21. «Curso de Análise de Sistemas». Ser Universitário. Consultado em 5 de abril de 2011. 
  22. «Primeiros formandos em DGEI». 06/05/2014. Consultado em 22/12/2014. 
  23. «Sobre a Faculdade de Direito de Ribeirão Preto». USP. Consultado em 17 de março de 2011. 
  24. «Filosofia». COMVEST Unicamp. Consultado em 27 de fevereiro de 2010. 
  25. «História». COMVEST Unicamp. Consultado em 27 de fevereiro de 2010. 
  26. «Cursos de Graduação». Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. Consultado em 17 de março de 2011. 
  27. «Ensino». Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de Sao Paulo. Consultado em 17 de março de 2011. 
  28. «Linguística». COMVEST Unicamp. Consultado em 27 de fevereiro de 2010. 
  29. «Curso Superior de Teologia». Faculdade de Teologia Metodista Livre. Consultado em 5 de abril de 2011. 
  30. «O curso de Teologia». Universidade Metodista de São Paulo. Consultado em 5 de abril de 2011. 
  31. «CST em Produção de Aguardente do IFNM». 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]