Lista de ducados no Reino Unido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

No Reino Unido, duque é o mais alto título nobiliárquico no pariato britânico – à exceção do monarca e sua família imediata –, algumas vezes referido como "a nobreza" ou simplesmente como "lordes e ladies". Dessa forma, os duques estão acima dos marqueses, condes, viscondes e barões.

História[editar | editar código-fonte]

Período anglo-saxão[editar | editar código-fonte]

A mais alta divisão política no reino anglo-saxão era a de ealdormanry e, apesar de posteriormente o título de ealdor ter sido substituído pelo dinamarquês eorl (tardiamente earlconde), os primeiros assim intitulados eram referidos como duces nas crônicas.

Baixa Idade Média[editar | editar código-fonte]

Eduardo, o Príncipe Negro foi feito duque da Cornualha em 1337. Ele foi o primeiro duque propriamente dito intitulado por um rei inglês. Para celebrá-lo, seis novos condados foram criados.

Duque real[editar | editar código-fonte]

Um duque real é aquele pertencente à família real britânica, titulado com o estilo de "Sua Alteza Real". Os atuais ducados reais são os da Cornualha e de Rothesay, ambos pertencentes a Charles, príncipe de Gales, de Iorque, pertencente ao príncipe André, de Edimburgo, pertencente ao príncipe Filipe, de Cambridge, pertencente ao príncipe Guilherme de Gales, de Gloucester, pertencente ao príncipe Ricardo, de Kent, pertencente ao príncipe Eduardo e de Sussex pertecente ao príncipe Henrique de Gales . Eduardo VIII do Reino Unido foi feito duque de Windsor após sua abdicação; no entando, ele não teve herdeiros e assim o título não está atualmente em uso, e, devido à imagem negativa que o antigo rei angariou ao longo de sua vida, é improvável que esse ducado volte a vigorar. À exceção dos ducados da Cornualha e Rothesay, conferidos apenas ao varão mais velho do monarca, todos os outros são hereditários de acordo com a carta que os criou, a qual sublinha a condição de "a varões de seu corpo". O monarca britânico também detém o ducado de Lancaster, e dentro do condado palatino de Lancanshire é saudado como "O Duque de Lancaster" – mesmo se o monarca for uma rainha, ela não recebe esse título como "duquesa". O mesmo ocorre com o título de duque da Normandia, quando o monarca se situa nas Ilhas do Canal.

Outros ducados que geralmente eram titulados a membros da família real britânica são os de Albany, de Cambridge, de Clarence e de Cumberland. Os ducados de Albermale, de Bedford, de Connaught, de Hereford, de Kendal e de Sussex também foram nalgum momento do passado ducados reais, mas apenas por um breve período.

Por algumas vezes, a Casa de Hanover combinou duas designações territoriais num único ducado real – por exemplo, o duque de Iorque e Albany. Outras combinações incluem o duque de Cumberland e Strathearn, o duque de Clarence e Santo André, o duque de Kent e Strathearn, o duque de Cumberland e Teviotdale, o duque de Connaught e Strathearn e o duque de Clarence e Avondale. A idéia geralmente era a de combinar um título inglês e um escocês, enfatizando a unidade do então novo Reino Unido. Freqëntemente, dava-se um título irlandês a tais duques hanoverianos.

Títulos atualmente disponíves para futuros duques reais incluem os de Clarence, Connaught, Kendal, Sussex, Avondale, Strathearn e Teviotdale. Os ducados de Albany e Cumberland estão suspensos desde 1917, haja visa que seus últimos detentores foram leais à Alemanha durante a Grande Guerra; ainda existem herdeiros diretos desses titulares que poderiam candidatar-se. O título de conde de Santo André é agora subsidiario ao de duque de Kent. Connaught é uma escolha improvável devido a suas origens irlandesas. Havia especulações de que o príncipe Eduardo receberia um ducado como os de Cambridge ou Sussex quando de seu casamento, em 1999, mas em vez disso recebeu o título menor de conde de Wessex, ao mesmo tempo em que foi apontado oficialmente como o sucessor aparente de seu pai como duque de Edimburgo.

No Reino Unido, não há nada em particular num ducado para torná-lo "real". São assim considerados porque são detidos por membros da família real intitulados com o estilo de "Alteza Real". Quando o herdeiro de um determinado duque real assumir o título do pai, e não for intitulado com o estilo de "Alteza Real", como possivelmente o será com os filhos dos duques de Gloucester e Kent, os respectivos ducados deixarão de ser reais. Os futuros terceiros duques de Gloucester e Kent provavelmente receberão o estilo de "Sua Graça", por serem bisnetos de Jorge V do Reino Unido.

Apesar do termo "duque real" atualmente não garantir privilégio ofical algum, no passado lhe era conferida precedência especial, como a todos os outros nobres de sangue real, conforme a cláusula 20 da Ordem de 1520 de lorde Chamberlain. Todavia, essa cláusula parece ter caído em desuso em meados do século XIX, não sendo mais garantida precedência especial a nobres que não sejam ao menos netos dum monarca – ainda que membros da família real.

Camilla Parker Bowles, casada com o príncipe de Gales, foi elevada a duquesa da Cornualha (e de Rothesay, quando na Escócia), e não a princesa de Gales, como sua antecessora Diana. Quando do casamento de Luísa, princesa real, em 1900, foi criado o título de duque de Fife para seu marido, um plebeu. Esse ducado não é considerado um ducado real.

Ducados do Reino Unido[editar | editar código-fonte]

Esta é uma lista dos títulos ducais pertencentes aos pariatos britânicos.

Duques no pariato da Inglaterra[editar | editar código-fonte]

Título Data de Criação Outros títulos
Duque da Cornualha 1337 Duque de Rothesay no Pariato da Escócia.
Duque de Norfolk 1483  
Duque de Somerset 1547  
Duque de Cumberland 1644  
Duque de Richmond 1675 Duque de Lennox no Pariato da Escócia;
Duque de Gordon no Pariato do Reino Unido.
Duque de Grafton 1675  
Duque de Beaufort 1682  
Duque de St Albans 1684  
Duque de Bedford 1694  
Duque de Devonshire 1694  
Duque de Marlborough 1702  
Duque de Rutland 1703  
Duque de Windsor 1937  

Duques no pariato da Irlanda[editar | editar código-fonte]

Título Criação Outros títulos
Duque de Leinster 1766 Visconde Leinster no Pariato da Grã-Bretanha;

Lorde Kildare no Pariato do RU.

Duque de Abercorn 1868 Conde de Abercorn no Pariato da Escócia;

Marquês de Abercorn no Pariato da Grã-Bretanha.

Duques no pariato da Escócia[editar | editar código-fonte]

Título Criação Outros títulos
Duque de Rothesay 1398 Duque da Cornualha no Pariato da Inglaterra.
Duque de Kintyre and Lorne 1602 Marquês de Wington, Conde de Carrick e Senhor de Annandale no Pariato da Escócia.
Duque de Hamilton 1643 Duque de Brandon no Pariato da Grã-Bretanha.
Duque de Buccleuch e Queensberry 1663; 1684 Conde de Doncaster no Pariato da Inglaterra.
Duque de Lennox 1581 Duque de Richmond no Pariato da Inglaterra;
Duque de Gordon no Pariato do RU.
Duque de Argyll 1701 Duque de Argyll no Pariato do RU.
Duque de Atholl 1703 Lorde Percy no Pariato da Grã-Bretanha.
Duque de Montrose 1707 Conde de Graham no Pariato da Grã-Bretanha.
Duque de Roxburghe 1707 Conde Innes no Pariato do RU.

Duques no pariato da Grã-Bretanha[editar | editar código-fonte]

Título Data de Criação Outros títulos
Duque de Brandon 1711 Duque de Hamilton no Pariato da Escócia.
Duque de Manchester 1719  
Duque de Cumberland 1726  
Duque de Northumberland 1766  

Duques no pariato do Reino Unido[editar | editar código-fonte]

Esta é uma lista de duques no Pariato do Reino Unido

Título Criação Outros títulos
Duque de Sussex 1801 Conde de Inverness no Pariato do Reino Unido;
Barão Arklow no Pariato do Reino Unido.
Duque de Wellington 1814  
Duque de Sutherland 1833  
Duque de Seychelles 1864  
Duque de Westminster 1874  
Duque de Gordon 1876 Duque de Richmond no Pariato da Inglaterra;
Duque de Lennox no Pariato da Escócia.
Duque de Argyll 1892 Duque de Argyll no Pariato da Escócia.
Duque de Fife 1900  
Duque de Gloucester 1928  
Duque de Kent 1934  
Duque de Windsor 1937  
Duque de Edimburgo 1947  
Duque de Iorque 1986  
Duque de Cambridge 2011