Lista de unidades federativas do Brasil por incidência da pobreza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa dos estados brasileiros por porcentagem de extrema pobreza em 2010.
  até 6%
  + 6%
  + 12%
  + 18%
  + 24%
  + 30%

Este anexo contém uma lista de unidades federativas do Brasil por incidência da pobreza, índice que representa o percentual de habitantes que estavam abaixo da linha de pobreza, que é igual a R$ 70,00 per capita ao mês, com base no valor proposto pelo Banco Mundial.[1] [2]

O Brasil é uma república federativa formada pela união de 26 estados federados, além do Distrito Federal. Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010 o estado com a menor incidência de pobreza extrema era Santa Catarina, com apenas 1,7% da população vivendo abaixo da linha de pobreza. Em contrapartida, está o Maranhão, o estado com maior incidência, com mais de 26% de sua população vivendo na pobreza.[1]

Nas últimas décadas houve no Brasil uma evolução positiva dos indicadores sociais do país, especialmente em relação ao aumento da expectativa de vida, queda da mortalidade infantil, acesso a saneamento básico, coleta de lixo e diminuição da taxa de analfabetismo. Apesar da melhora desses índices, há nítidas diferenças regionais, especialmente em relação ao nível de renda.[3]

Unidades federativas do Brasil por incidência da pobreza[editar | editar código-fonte]

Posição UF Extrema

pobreza
(%)[1]

País

comparável

1  Santa Catarina 1,7%  Chile
2  Distrito Federal 1,9%  Uruguai
3  São Paulo 2,7%  Albânia
4  Rio Grande do Sul 2,9%  Moldávia
5  Paraná 3,0%  Moldávia
6  Goiás 3,7%  Argentina
7  Rio de Janeiro 3,9%  Argentina
8  Espírito Santo 4,3%  Arménia
9  Minas Gerais 4,7%  México
10  Mato Grosso do Sul 5,0%  Trinidad e Tobago
11  Mato Grosso 5,9%  República Dominicana
12  Rondônia 7,9%  El Salvador
13  Tocantins 11,9%  Guiana
14  Amapá 12,8%  Peru
15  Rio Grande do Norte 13,0%  Panamá
16  Sergipe 15,3%  Guatemala
17  Pernambuco 16,1%  Geórgia
18  Paraíba 16,3%  Geórgia
19 Bahia Bahia 17,7%  Colômbia
20  Roraima 17,9%  Colômbia
21  Ceará 18,4%  Nicarágua
22  Acre 18,9%  China
23 Pará Pará 19,2%  Honduras
24  Amazonas 19,3%  Honduras
25  Alagoas 20,5%  Santa Lúcia
26  Piauí 21,6%  Filipinas
27  Maranhão 26,3%  África do Sul

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c O Globo (3 de maio de 2011). «Bahia tem 2,4 milhões de pessoas em extrema pobreza, diz governo». Arquivado desde o original em 16 de maio de 2013. Consultado em 16 de maio de 2013. 
  2. Cláudia Andrade (3 de maio de 2011). «Governo define linha de pobreza abaixo dos R$ 70 por mês». Jornal do Brasil. Arquivado desde o original em 16 de maio de 2013. Consultado em 16 de maio de 2013. 
  3. Vasconcellos, Marco Antonio Sandoval de; Gremaud, Amaury Patrick; Toneto Júnior, Rudinei Toledo. Economia Brasileira Contemporânea. 3ª edição. São Paulo: Atlas, 1999. p.66-81

Ligações externas[editar | editar código-fonte]