Lista de extremos do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pontos extremos do território continental do Brasil.

Esta é a lista dos Extremos do Brasil, sendo eles de caráter geográfico, demográfico, climático e econômico.

Pontos mais ao norte[editar | editar código-fonte]

Pontos mais ao sul[editar | editar código-fonte]

Pontos mais ao leste[editar | editar código-fonte]

Arquipélago de Martim Vaz, Espírito Santo

Pontos mais ao oeste[editar | editar código-fonte]

Pontos mais altos[editar | editar código-fonte]

Pontos mais baixos[editar | editar código-fonte]

Ilhas[editar | editar código-fonte]

Lagos, lagoas e lagunas[editar | editar código-fonte]

Rios[editar | editar código-fonte]

Praias[editar | editar código-fonte]

Extremos em distância[editar | editar código-fonte]

Locais habitados mais remotos[editar | editar código-fonte]

Distâncias extremas em relação a Brasília[editar | editar código-fonte]

Distâncias extremas em relação as respectivas capitais estaduais[editar | editar código-fonte]

  • Acre - Mâncio Lima: 620 km de Rio Branco
  • Alagoas - Pariconha: 354km de Maceió
  • Amapá - Oiapoque: 550km de Macapá
  • Amazonas - Guajará: 1570 km (em linha reta) de Manaus
  • Bahia - Formosa do Rio Preto: 1026km de Salvador
  • Ceará - Penaforte: 568km de Fortaleza
  • Distrito Federal - Brazlândia: 59km de Brasília (cidade mais próxima de sua capital, considerando unidades federativas)
  • Espírito Santo - Mucurici: 345 km de Vitória
  • Goiás - Campos Belos: 630km de Goiania
  • Maranhão - Morros: 1042 km de São Luis
  • Mato Grosso - Rondolândia: 1146 km de Cuiabá [4]
  • Mato Grosso do Sul - Aparecida do Taboado: 480 km de Campo Grande
  • Minas Gerais - Carneirinho: 835 km de Belo Horizonte
  • Pará - Jacareacanga: 1.758 km de Belém (cidade mais distante de sua capital estadual)
  • Paraíba - Cachoeira dos Índios: 503km de João Pessoa
  • Paraná - Guaira: 680km de Curitiba
  • Pernambuco - Afrânio: 812Km de Recife
  • Piauí - Cristalândia do Piauí: 843 km de Teresina
  • Rio de Janeiro - Varre-sai: 419km do Rio de Janeiro[5]
  • Rio Grande do Norte - Venha-Ver: 463km de Natal
  • Rio Grande do Sul - Barra do Quaraí: 717km de Porto Alegre
  • Rondônia - Pimenteiras do Oeste: 832km de Porto Velho
  • Roraima - Caroebe: 350km de Boa Vista
  • Santa Catarina - Dionísio Cerqueira, 790 km de Florianópolis
  • São Paulo - Rosana: 780 km de São Paulo[6]
  • Sergipe - Canindé do São Francisco: 213 Km de Aracaju (cidade mais próxima de sua capital estadual)
  • Tocantins - Esperantina: 680 km de Palmas[7]

Distâncias extremas em relação a outros continentes[editar | editar código-fonte]

Representação diplomática brasileira mais distante do Brasil[editar | editar código-fonte]

Ponto mais distante em relação às fronteiras do Brasil com outros países[editar | editar código-fonte]

Outros extremos[editar | editar código-fonte]

Unidades federativas[editar | editar código-fonte]

Municípios[editar | editar código-fonte]

Pontos extremos por unidade federativa[editar | editar código-fonte]

Acre[editar | editar código-fonte]

Alagoas[editar | editar código-fonte]

Amapá[editar | editar código-fonte]

Amazonas[editar | editar código-fonte]

Bahia[editar | editar código-fonte]

Ceará[editar | editar código-fonte]

Espírito Santo[editar | editar código-fonte]

Goiás[editar | editar código-fonte]

Maranhão[editar | editar código-fonte]

Mato Grosso[editar | editar código-fonte]

Mato Grosso do Sul[editar | editar código-fonte]

Minas Gerais[editar | editar código-fonte]

  • Montalvânia – município mais ao norte
  • Camanducaia – município mais ao sul (Nota: o município contém o ponto geográfico mais ao sul do estado, mas a sede municipal de Extrema é a zona urbana mais ao sul)
  • Carneirinho – município mais ao oeste
  • Salto da Divisa – município mais ao leste

Pará[editar | editar código-fonte]

Paraíba[editar | editar código-fonte]

Paraná[editar | editar código-fonte]

Pernambuco[editar | editar código-fonte]

Piauí[editar | editar código-fonte]

Rio de Janeiro[editar | editar código-fonte]

Rio Grande do Norte[editar | editar código-fonte]

Rio Grande do Sul[editar | editar código-fonte]

Rondônia[editar | editar código-fonte]

Roraima[editar | editar código-fonte]

Santa Catarina[editar | editar código-fonte]

São Paulo[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Pontos extremos de São Paulo

Sergipe[editar | editar código-fonte]

Tocantins[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Pontos extremos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação» (PDF). Anuário Estatístico do Brasil. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2012. p. XIV. Consultado em 29 de novembro de 2013. 
  2. a b c d http://mapasinterativos.ibge.gov.br/sigibge/
  3. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (29 de fevereiro de 2016). «Geociências: IBGE revê as altitudes de sete pontos culminantes». IBGE (Comunicação Social). Consultado em 2 de março de 2016. 
  4. mt.gov.br/ Cidade mais distante de Cuiabá recebe visita do governador Blairo Maggi
  5. emsampa.com.br/ Distâncias cidades do Rio de Janeiro em relação à capital
  6. universia.com.br/
  7. seinfra.to.gov.br/ Distância de Palmas para:
  8. a b IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  9. http://ciram.epagri.sc.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=140&Itemid=364
  10. http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/cidades-mais-frias-do-brasil/
  11. a b c d e «Temperatura Média Compensada (°C)». Instituto Nacional de Meteorologia. 1961-1990. Arquivado desde o original em 4 de maio de 2014. Consultado em 11 de junho de 2014. 
  12. a b c d e «Temperatura Máxima (°C)». Instituto Nacional de Meteorologia. 1961-1990. Arquivado desde o original em 4 de maio de 2014. Consultado em 11 de junho de 2014. 
  13. a b c d e «Temperatura Mínima (°C)». Instituto Nacional de Meteorologia. 1961-1990. Arquivado desde o original em 4 de maio de 2014. Consultado em 11 de junho de 2014. 
  14. " «Bom Jesus e a cidade mais quente do Brasil». cidadeverde.com. 03 de abril de 2013. 
  15. a b " «25% das riquezas do País vieram de apenas 5 municípios; Palmas é capital com menor PIB». O Girassol. 22 de dezembro de 2008.  Erro de citação: Invalid <ref> tag; name "O_Girassol" defined multiple times with different content
  16. http://tn.temmais.com/noticia/9/54198/votuporanga_registra_menor_umidade_do_ar_do_pais.htm

|