Lista de meios de comunicação de Juiz de Fora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é uma lista de meios de comunicação da cidade de Juiz de Fora. O município conta com diversos jornais em circulação—no ano de 2004 eram sete no total. Os principais são o Tribuna de Minas, o Diário Regional e o JF Hoje. Em 2001 existiam nove emissoras de rádio, de acordo com a Associação Mineira de Rádio e TV e a Telecomunicações de Minas Gerais S.A.[1] Esse número, porém, aumentou ao longo dos anos; atualmente, as mais relevantes são a Globo AM 910 KHz,[2] a Itatiaia FM 105,3 MHz,[3] e a Universitária 104,9 MHz.[4]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Emissoras e canais de televisão em Juiz de Fora:[5]

Local

Rádios[editar | editar código-fonte]

Emissoras de rádio regulamentadas e instaladas na cidade:

AM
FM

Jornais[editar | editar código-fonte]

Principais jornais:[8]

Local
Sucursal

Portais de notícias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Cidades.Net. «Juiz de Fora». Consultado em 12 de setembro de 2010 
  2. Rádio Globo. «Notícias». Consultado em 16 de setembro de 2010 
  3. Rádios.com. «Rádio Itatiaia Juiz de Fora 105.3 FM». Consultado em 16 de setembro de 2010 
  4. Rádio Universitária UFJF (4 de março de 2009). «Reunião de Programação da Rádio Universitária». Consultado em 16 de setembro de 2010 
  5. Prefeitura. Anuário Estatístico de Juiz de Fora - Emissoras de rádio regulamentadas e instaladas na cidade de Juiz de Fora (2008). Página visitada em 24 de novembro de 2010.[ligação inativa]
  6. a b c Prefeitura. Anuário Estatístico de Juiz de Fora - Emissoras e canais de televisão em Juiz de Fora (2008). Página visitada em 24 de novembro de 2010.
  7. a b c d e f g Prefeitura. Anuário Estatístico de Juiz de Fora - Emissoras de rádio regulamentadas e instaladas na cidade de Juiz de Fora (2008). Página visitada em 24 de novembro de 2010.
  8. Prefeitura. Anuário Estatístico de Juiz de Fora - Principais jornais de Juiz de Fora (2008). Página visitada em 24 de novembro de 2010.