Lista de pessoas excomungadas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.

A seguir, uma lista com pessoas que foram excomungadas pela Igreja Católica:[carece de fontes?]

Jadilson jardim Pinheiro : incorreu no delito de concubinato previsto no cân. 1395, § 1; Considerando que, apesar de, no dia 16 de setembro de 2015, p.p. o mesmo tendo recebido advertência numa dependência da Cúria Diocesana de Santo André, na presença de testemunhas eclesiásticas qualificadas, pois sendo o mesmo contumaz de envolvimento afetivo comprovado, e pelo próprio advertido assumidas as responsabilidades e implicâncias de tais atos, com penalidade de suspensão do uso de ordem; Considerando que, o referido delinquente, já suspenso de ordem no dia 17 de setembro de 2015, p.p., em vista de se corrigir; porém, o mesmo incorre no delito contra a religião e a unidade da Igreja, devido sua participação em denominação religiosa fora da comunhão com a Igreja Católica Apostólica Romana, a teor dos cânones 750, 751 e 1364 §§1-2, pois, o cismático incorre em excomunhão latae sententiae levando posteriormente a sua demissão do estado clerical (cân 1336 §1 n.5); Considerando que o deliquente, pode levar os fieis católicos apostólicos romanos a serem enganados em sua fé, ao tomar parte em simulação de sacramento ou o realizando estando suspenso conforme, cânn. 1378 § 2 e 1379, e, ao ensinar uma doutrina condenada pelo Romano Pontífice, e não obedecendo à Sé Apostólica e ao Bispo Diocesano, após advertido sobre o ato (cân 1371 n.2); Considerando que, fica ipso iure destituído de um ofício eclesiástico quem tiver abandonado publicamente a fé católica ou a comunhão da Igreja, conforme o cân 194 § 1, n. 2; Considerando seu pedido de ingresso como presbítero na igreja brasileira, atestada por um membro do Conselho Presbiteral da mesma Igreja através de nota pública. Considerando a gravidade da transgressão, em vista de reparar o escândalo e restabelecer a justiça, a teor da Codificação Vigente, conforme o cân. 1399; Assim sendo, a fim de salvaguardar a fé, a comunhão e a disciplina eclesial, a Diocese de Santo André reconhece e lamenta profundamente a excomunhão latae sententiae do seu ministro ordenado Pe.Jadilson Jardim Pinheiro. Fonte: [https://diocesesa.org.br/ 1][1]


Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Erro de citação: Existem elementos <ref> para um grupo chamado "https://diocesesa.org.br/", mas não foi encontrado nenhum <references group="https://diocesesa.org.br/"/> correspondente (ou falta um elemento de fecho </ref>)

  1. «padre Jadilson Excomungado»