Lista de títulos internacionais de clubes brasileiros de futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é uma lista de conquistas de clubes brasileiros de competições internacionais de futebol organizadas[1] [2] [3] pelas autoridades do futebol mundial FIFA e do futebol sul-americano CONMEBOL, o Campeonato Sul-Americano de Campeões reconhecido pela CONMEBOL[4] , e a Copa Rio de 1951, reconhecida pela FIFA como título em nível mundial, ainda que não equiparada oficialmente à Copa do Mundo de Clubes da FIFA.[5] [6] [7] [8] [9]

Os Estatutos da FIFA definem "competição internacional oficial" como aquelas entre seleções (representative teams) organizadas pela FIFA ou uma das 6 Confederações continentais (UEFA, CONMEBOL, CONCACAF, AFC, CAF e OFC). Nos Estatutos, o item 7 do Capítulo Definições define as Confederações (no caso, as 6 Confederações Continentais), o item 15 deste capítulo define Competições Internacionais Oficiais como aquelas organizadas pelas ditas Confederações, porém este item se refere a competições oficiais para "representative teams", sendo que em seu item "III. Eligibility to play for representative teams", os Estatutos deixam claro que a expressão representative teams se refere a seleções, não aos clubes.[10]

Portanto, para evitar polêmicas, não são consideradas oficiais competições internacionais de clubes que tenham sido, ou supostamente sido, organizadas não por associações internacionais (FIFA e confederações continentais) mas por associações nacionais ou estaduais, como por exemplo Pequena Taça do Mundo (organizada por empresários, mas sob os auspícios da Federação Venezuelana)[11] , Copa Sanwa Bank (organizada supostamente pela Associação Japonesa)[12] , Copa do Atlântico de Clubes (CBD, AFA e AUF), Torneio Internacional Charles Miller (CBD), Copa Los Angeles (organizada supostamente pela Associação Californiana),[13] Copa Ouro Los Angeles (organizada supostamente pelas Associações Mexicana e Norte-Americana), Copa Centenário de Belo Horizonte (Federação Mineira de Futebol), International Soccer League (Associação Norte-Americana), etc.

Quanto a competições entre clubes, em maio de 1955 ocorreu a primeira menção da FIFA a que uma competição internacional de clubes só seria considerada oficial se organizada por uma entidade continental; no caso, a FIFA declarou que reconheceria a Copa dos Campeões da Europa como Oficial contanto que fosse organizada pela UEFA.[14] Até maio de 1955, o entendimento, tanto da FIFA quanto da UEFA, era que a organização das competições de clubes (incluindo as internacionais) cabia aos próprios clubes e/ou às associações nacionais.[15] Na Europa, por exemplo, a Copa Latina foi criada em 1949 por Ottorino Barassi e Jules Rimet, este na condição de presidente da FIFA, mas sem a participação direta da FIFA na sua organização, cabendo esta às associações nacionais dos 4 países envolvidos.[16]

Para evitar polêmicas referentes a competições internacionais de clubes criadas anteriormente a 1955, este verbete contabiliza, entre estas, apenas as que foram posteriormente reconhecidas por FIFA ou CONMEBOL: o Campeonato Sul-Americano de Campeões de 1948, organizado com apoio do então presidente da Conmebol Luiz Valenzuela[17] [18] [19] e reconhecido pela mesma como a competição que originou a Copa Libertadores,[20] através de decisão de seu Comitê Executivo,[21] [22] [23] e a Copa Rio de 1951, organizada com apoio do dirigente da FIFA Ottorino Barassi e posteriormente reconhecida pela FIFA como a primeira competição entre clubes de Europa e América do Sul em nível mundial, reconhecimento igualmente através de decisão do Comitê Executivo.[24] [25] Tanto no caso da FIFA quanto de Conmebol e UEFA, o Comitê Executivo é o órgão destas instituições com legitimidade para o reconhecimento de competições.[26] [27] [28] Ou seja, citações em matérias jornalísticas nos sites de FIFA, CONMEBOL ou UEFA, citações em livros e revistas destas entidades, entrevistas de dirigentes das mesmas, etc., não possuem o condão de conferir reconhecimento oficial a competições, pois este reconhecimento não prescinde de aprovação do Comitê Executivo destas entidades.[27] [29]

A Copa Rio de 1952 (segunda edição da competição) e o Torneio Octogonal Rivadavia Corrêa Meyer (torneio sucessor da Copa Rio[30] tratado na Europa como uma edição da mesma[31] ) têm, em comum com a Copa Rio 1951, a mesma entidade organizadora (CBD) e a participação de Ottorino Barassi na sua organização.[32] [33] [34] Porém, os torneios de 1952 e 1953 não são citados nestas declarações da FIFA sobre o torneio de 1951, portanto não são computados na lista abaixo.[n.b. 1]

Competições[editar | editar código-fonte]

Organizadas ou posteriormente reconhecidas pela FIFA[editar | editar código-fonte]

Organizadas ou posteriormente reconhecidas pela CONMEBOL[editar | editar código-fonte]

Títulos por equipe[editar | editar código-fonte]

São Paulo: 12 Títulos[editar | editar código-fonte]

Trofeu mundial fifa01.svg Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 1 (2005)

Copa Intercontinental.svg Copa Intercontinental: 2 (1992, 1993)

Copa libertadores.png Copa Libertadores da América: 3 (1992, 1993, 2005)

3 CONMEBOL South American Cup.png Copa Sul-Americana: 1 (2012)

Trofeo-mini-supercopa-sudamericana.png Supercopa Libertadores: 1 (1993)

CONMEBOL - CONMEBOL Cup.svg Copa Conmebol: 1 (1994)

CONMEBOL recopa trophy.svg Recopa Sul-Americana: 2 (1993, 1994)

CONMEBOL - CONMEBOL Cup.svg Copa Master da Conmebol: 1 (1996)

Santos: 8 Títulos[editar | editar código-fonte]

Copa Intercontinental.svg Copa Intercontinental: 2 (1962, 1963)

RFEF - Copa del Rey.svg Supercopa dos Campeões Intercontinental: 1 (1968)

Copa libertadores.png Copa Libertadores da América: 3 (1962, 1963, 2011)

CONMEBOL - CONMEBOL Cup.svg Copa Conmebol: 1 (1998)

CONMEBOL recopa trophy.svg Recopa Sul-Americana: 1 (2012)

Internacional: 7 Títulos[editar | editar código-fonte]

Trofeu mundial fifa01.svg Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 1 (2006)

Copa libertadores.png Copa Libertadores da América: 2 (2006, 2010)

CONMEBOL recopa trophy.svg Recopa Sul-Americana: 2 (2007, 2011)

3 CONMEBOL South American Cup.png Copa Sul-Americana: 1 (2008)

Trofeo Copa Suruga Bank.jpg Copa Suruga Bank: 1 (2009)

Cruzeiro: 7 Títulos[editar | editar código-fonte]

Copa libertadores.png Copa Libertadores da América: 2 (1976, 1997)

Trofeo-mini-supercopa-sudamericana.png Supercopa Libertadores: 2 (1991, 1992)

CONMEBOL recopa trophy.svg Recopa Sul-Americana: 1 (1998)

Copa Ouro Taça.jpgCopa Ouro Sul-Americana: 1 (1995)

Copa Master.gif Copa Master da Supercopa: 1 (1995)

Corinthians: 4 Títulos[editar | editar código-fonte]

Trofeu mundial fifa01.svg Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2 (2000, 2012)

Copa libertadores.png Copa Libertadores da América : 1 (2012)

CONMEBOL recopa trophy.svg Recopa Sul-Americana: 1 (2013)

Atlético Mineiro: 4 Títulos[editar | editar código-fonte]

Copa libertadores.png Copa Libertadores da América: 1 (2013)

CONMEBOL recopa trophy.svg Recopa Sul-Americana: 1 (2014)

CONMEBOL - CONMEBOL Cup.svg Copa Conmebol: 2 (1992, 1997)

Flamengo: 4 Títulos[editar | editar código-fonte]

Copa Intercontinental.svg Copa Intercontinental: 1 (1981)

Copa libertadores.pngCopa Libertadores da América: 1 (1981)

CONMEBOL - Mercosur Cup.svg Copa Mercosul: 1 (1999)

Copa Ouro Taça.jpgCopa Ouro Sul-Americana: 1 (1996)

Grêmio: 4 Títulos[editar | editar código-fonte]

Copa Intercontinental.svg Copa Intercontinental: 1 (1983)

Copa libertadores.png Copa Libertadores da América: 2 (1983, 1995)

CONMEBOL recopa trophy.svg Recopa Sul-Americana: 1 (1996)

Palmeiras: 3 Títulos[editar | editar código-fonte]

CopaRio1951.png Copa Rio: 1 (1951)

Copa libertadores.png Copa Libertadores da América: 1 (1999)

CONMEBOL - Mercosur Cup.svg Copa Mercosul : 1 (1998)

Vasco: 3 Títulos[editar | editar código-fonte]

Copa libertadores.png Copa Libertadores da América : 1 (1998)

Sulamericano1948.jpg Campeonato Sul-Americano de Campeões: 1 (1948)

CONMEBOL - Mercosur Cup.svg Copa Mercosul: 1 (2000)

Botafogo: 1 Título[editar | editar código-fonte]

CONMEBOL - CONMEBOL Cup.svg Copa Conmebol: 1 (1993)

Tabela de títulos por equipe[editar | editar código-fonte]

Clube Estado Total Títulos
São Paulo  São Paulo 12 1 Mundial de Clubes da FIFA, 2 Copa Intercontinental, 3 Copa Libertadores, 1 Copa Sul-Americana, 1 Supercopa Libertadores, 1 Copa Conmebol, 2 Recopa Sul-americana, 1 Copa Master da Conmebol
Santos  São Paulo 8 2 Copa Intercontinental, 1 Recopa Intercontinental, 3 Copa Libertadores, 1 Copa Conmebol, 1 Recopa Sul-Americana
Internacional  Rio Grande do Sul 7 1 Mundial de Clubes da FIFA, 2 Copa Libertadores, 1 Copa Sul-Americana, 2 Recopa Sul-americana, 1 Copa Suruga Bank
Cruzeiro  Minas Gerais 7 2 Copa Libertadores, 2 Supercopa Libertadores, 1 Recopa Sul-americana, 1 Copa Master da Supercopa, 1 Copa Ouro
Corinthians  São Paulo 4 2 Mundial de Clubes da FIFA, 1 Copa Libertadores, 1 Recopa Sul-Americana
Atlético Mineiro  Minas Gerais 4 1 Copa Libertadores, 1 Recopa Sul-Americana, 2 Copa Conmebol
Flamengo  Rio de Janeiro 4 1 Copa Intercontinental, 1 Copa Libertadores, 1 Copa Mercosul, 1 Copa Ouro
Grêmio  Rio Grande do Sul 4 1 Copa Intercontinental, 2 Copa Libertadores, 1 Recopa Sul-americana
Palmeiras  São Paulo 3 1 Copa Rio, 1 Copa Libertadores, 1 Copa Mercosul
Vasco  Rio de Janeiro 3 1 Copa Libertadores,1 Campeonato Sul-Americano de Campeões, 1 Copa Mercosul
Botafogo  Rio de Janeiro 1 1 Copa Conmebol

Notas

  1. [Como diferenças de organização entre os torneios de 1952 e 1953 em relação ao de 1951, tem-se que em 1952 o torneio foi organizado não pela CBD mas sim pelo Fluminense, contudo sob autorização da CBD; em 1953, Ottorino Barassi participou no recrutamento do participante italiano, sem menção a tratativas suas para a vinda de clubes de outros países. Porém, assim como ocorrera em 1952, em 1953 Barassi não teve sucesso em trazer um clube da Itália ao Brasil.]

Referências

  1. Fifa Tournaments
  2. Competições Oficiais da Conmebol Site Oficial - CONMEBOL, Página visitada em 11/9/2014.
  3. Todas Las Competiciones CONMEBOL
  4. CONMEBOL 1948
  5. a b "Palmeiras foi o Campeão do Mundo de Clubes, afirma Blatter". Jornal O Estado de S. Paulo, 9 de Agosto de 2014.
  6. a b Globoesporte.com: Presidente da Fifa reconhece título de 51 como mundial do Palmeiras. 09/08/2014
  7. a b Título de 1951 do Palmeiras teve abrangência Mundial, diz Fifa. Folha de S.Paulo, 13 de agosto de 2014.
  8. Fifa vê título de 51 do Verdão como de "nível mundial", mas separa campeões. Globo.com, 11 de agosto de 2014.
  9. Ministério do Esporte (Brasil). FIFA confirma Copa Rio 1951, vencida pelo Palmeiras, como primeiro Mundial de Clubes. Sexta, 21 Novembro 2014 17:02
  10. Estatutos da FIFA.
  11. http://futboldevenezuela.com.ve/website/index.php/2014-10-07-18-52-42/193-1952-1-pequena-copa-del-mundo
  12. http://www.gremio.net/page/view.aspx?i=sanwan_1995
  13. http://www.gremio.net/page/view.aspx?i=copa_la
  14. 50 Years of the European Cup. Site da UEFA. Acesso em 04/02/2013
  15. 50 Years of the European Cup. Site da UEFA. Acesso em 04/02/2013, Ver declarações atribuídas a Jules Rimet (ex-FIFA), Rodolphe Seeldrayers (FIFA) e Ebbe Schwartz (UEFA).
  16. Jornal dos Sports, edição 6554, de 04/01/1951, páginas 5 e 7.
  17. Jornal dos Sports. Edição 5675, de 22/02/1948, páginas 1 e 6, confirmando que o então presidente da Conmebol. Luiz Valenzuela, participou da organização do certame junto ao  Colo Colo. Acervo on-line. Memória Bn. Biblioteca Nacional.
  18. Livro "O Brasil na Taça Libertadores e no Mundial Interclubes", de Antônio Carlos Napoleão. Rio de Janeiro: Editora Mauad, 1999. ISBN 85-7478-001-4. Página 9.
  19. História da Copa Libertadores, no site da Conmebol, sobre o torneio de 1948: "El chileno Luis Valenzuela, presidente de la Federación de Chile desde 1937 y de CSF desde el 15 de enero de 1939, fue quien hizo realidad esos anhelos". Tradução dada na versão em português do site: "O chileno Luis Valenzuela, presidente da Federação do Chile desde 1937 e da CSF desde 15 de janeiro de 1939, foi quem tornou esses sonhos em realidade". Acesso em 24/04/2013.
  20. Antigo Site da Conmebol (arquivo recuperado pelo Web archive), 08 de março de 2009.
  21. a b Nota, no antigo site da Conmebol, sobre a participação do Vasco da Gama na Supercopa de 1997.
  22. Cópia do Informe à Imprensa da Conmebol de 29 de abril de 1996, no site Casaca!
  23. Cópia do Informe à Imprensa da Conmebol de 29/04/1996, autorizando a participação do Vasco da Gama na Supercopa de 1997.
  24. http://espn.uol.com.br/noticia/431977_fifa-divulga-comunicado-e-reconhece-titulo-mundial-do-palmeiras-mas-erra-nome-do-time
  25. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/2014/08/fifa-ve-titulo-de-51-do-verdao-como-de-nivel-mundial-mas-separa-campeoes.html
  26. Estatuto da Conmebol. Artigo 60: 1. La CONMEBOL, a través de su Comité Ejecutivo, tiene la facultad exclusiva para crear, aprobar, reconocer, modificar, eliminar, organizar y dirigir partidos, competiciones y torneos internacionales en Sudamérica en los que participen las selecciones nacionales de las asociaciones miembro o los clubes afiliados a éstas.
  27. a b Matéria "Fifa: Verdão ainda não é campeão mundial" do GloboEsporte.com, de 26/04/2007. Acessada em 05/02/2013
  28. Estatutos da UEFA. Artigo 49: UEFA shall have the sole jurisdiction to organise or abolish international competitions in Europe in which Member Associations and/or their clubs participate. FIFA competitions shall not be affected by this provision... The Executive Committee shall decide whether to create or take over other competitions, as well as whether to abolish current competitions.
  29. Por exemplo, no início dos anos 1990, a Conmebol lançou um livro sobre os 30 anos da Copa Libertadores, e neste livro tratou o Campeonato Sul-Americano de Campeões de 1948 como antecedente da Copa Libertadores. Porém, o título só foi reconhecido pela CONMEBOL em caráter oficial quando, em 29 de abril de 1996, o Comitê Executivo da entidade aprovou o reconhecimento e consequente participação do Vasco na Supercopa Sul-Americana.
  30. Jornal do Brasil, 08/06/1953, página 10.
  31. Jornal Última Hora, edição 614, de 15 de junho de 1953.
  32. Jornal do Brasil, 31/05/1952.
  33. Jornal Diário da Noite, edições: 5447, de 10 de abril de 1953 (página 18), e 5446, de 09 de abril de 1953 (página 18).
  34. Jornal O Estado de S. Paulo, 15/02/1953, pág.15
  35. Histórico da Copa do Mundo de Clubes da Fifa Página Oficial da Fifa. Visitado em 11/8/2012.
  36. Fifa confirma Corinthians como 1º campeão mundial e frustra Palmeiras - UOL Esporte, 15 de dezembro de 2007.
  37. Fifafacts em PDF
  38. Livro Repasando La Historia. Competições da Conmebol. Copa Europeia Sul-Americana. Página 111.
  39. La Conmebol y la Asociación Japonesa de Fútbol renovaron el vínculo por la Copa Suruga Bank

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]