Quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Verão de 2000

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fogos de artifício da cerimônia de encerramento na Ponte da Baía de Sydney.

O quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Verão de 2000 é uma lista que classifica os Comitês Olímpicos Nacionais de acordo com o número de medalhas conquistadas nos Jogos realizados em Sydney, na Austrália. Um total de 10.651 atletas de 199 nações (incluindo quatro atletas individuais do Timor-Leste) competiram em 300 eventos de 28 esportes.[1]

Atletas de 80 países ganharam ao menos uma medalha, e 119 ficaram sem conquistar nenhuma. Os Estados Unidos foram a nação que conquistou o maior número de medalhas no geral (91) e de ouro (35). A anfitriã Austrália terminou os Jogos com 58 medalhas no geral (16 de ouro, 25 de prata e 17 de bronze).A Colômbia conquistou a primeira medalha de ouro em sua história olímpica, enquanto o Vietnã, o Barbados e o Quirguistão conquistaram as suas primeiras medalhas olímpicas, no taekwondo, no atletismo, e no judô, respectivamente.

Em 9 de dezembro de 2009, o COI realocou as medalhas de três provas do atletismo vencidas pela estadunidense Marion Jones, cujos resultados foram cassados em 2007.[2] Em 21 de julho de 2012 foram realocadas as medalhas dos 4x400 metros, após a desclassificação da equipe dos Estados Unidos em 2008 por caso de doping do integrante Antonio Pettigrew.[3]

Em 26 de fevereiro de 2010, a Federação Internacional de Ginástica anunciou que o cancelamento do resultado obtido pela República Popular da China na competição por equipes femininas da ginástica artística devido a adulteração dos registros de idade da competidora Dong Fangxiao, que não tinha idade suficiente para competir nos Jogos Olímpicos. Na época Dong era menor de 16 anos.[4] A decisão foi enviada ao conselho do Comitê Olímpico Internacional com a recomendação de que a medalha de bronze fosse retirada.[5] Em 28 de abril o COI confirmou a desclassificação da ginasta na prova de salto (7º lugar), solo (6º lugar) e na prova por equipes. Como consequência a medalha de bronze foi repassada a equipe dos Estados Unidos.[6][7]

Em 17 de janeiro de 2013 o COI retirou a medalha de bronze do ciclista estadunidense Lance Armstrong obtida na prova de estrada contra o relógio, após a confissão do uso de doping durante a carreira.[8][9]

Quadro[editar | editar código-fonte]

 Ordem  País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze GoldSilverBronze medals.svg
1 Estados UnidosUSA Estados Unidos 37 24 32 93
2 RússiaRUS Rússia 32 28 29 89
3 ChinaCHN China 28 16 14 58
4 AustráliaAUS Austrália 16 25 17 58
5 AlemanhaGER Alemanha 13 17 26 56
6 FrançaFRA França 13 14 11 38
7 ItáliaITA Itália 13 8 13 34
8 Países BaixosNED Países Baixos 12 9 4 25
9 CubaCUB Cuba 11 11 7 29
10 Grã-BretanhaGBR Grã-Bretanha 11 10 7 28
11 RomêniaROU Romênia 11 6 9 26
12 Coreia do SulKOR Coreia do Sul 8 10 10 28
13 HungriaHUN Hungria 8 6 3 17
14 PolôniaPOL Polônia 6 5 3 14
15 JapãoJPN Japão 5 8 5 18
16 BulgáriaBUL Bulgária 5 6 2 13
17 GréciaGRE Grécia 4 6 3 13
18 SuéciaSWE Suécia 4 5 3 12
19 NoruegaNOR Noruega 4 3 3 10
20 EtiópiaETH Etiópia 4 1 3 8
21 UcrâniaUKR Ucrânia 3 10 10 23
22 CazaquistãoKAZ Cazaquistão 3 4   7
23 BielorrússiaBLR Bielorrússia 3 3 11 17
24 CanadáCAN Canadá 3 3 8 14
25 EspanhaESP Espanha 3 3 5 11
26 TurquiaTUR Turquia 3   2 5
27 IrãIRI Irã 3   1 4
28 República ChecaCZE República Checa 2 3 3 8
29 QuêniaKEN Quênia 2 3 2 7
30 DinamarcaDEN Dinamarca 2 3 1 6
31 FinlândiaFIN Finlândia 2 1 1 4
32 ÁustriaAUT Áustria 2 1   3
33 LituâniaLTU Lituânia 2   3 5
34 AzerbaijãoAZE Azerbaijão 2   1 3
34 BahamasBAH Bahamas 2   1 3
36 EslovêniaSLO Eslovênia 2     2
37 SuíçaSUI Suíça 1 6 2 9
38 IndonésiaINA Indonésia 1 3 2 6
39 EslováquiaSVK Eslováquia 1 3 1 5
40 MéxicoMEX México 1 2 3 6
41 NigériaNGR Nigéria 1 2   3
42 ArgéliaALG Argélia 1 1 3 5
43 UzbequistãoUZB Uzbequistão 1 1 2 4
44 LetôniaLAT Letônia 1 1 1 3
44 IugosláviaYUG Iugoslávia 1 1 1 3
46 Nova ZelândiaNZL Nova Zelândia 1   3 4
47 EstôniaEST Estônia 1   2 3
47 TailândiaTHA Tailândia 1   2 3
49 CroáciaCRO Croácia 1   1 2
50 CamarõesCMR Camarões 1     1
50 ColômbiaCOL Colômbia 1     1
50 MoçambiqueMOZ Moçambique 1     1
53 BrasilBRA Brasil   6 6 12
54 JamaicaJAM Jamaica   6 3 9
55 BélgicaBEL Bélgica   2 3 5
55 África do SulRSA África do Sul   2 3 5
57 ArgentinaARG Argentina   2 2 4
58 Taipé ChinêsTPE Taipé Chinês   1 4 5
58 MarrocosMAR Marrocos   1 4 5
60 Coreia do NortePRK Coreia do Norte   1 3 4
61 MoldáviaMDA Moldávia   1 1 2
61 Arábia SauditaKSA Arábia Saudita   1 1 2
61 Trinidad e TobagoTRI Trinidad e Tobago   1 1 2
64 IrlandaIRL Irlanda   1   1
64 Sri LankaSRI Sri Lanka   1   1
64 UruguaiURU Uruguai   1   1
64 VietnãVIE Vietnã   1   1
68 GeórgiaGEO Geórgia     6 6
69 Costa RicaCRC Costa Rica     2 2
69 PortugalPOR Portugal     2 2
71 ArmêniaARM Armênia     1 1
71 BarbadosBAR Barbados     1 1
71 ChileCHI Chile     1 1
71 IslândiaISL Islândia     1 1
71 ÍndiaIND Índia     1 1
71 IsraelISR Israel     1 1
71 KuwaitKUW Kuwait     1 1
71 QuirguistãoKGZ Quirguistão     1 1
71 República da MacedôniaMKD República da Macedônia     1 1
71 CatarQAT Catar     1 1
TOTAL 298 300 327 925

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Comitê Olímpico Internacional. «Sydney 2000». Consultado em 10 de dezembro de 2009 
  2. Comitê Olímpico Internacional (9 de dezembro de 2009). «IOC reallocates Marion Jones' medals» (em inglês). Consultado em 9 de dezembro de 2009 
  3. Comitê Olímpico Internacional (21 de julho de 2012). «REGARDING THE REALLOCATION OF MEDALS AND DIPLOMAS IN THE MEN'S 4 X 400 M RELAY RACE AT THE 2000 SYDNEY OLYMPIC GAMES» (PDF) (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2012 
  4. Inside the Games (26 de fevereiro de 2010). «China perde medalha na Ginástica por causa de atleta com idade menor do que a permitida». Consultado em 27 de fevereiro de 2010 
  5. Federação Internacional de Ginástica (26 de fevereiro de 2010). «Sanctions pronounced!» (em inglês). Consultado em 27 de fevereiro de 2010 
  6. Comitê Olímpico Internacional (28 de abril de 2010). «IOC EB takes decisions on Chinese gymnast Dong Fangxiao» (em inglês). Consultado em 18 de abril de 2010 
  7. O Estado de S. Paulo (28 de abril de 2010). «COI tira medalha da China das Olímpiadas de 2000». Consultado em 28 de abril de 2000  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. «IOC Statement on Lance Armstrong». Comitê Olímpico Internacional. 17 de janeiro de 2013. Consultado em 18 de janeiro de 2013 
  9. «COI retira o bronze de Lance Armstrong nos Jogos de Sydney». GloboEsporte.com. 17 de janeiro de 2013. Consultado em 18 de janeiro de 2013