Angélica Neto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde abril de 2017)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Angélica Neto é um soprano português.

Estudou no Conservatório de Música do Porto. Trabalhou com José Luís Borges Coelho (Coral de Letras da Universidade do Porto) e com Rudolf Knoll (Cursos de Música da Cidade do Porto). Foi galardoada no Concurso Internacional de Canto no Festival Teeside em Inglaterra.

É desde 1987 elemento efectivo do coro do Teatro Nacional de São Carlos, tendo participado como solista em várias obras executadas por aquela instituição (Idomeneo e Le nozze di Figaro de Mozart, La Traviata de Verdi, Madame Butterfly e Suor Angelica de Puccini, Hymn to St.Cecilia de Benjamin Britten, Chichester Psalms de Leonard Bernstein).

É um dos elementos fundadores do Scherzo Ensemble (Opereta e Zarzuela) e das Vozes da Broadway (Cole Porter, George Gershwin, Jerome Kern, Tom Jobim).

Como solista, Angélica Neto foi acompanhada nos principais palcos nacionais por várias orquestras e ensembles tais como a Orquestra Sinfónica Portuguesa, a Orquestra Nacional do Porto, a Orquestra Metropolitana de Lisboa, a Orquestra Filarmonia das Beiras, o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, o Coro do Teatro Nacional de São Carlos, o Coro Ricercare, o Coro Olisipo, sob a direcção de João Paulo Santos, Vasco Azevedo, Osvaldo Ferreira, António Lourenço, Armando Possante, Saraswati, Giuliano Carella, Giovanni Andreoli, Christopher Bochmann, Brian Schembri e Marc Tardue.

Repertório clássico[editar | editar código-fonte]

  • A Criação de Haydn
  • Gloria de Vivaldi
  • Magnificat de J.S.Bach
  • Missa em si menor de J.S.Bach
  • Septenário de José Joaquim dos Santos
  • Stabat Mater de José Joaquim dos Santos
  • Bastien und Bastienne de Mozart
  • Missa em dó menor K427 de Mozart
  • Requiem de Mozart
  • Missa solemnis de Beethoven
  • Schottische Lieder de Beethoven
  • Petite Messe Solennelle de Rossini
  • Via Crucis de Liszt
  • Requiem de Verdi
  • Ein deutsches Requiem de Brahms
  • Dextera Dominum de Cesar Franck
  • Oratória de Natal de Saint-Saens
  • Stabat Mater de Antonin Dvorak
  • Requiem de Antonin Dvorak
  • Peer Gynt - Solveig de Grieg
  • Viúva alegre de Franz Lehár
  • O Morcego de Franz Lehár
  • Carmina Burana de Carl Orff
  • Requiem de Maurice Duruflé
  • Stabat Mater de Francis Poulenc
  • Peer Gynt de Werner Egk

Repertório contemporâneo estreado[editar | editar código-fonte]

  • Recitativo II de Jorge Peixinho (estreia)
  • Libentíssimo I de Luís Bragança Gil (estreia)
  • Libentíssimo II de Luís Bragança Gil (estreia)
  • Magnificat em Talha Dourada de Eurico Carrapatoso (estreia)
  • Horto Sereníssimo de Eurico Carrapatoso (estreia)
  • Motetes para um Tempo de Paixão de Eurico Carrapatoso (estreia)
  • O Lobo Diogo e o Mosquito Valentim de Eurico Carrapatoso (estreia)
  • A Floresta de Eurico Carrapatoso (estreia)
  • Três poemas eróticos de Eurico Carrapatoso (estreia)
  • Dois poemas de Miguel Torga de Eurico Carrapatoso (estreia)
  • Lembranças de Jesús Legido (estreia)
  • A morte de Luís II da Baviera de Eurico Carrapatoso (estreia)

Repertório contemporâneo solado[editar | editar código-fonte]

  • Cinq Rechants de Olivier Messiaen
  • Dez vocalizos para Leonor e arcos de Eurico Carrapatoso
  • Duas porcelanas musicais de Eurico Carrapatoso
  • Música toda lampeira de Eurico Carrapatoso
  • Cinco melodias em forma de Montemel de Eurico Carrapatoso
  • Melodias em forma de bruma de Eurico Carrapatoso
  • Eu... de Eurico Carrapatoso
  • Words of the Angel de Ivan Moody
  • Sentimento de um Ocidental de Nuno Côrte-Real

Palcos principais[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Magnificat em Talha Dourada de Eurico Carrapatoso, CD Dargil, Colecção Diálogos DI 00004 2 (2005)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]