Angel Heart

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: ""As Portas do Inferno"" redireciona para este artigo. Para o filme com Charles Laughton, veja Stand By for Action.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2018)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Angel Heart
Angel Heart - Nas Portas do Inferno[1] (PT)
Nas Portas do Inferno[2]
(PT)
As Portas do Inferno[3]
 (PRT)
Coração Satânico[4][5] (BRA)
 Estados Unidos
1987 •  cor •  113 min 
Direção Alan Parker
Roteiro William Hjortsberg (livro)
Alan Parker (argumento)
Elenco Mickey Rourke
Robert De Niro
Lisa Bonet
Charlotte Rampling
Género filme de terror
filme de suspense
Lançamento Estados Unidos 6 de Março de 1987
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Angel Heart é um filme dos Estados Unidos de 1987, dos gêneros terror e suspense, dirigido por Alan Parker.

Resumo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Nova Iorque, 1955. Harry Angel (Mickey Rourke), um detective particular, é contratado por Louis Cyphre (Robert De Niro), um misterioso cliente para encontrar um cantor.

Entretanto, quanto mais Angel se aprofunda na investigação, mais distante fica da verdade. Envolve-se com figuras estranhas, que morrem violentamente, e penetra num mundo místico obscuro o qual não compreende: as pessoas com quem se relaciona ou investiga morrem. Até que em determinado momento Harry Angel descobre que ele próprio é o desaparecido Johnny Favorite, que fez pacto com Lúcifer em troca de fama e sucesso, mas tentou quebrar o acordo e enganar o contratado através de magia negra.

A falta de memória de Johnny Favorite acontece num semi-frustrado processo de reencarnação, para escapar de Lúcifer. Enviado à Guerra, em 1943, é ferido e ao retornar aos Estados Unidos, encontra-se preso em uma nova aparência, com duas memórias vividas. No final do filme, Angel é preso pelo assassinato de Epiphany Proudfoot (Lisa Bonet), filha de Johnny com Evangeline Proudfoot, ex-amante dele, versada artes do vodu.

A peça-chave e resposta final para Johnny está em um pequeno vaso de alabastro, lacrado e cuidadosamente guardado na casa de outra feiticeira com que se relacionava, Magaret Krusemark (Charlotte Rampling). Ao procurar pelo vaso, sem saber ele toca em outro artefato místico, o qual lhe abrirá todas as portas, as da verdade e as do Inferno.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]


Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. «Angel Heart - Nas Portas do Inferno». Portugal: DVDPT. Consultado em 26 de outubro de 2018 
  2. «Nas Portas do Inferno». Portugal: CineCartaz. Consultado em 26 de outubro de 2018 
  3. «As Portas do Inferno». Portugal: SapoMag. Consultado em 26 de outubro de 2018 
  4. EWALD FILHO, Rubens (2001). Guia de filmes DVD News. São Paulo (Brasil): NBO Editora. p. 86. ISBN 8588772019 
  5. «Coração Satânico». Brasil: CinePlayers. Consultado em 26 de outubro de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.