Angelines Fernández

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Angelines Fernández
Nome completo María de los Ángeles Fernández Abad
Nascimento 9 de julho de 1922
Madrid, Castela-a-Nova
Nacionalidade espanhola
mexicana
Morte 25 de março de 1994 (71 anos)
Cidade do México, Distrito Federal
Ocupação atriz
Atividade 1954 – 1994

María de los Ángeles Fernández Abad[1], mais conhecida por Angelines Fernández (Madrid, 9 de julho de 1922Cidade do México, 25 de março de 1994) foi uma atriz espanhola, naturalizada mexicana, mundialmente conhecida por ter atuado no programa humorístico El Chavo del Ocho (Chaves) como a Dona Clotilde (a Bruxa do 71) e em Los Caquitos (Chaveco) como Dona Nachita. Angelines também participou de vários filmes da Era de Ouro do Cinema Mexicano. Poucos sabem, mas quando jovem, Angelines Fernández foi considerada uma das mulheres mais bonitas do México.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ela estreou como atriz na comédia musical Carlo Monte en Monte Carlo, na companhia de teatro de Isabela Garcés, em Madri.[2] Chegou a lutar na Guerra Civil Espanhola, apoiando os republicanos contra o ditador Francisco Franco. Se mudou para o México em 1947, devido ao sério risco de morte que corria.[3] Ela permaneceria no México pelo resto de sua vida, exceto em turnês internacionais e um curto período em Cuba no final da década de 1940.

Angelines Fernández estrelou quatorze filmes durante a Era de Ouro do Cinema Mexicano, incluindo o clássico El Esqueleto de la señora Morales (1960). Em 1964, assumiu o papel coadjuvante de Sara, a inimiga do personagem Padre Sebastián, de Cantinflas, em El padrecito. Ela estrelou Cadenas de amor aos 35 anos e várias telenovelas nos anos 1960 e início da década de 1970. Porém, o auge da sua carreira começou quando Roberto Gómez Bolaños (Chespirito) a convidou para trabalhar no seriado El Chavo del Ocho (Chaves), interpretando a Dona Clotilde, que era chamada pelas crianças de Bruxa do 71. Ela conseguiu esse trabalho quando perguntou a seu amigo pessoal, Ramón Valdés, se ele sabia de qualquer trabalho de atuação que pudesse fazer.

Mausoléu aonde jaz os restos mortais da atriz.
Mausoléu onde jaz os restos mortais da atriz.

Ela também participou de outro programa de Chespirito, El Chapulín Colorado (Chapolin), anos depois. Foi com Chaves e Chapolin que ela alcançou fama no México e em sua terra natal. As duas produções de Chespirito se tornaram grandes sucessos internacionais, atingindo todos os países da America Latina. Os programas ainda são exibidos com reprises em muitos países. Em 1974, participou de sua última telenovela e seu último filme e concentrou seu trabalho em torno das produções de Chespirito. Depois que os programas Chaves e Chapolin terminaram em 1979, ela ainda continuou a interpretar Dona Clotilde no programa Chespirito, na década de 1980 e em turnês. Nos anos 1980, ela começou a interpretar Dona Nachita, uma segunda personagem regular em Chespirito, a vizinha fofoqueira nas esquetes de Los Caquitos. Ela permaneceu no programa até 1992.

Morte[editar | editar código-fonte]

Fumante, faleceu em 25 de março de 1994, aos 71 anos de idade, de um câncer relacionado ao tabaco (fontes mencionam que a causa da morte foi um Câncer de garganta).[4] Angelines foi a terceira do elenco do Chaves a morrer, depois de Ramón Valdés, que interpretava Seu Madruga e Raúl Padilla, que interpretava Jaiminho. Seu corpo está enterrado no Mausoleos del Ángel, na Cidade do México.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Programas Cômicos[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1980/91 Chespirito Dona Clotilde, Dona Nachita, Dona Cotinha , Delegada
1979/82 La Chicharra Ursula
1973/79 El Chapulín Colorado vários personagens
1972/80 El Chavo del Ocho Dona Clotilde ( A Bruxa do 71)

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1974 Ha llegado una intrusa Carmelita
1970 Rafael
1969 Encadenados
1966 La duquesa
Sonata de otoño
1965 Tú eres un extraño
1964 La Intrusa
Teatro del cuatro
1963 Mi vida és una canción
1962 La herida del tiempo
La Madrasta
1961 La família del 6
La telaraña
1960 El Esqueleto de la señora Morales
Claudia
El hombre de oro
Gabriela
Un amor en la sombra
1959 Cadenas de amor Irma
Teresa Esmeralda

Cinema[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1990 Bella entre las Flores Dona Perfecta
1984 Charrito Maquiadora
1983 Don Ratón y Don Ratero Doméstica
1982 El Chanfle 2 Secretária
1978 ¡Oye Salomé!
El Chanfle Esposa de Paco
1975 El agente viajero
1974 Kalimán en el siniestro mundo de Humanón
1972 Traiganlos vivos o muertos
1971 El cielo y tu
El profe Mãe de Martin
1969 Un Quijote sin mancha Prudência Pingaron
1968 Corona de lágrimas Mercedes Ancira
Despedida de casada
Esta noche sí
1967 Estrategia matrimonial Margarita
1966 Fuera de la ley
Un novio para dos hermanas Professora de piano
1964 El Padrecito Sara
1963 Mi vida es una canción
1960 El Esqueleto de la Señora Morales Clara, irmã de Glória
1959 Mi niño, mi caballo e Yo
1958 Misterios de la magia negra Laura
El Águila Negra contra los enmascarados de la muerte
El diario de mi madre Leonor
1955 Maternidad imposible

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]