Angelique Boyer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Angelique Boyer
Angelique na premiação Grammy Latino, em novembro de 2016.
Nome completo Angelique Monique-Paulet Boyer Rousseau
Outros nomes Angie
Nascimento 4 de julho de 1988 (30 anos)
Saint Claude, França
Nacionalidade francesa
mexicana
Ocupação Atriz e modelo
Atividade 2004—presente
Página oficial

Angelique Monique-Paulet Boyer Rousseau (Saint Claude, 4 de julho de 1988) é uma atriz francesa naturalizada mexicana. Ela é conhecida na América Latina por telenovelas como Teresa, Abismo de Pasión, Lo Que La Vida Me Robó, Tres veces Ana e Amar a muerte. Por sua carreira na televisão passou a ser apontada como uma das jovens estrelas das telenovelas mexicanas. [1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Angelique Monique-Paulet nasceu em 4 de julho de 1988 na cidade de Saint Claude, na França, onde passou seus primeiros dois anos de vida.[2] Em 1990 sua família se mudou para a Cidade do México, em busca de melhores condições de vida, e no país estabeleceram residência.[2] É filha de Sylvie Rousseau e Patrick Boyer[3] e tem um irmão, Arnaud Boyer Rousseau.[4] Sua mãe faleceu em 17 de junho de 2014, aos 49 anos,[5] devido a complicações em um cirurgia feita no coração para tratamento de enfisema pulmonar e complicações cardíacas.[6]

Angelique iniciou sua carreira como modelo fotográfica aos 5 anos, em 1993, e teve a oportunidade de entrar no CEA infantil da Televisa aos 8 anos, em 1996, lugar onde formou-se como atriz quando tinha 11 anos, no ano de 1999.[7] Também foi integrante do grupo pop "Rabanitos Verdes".[8] Ao terminar esse projeto, aos 14 anos entrou novamente no CEA, aperfeiçoando-se mais em sua profissão. A atriz é formada em fotografia, sendo também poliglota, conseguindo se expressar em francês, sua língua materna, espanhol e inglês. [9]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Durante as gravações da novela Rebelde, Angelique começou um relacionamento com o ator Diego Boneta, que interpretava seu par romântico. Alguns meses após, o casal colocou um ponto final na relação, mas decidiram continuar amigos.[10]

Em março de 2010, Sebastián Zurita,[11] ator com quem Angelique fez par romântico na telenovela Corazón Salvaje, confirmou que os dois estavam juntos. O relacionamento chegou ao fim em maio de 2010.[12]

Em setembro de 2011 após o fim das gravações da telenovela Teresa, soube-se que tinha uma relação com o produtor José Alberto Castro. Segundo rumores, os pais de Angelique não aprovavam o relacionamento da filha com o produtor, 25 anos mais velho. Em 10 de março de 2014, a atriz informou através de sua conta no Twitter que ambos terminaram.[13] Uma pessoa próxima ao casal revelou que a atriz terminou definitivamente com o produtor em 8 de fevereiro já que "El Güero" Castro resultou ser um homem ciumento, com vícios e incapaz de controlar seus impulsos. Segundo a fonte, o ex-casal teve fortes brigas durante festas, em frente a todos, que deixava as pessoas aterrorizadas.[14]

Após várias especulações, Angelique Boyer e Sebastián Rulli confirmaram o relacionamento em 23 de setembro de 2014.[15]

Passagem pelo Brasil[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2017, Angelique veio ao Brasil para participar de alguns programas no SBT.[16]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2004 Corazones al límite Anette Elizalde
2004-2006 Rebelde Victoria "Vicky" Paz Millián
2007 Muchachitas como tú Margarita Villaseñor
2008-2009 Alma de hierro Sandra "Sandy" Hierro Jiménez
2009 Mujeres asesinas Soledad Oropeza "Cindy"
2009-2010 Corazón salvaje Ángela Villareal / Jimena Villareal / Estrella Villareal
2010-2011 Teresa Teresa Chaves Aguirre De de la Barrera
2012 Abismo de pasión Elisa Castañón Bouvier / Elisa Castañón de Arango
2013-2014 Lo que la vida me robó Montserrat Mendonça Giacinti / Montserrat Mendonça de Almonte / Montserrat Mendonça de Alvares
2016-2017 Tres veces Ana Ana Lucía Hernández / Álvarez del Castillo Rivadeneira
Ana Laura Álvarez del Castillo Rivadeneira de Fuentes
Ana Leticia Álvarez del Castillo Rivadeneira de Salvatierra
2018-2019 Amar a muerte Lucía Borges Duarte de Carvajal

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Papel
2007 J-ok'el: La leyenda de la Llorona Menina francesa

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Obra Papel
2011 Ausencia de Dios Agnes
2012 Una noche de pasión Patricia Fierro
2014 Los derechos de la mujer María José
2014 Los hombres son de Marte las mujeres son de Venus Corina

Prêmios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Prêmio TVyNovelas[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Trabalho Resultado
2010 Melhor atriz juvenil Corazón Salvaje Indicado
2011 Melhor atriz Teresa Venceu
2013 Abismo de Pasión Indicado
2015 Lo que la Vida me Robó Indicado
2017 Tres veces Ana Venceu

Premios People en Español[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Trabalho Resultado
2010 Melhor Ator/Atriz Juvenil Corazón Salvaje Indicado
2011 Melhor Casal (com Aarón Díaz) Teresa
Melhor Casal (com Sebastián Rulli)
Melhor Atriz
2012 Melhor Casal (com David Zepeda) Abismo de pasión
Melhor Atriz

Kids Choice Awards México[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Trabalho Resultado
2011 Melhor personagem feminina em série Teresa Indicado
Vilã Favorita
2012 Atriz favorita Abismo de pasión

Premios Bravo[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Trabalho Resultado
2011 Melhor atriz Teresa Venceu

Premios ACE[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Trabalho Resultado
2012 Melhor atriz Teresa Venceu

Premios Juventud[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Trabalho Resultado
2011 Chica que me quita el sueño Teresa Indicado
2012 Abismo de pasión Indicado
2014 Lo que la vida me robó Venceu

Referências

  1. Carolina Amézquita Pino (12 de julho de 2017). «Angelique Boyer y Maite Perroni, las reinas jóvenes de las telenovelas mexicanas». People Magazine (em espanhol). People en Español. Consultado em 9 de maio de 2017 
  2. a b «Angelique Boyer lamenta discriminación en Francia» (em espanhol). www.eluniversal.com.mx. 29 de setembro de 2015. Consultado em 4 de abril de 2016 
  3. «El papá de Angelique Boyer da su opinión sobre Sebastián Rulli» (em espanhol). www.quien.com. 2 de março de 2016. Consultado em 4 de abril de 2016 
  4. Alejandra Torales (22 de setembro de 2015). «Angelique y Sebastián se trasladan a Francia para festejar al amor» (em espanhol). www.quien.com. Consultado em 4 de abril de 2016 
  5. «Muere la madre de Angelique Boyer, Sylvie Rousseau, a los 49 años» (em espanhol). www.peopleenespanol.com. 18 de junho de 2014. Consultado em 4 de abril de 2016 
  6. «Con esta emotiva carta abierta, Angelique Boyer expresa su sentir tras la muerte de su madre» (em espanhol). www.peopleenespanol.com. 30 de junho de 2014. Consultado em 4 de abril de 2016 
  7. «Angelique Boyer» (em espanhol). www.peopleenespanol.com. Consultado em 4 de abril de 2016 
  8. José Antonio Llaca (5 de junho de 2014). «El oscuro pasado musical de los famosos» (em espanhol). www.quien.com. Consultado em 4 de abril de 2016 
  9. «CEA - Nuestros Egresados - Angelique Boyer» (em espanhol). www2.esmas.com. Consultado em 4 de abril de 2016 
  10. «Angelique: los hombres que han robado su corazón» (em espanhol). quien.com. 4 de julho de 2012. Consultado em 15 de dezembro de 2014 
  11. «Christian Bach halaga a su nuera, Angelique Boyer» (em espanhol). www.peopleenespanol.com. 4 de março de 2010. Consultado em 4 de abril de 2016 
  12. «Sebastián Zurita termina con Angelique Boyer» (em espanhol). www.peopleenespanol.com. 10 de maio de 2010. Consultado em 4 de abril de 2016 
  13. Cristina Díaz (10 de março de 2014). «Angelique Boyer anuncia su separación de "El Güero" Castro» (em espanhol). www.quien.com. Consultado em 4 de abril de 2016 
  14. Mariana Muñoz (18 de março de 2014). «Nos enteramos el por qué Angelique Boyer terminó definitivamente con 'El Güero' Castro: "¡Él le llegó a pegar!"» (em espanhol). www.tvnotas.com.mx. Consultado em 4 de abril de 2016 
  15. «¡Por fin! Sebastián Rulli habla de su 'boda' con Angelique Boyer» (em espanhol). espectaculos.televisa.com. 15 de maio de 2015. Consultado em 1 de março de 2016 
  16. SBT (16 de julho de 2017). «Exclusivo: batemos um papo com Angelique Boyer e ela revelou tudo sobre carreira e relacionamento». SBT na Web. Consultado em 18 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]