Animal Crossing

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2013). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a série de jogos eletrônicos. Para o jogo eletrônico de 2001, veja Animal Crossing (jogo eletrônico).
Animal Crossing
Gênero(s) RPG
Simulação
Desenvolvedora(s) Nintendo

Nintendo EAD Monolith Soft Touch! Generations

Distribuidora(s) Nintendo
Primeiro título Animal Crossing
2001
Último título Animal Crossing: Pocket Camp
25 de outubro de 2017
Spin-off(s) Amiibo Festival

Happy Home Designer Pocket Camp

[Website Oficial]
Portal Portal de jogos eletrônicos

Animal Crossing é uma série de jogos eletrônicos de RPG e simulação produzida pela Nintendo. A série atualmente possui sete jogos (quatro da série principal e três spin-offs), sendo o primeiro jogo, Animal Crossing lançado no Nintendo 64 (exclusivamente no Japão, com o nome de Animal Forest) em 2001, mais tarde portado e traduzido ao inglês para o Nintendo Gamecube em 2002 e o último, Animal Crossing: Pocket Camp para dispositivos iOS e Android em 2017. Um novo jogo da série para o Nintendo Switch foi anunciado e é programado para lançar em 2019.[1]

Nos jogos principais da série, é controlado um aldeão humano que acaba de se mudar para uma nova cidade habitada por animais antropomorfizados. Ao adquirir um lar, você deve pagá-lo com dinheiro virtual (no jogo, "Sinos") adquirido por meio das atividades presentes no jogo, como pesca, caça de insetos, escavação de fósseis, venda de itens e outros. O jogador também pode usar o dinheiro para customizar seu personagem e sua casa, podendo expandi-la ao quitar sua dívida. Os animais que vivem na vila são interativos, pertencendo a grupos de personalidades distintos, podendo causar apego ou conflito com o jogador e entre eles. Os moradores podem pedir ou dar apelidos para o jogador, mandar cartas, comprar ou vender itens ou ter conversas mundanas com o jogador. Assim que o tempo passa, alguns moradores podem se mudar da vila, dando espaço para moradores novos. Animal Crossing é jogado em tempo real (utilizando o calendário e relógio internos de seu respectivo console), tendo eventos que ocorrem em horários e datas específicos (como por exemplo, o fechamento de uma loja em determinado horário ou um evento de Natal). Moradores podem se mover da ou para a vila conforme o tempo passa, mesmo se o jogo não estiver sendo ativamente jogado.[2]

Em geral, os jogos da série principal são bem recebidos pela crítica. O jogo mais recente, New Leaf, tem uma nota de 88 em 100 no Metacritic, sendo o jogo mais bem avaliado da série de acordo com o agregador.[3][4][5][6]

Em Happy Home Designer, o jogador toma o controle de um humano designer de interiores, que atende pedidos dos diferentes animais. Apesar de elementos da série principal como interação com os personagens ainda ser presente, funções como escavação de fósseis, caça de peixes e insetos, o relógio em tempo real são ausentes.[7] O jogo foi recebido de forma mista na crítica, com a nota agregada de 66 em 100 no Metacritic.[8]

Em Amiibo Festival, é jogado um jogo de tabuleiro em que é mantido o tom e aspecto da série principal, onde são usados Amiibos para controlar as ações do jogo (no caso rolar o dado). O jogo também contém minijogos, desbloqueáveis ao jogar o modo principal. O jogo foi recebido de forma negativa pela crítica, com a nota agregada de 43 em 100 no Metacritic.[9]

Em Pocket Camp, o jogador administra seu acampamento, podendo levar certos animais para ele ao cumprir certos requerimentos. Podendo mudar a estética do acampamento para agradar certos animais ou o estilo próprio do jogador. O jogo foi recebido de forma mista para positiva, com a nota agregada de 72 em 100 no Metacritic.[10]

É estimado que o jogo tenha vendido mais de 25 milhões de cópias entre todas suas versões.[11]

Jogos[editar | editar código-fonte]

Linha do tempo de anos de lançamento
2001Animal Crossing
2002
2003
2004
2005Wild World
2006
2007
2008City Folk
2009
2010
2011
2012New Leaf
2013
2014
2015Happy Home Designer
Amiibo Festival
2016New Leaf - Welcome amiibo
2017Pocket Camp
2018
2019Jogo Animal Crossing sem título

Série principal[editar | editar código-fonte]

Animal Crossing (2001)[editar | editar código-fonte]

Animal Crossing (どうぶつの森, Dōbutsu no Mori?, Floresta dos Animais), originalmente lançado exclusivamente no Japão para o Nintendo 64 em 2001, foi lançado em uma versão melhorada para o GameCube no mesmo ano.[12] Essa versão foi localizada e lançada na América do Norte em 15 de setembro de 2002, na Austrália em 17 de outubro de 2003 e na Europa em 24 de setembro de 2004.[13] Uma versão extendida intitulada "Dōbutsu no Mori e+" foi lançada em 27 de junho de 2003 no Japão.[14]

Animal Crossing: Wild World (2005)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Animal Crossing: Wild World

Animal Crossing: Wild World (おいでよ どうぶつの森, Oideyo Dōbutsu no Mori?, Venha para a Floresta dos Animais) foi lançado para o Nintendo DS no Japão em 23 de Novembro de 2005, na América do Norte em 5 de dezembro de 2005, na Austrália em 8 de dezembro de 2005 e na Europa em 31 de março de 2006.[15] Foi o primeiro jogo da série a usar o serviço online Nintendo Wi-Fi Connection. Em 13 de outubro de 2016, o jogo foi relançado para o Virtual Console no Wii U, mas suas funcionalidades wi-fi estão indisponíveis devido ao desligamento do Nintendo Wi-Fi Connection.

Animal Crossing: City Folk (2008)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Animal Crossing: City Folk

Animal Crossing: City Folk (街へ行こうよ どうぶつの森, Machi e ikō yo: Dōbutsu no mori?, Vamos para a cidade: Floresta dos Animais, conhecido na Europa e Austrália como Animal Crossing: Let's Go to the City) foi lançado para o Wii na América do Norte em 16 de novembro de 2008, no Japão em 20 de novembro de 2008, na Austrália em 4 de dezembro de 2008 e na Europa em 5 de dezembro de 2008.[16] Em 2010, foi lançado na Coreia do Sul.[17] Foi o primeiro jogo a utilizar o Wii Speak, acessório que permitia que jogadores conversassem entre si durante partidas online.

Animal Crossing: New Leaf (2012)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Animal Crossing: New Leaf

Animal Crossing: New Leaf (とびだせ どうぶつの森, Tobidase Dōbutsu no Mori?, Animal Forest: Jump Out) foi anunciado na E3 em 2010.[18] Foi lançado para o Nintendo 3DS no Japão em 8 de novembro de 2012, na América do Norte em 9 de junho de 2013, na Europa em 14 de junho de 2013 e na Austrália em 15 de junho de 2013.[19] Pela primeira vez na série, os jogadores eram indicados à posição de prefeito.[20] Em Novembro de 2016, uma nova atualização foi lançada junto com a versão "Welcome amiibo" na América do Norte e Europa, adicionando diversos novos locais, itens e atividades.[21]

Jogo Animal Crossing sem título (2019)[editar | editar código-fonte]

Um novo jogo da série Animal Crossing para o Nintendo Switch foi anunciado durante uma Nintendo Direct em 13 de setembro de 2018. O jogo tem seu lançamento planejado para 2019.[22]

Jogos derivados[editar | editar código-fonte]

Animal Crossing: Happy Home Designer (2015)[editar | editar código-fonte]

Animal Crossing: Happy Home Designer é um jogo de simulação social para o Nintendo 3DS e o primeiro jogo derivado da série Animal Crossing. Foi lançado no Japão em 30 de julho de 2015,[23] na América do Norte em 25 de setembro de 2015,[24] na Europa em 2 de outubro de 2015 e na Austrália em 3 de outubro de 2015.[25] O jogo gira em torno de projetar casas para aldeões baseadas em seus pedidos. Escaneando cartas amiibo, jogadores podem desbloquear a habilidade de projetar casas para personagens especiais.[26] O jogo possui uma nota de 66 de 100 no Metacritic, significando "críticas mistas ou medianas".[27]

Animal Crossing: Amiibo Festival (2015)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Animal Crossing: Amiibo Festival

Animal Crossing: Amiibo Festival é um party game para Wii U lançado na América do Norte em 13 de Novembro de 2015, na Europa em 20 de Novembro de 2015[28] e no Japão e na Austrália em 21 de novembro de 2015.[29] O jogo se foca na utilização de personagens amiibo. O jogo possui uma nota de 46 de 100 no Metacritic, significando "críticas geralmente negativas".[30]

Animal Crossing: Pocket Camp (2017)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Animal Crossing: Pocket Camp

Em abril de 2016, a Nintendo anunciou que um jogo da série Animal Crossing para celulares, mais tarde intitulado Animal Crossing: Pocket Camp, seria lançado como parte da sua série de jogos para celulares.[31] O jogo foi lançado na Austrália em outubro de 2017 e no resto do mundo em 21 de novembro de 2017.

Aplicativos[editar | editar código-fonte]

  • Animal Crossing Plaza, um aplicativo para Wii U no estilo de WaraWara Plaza. Promoção temporária para o jogo Animal Crossing: New Leaf.
  • Animal Crossing Clock, um aplicativo para o relógio do sistema do Nintendo DSi e Nintendo 3DS.
  • Animal Crossing Calculator, um aplicativo de calculadora para o Nintendo DSi e Nintendo 3DS.
  • Photos with Animal Crossing, um aplicativo de câmera para o Nintendo 3DS que permite que os jogadores tirem fotos com personagens da série.[32]

Referências em outros jogos[editar | editar código-fonte]

O jogo Super Smash Bros. Brawl, de Nintendo Wii, possui um estágio baseado em Animal Crossing, chamado Smashville, além de dois troféus baseados no ite Em 2010, foi lançado na Coreia do Sul.m Pitfall Seed e no personagem Mr. Resetti.[33][34] Uma representação do protagonista de Animal Crossing (conhecido como Villager, ou aldeão), contando com o visual do protagonista masculino de City Folk, é um personagem jogável em Smash Bros., para Nintendo Wii U e Nintendo 3DS.

O jogo Super Smash Bros. Ultimate, contará com Villager e Isabelle como personagens jogáveis[35] e o personagem Kapp'n como um Assist Trophy.[36]

Isabelle e Mr. Resetti também aparecem no jogo Monster Hunter 4 Ultimate de Nintendo 3DS.[37]

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

A série possui também um filme animado, Dōbutsu no Mori[38], lançado em 2006 no Japão.

A série também tem Mangás publicados pela na revista CoroCoro Comic baseados em Animal Crossing: New Leaf desde 2013.

Referências

  1. «Nintendo confirma novo jogo da série Animal Crossing para o Switch - Games». Canaltech. 14 de setembro de 2018 
  2. «Everything You Should Know About Animal Crossing» (em inglês). IGN 
  3. «Animal Crossing: New Leaf». Metacritic (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2018 
  4. «Animal Crossing: City Folk». Metacritic (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2018 
  5. «Animal Crossing: Wild World». Metacritic (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2018 
  6. «Animal Crossing». Metacritic (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2018 
  7. Animal Crossing: Happy Home Designer - IGN.com (em inglês), consultado em 21 de setembro de 2018 
  8. «Animal Crossing: Happy Home Designer». Metacritic (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2018 
  9. «Animal Crossing: amiibo Festival». Metacritic (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2018 
  10. «Animal Crossing: Pocket Camp». Metacritic (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2018 
  11. «IR Information : Financial Data - Top Selling Title Sales Units - Nintendo 3DS Software». Nintendo Co., Ltd. (em inglês) 
  12. «The Evolution of Animal Crossing». IGN (em inglês). 12 de novembro de 2008. Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  13. Animal Crossing - IGN.com (em inglês), consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  14. Doubutsu no Mori - IGN.com (em inglês), consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  15. Animal Crossing: Wild World - IGN.com (em inglês), consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  16. Animal Crossing: City Folk - IGN.com (em inglês), consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  17. «타운으로 놀러가요 동물의 숲». www.nintendo.co.kr. Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  18. Thomas, Lucas M. (15 de junho de 2010). «E3 2010: Animal Crossing 3DS Announced». IGN (em inglês). Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  19. Animal Crossing: New Leaf - IGN.com (em inglês), consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  20. Drake, Audrey (25 de outubro de 2012). «Animal Crossing 3DS Has a New Name». IGN (em inglês). Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  21. «Animal Crossing: New Leaf + amiibo card». Mojenintendo.cz (em checo). 13 de setembro de 2016. Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  22. Frank, Allegra (13 de setembro de 2018). «Animal Crossing Switch is out in 2019 and Nintendo is driving us nuts already». Polygon. Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  23. «Animal Crossing: Happy Home Designer Japanese release date set». Gematsu (em inglês). 31 de maio de 2015. Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  24. «Animal Crossing: Happy Home Designer». Metacritic (em inglês). Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  25. «Animal Crossing: Happy Home Designer Bundles Announced for UK and Australia - News». Nintendo World Report. Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  26. Life, Nintendo (25 de junho de 2015). «Animal Crossing Director Talks More About Happy Home Designer and amiibo». Nintendo Life (em inglês). Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  27. «Animal Crossing: Happy Home Designer». Metacritic (em inglês). Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  28. Europe, Nintendo of (1 de outubro de 2015). «#ACamiiboFestival arrives on 20/11! It comes with an Isabelle & Digby amiibo (while stocks last) + 3 amiibo cards!pic.twitter.com/53EF6aWXnP». @NintendoEurope (em inglês). Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  29. «Japanese Animal Crossing: amiibo Festival introduction trailer, release date - Nintendo Everything». nintendoeverything.com. Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  30. «Animal Crossing: amiibo Festival». Metacritic (em inglês). Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  31. «Next Nintendo Apps Will Use Fire Emblem & Animal Crossing Franchises». Nintendo Insider (em inglês). 27 de abril de 2016. Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  32. «Photos with Animal Crossing - Nintendo UK Summer Tour 2015 video - Nintendo Everything». nintendoeverything.com. Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  33. «Super Smash Bros. Brawl Stages: Smashville» (em inglês). Smash Bros. Official Site 
  34. «Super Smash Bros. Brawl Assist Trophies: Mr. Resetti» (em inglês). Super Smash Bros. DOJO 
  35. «Isabelle, de Animal Crossing, estará em Super Smash Bros. Ultimate». Jovem Nerd 
  36. «Super Smash Bros. Ultimate – Everything You Need To Know About The Game». gamingbolt.com (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2018 
  37. «Animal Crossing, Devil May Cry and more come to Monster Hunter 4 this month». Polygon 
  38. «IMDb Dobutsu no Mori Official Page» (em inglês). IMDb