Anna Atkins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Anna Atkins
Anna Atkins em 1861
Nascimento 16 de março de 1799
Tonbridge, Kent,  Inglaterra
Morte 9 de junho de 1871 (72 anos)
Nacionalidade inglesa
Campo(s) Botânica e fotografia

Anna Atkins (16 de março de 1799 - 9 de junho de 1871) foi uma botânica e fotógrafa inglesa. [1] Muitos consideram-na a primeira pessoa a publicar um livro ilustrado com imagens fotográficas.[2] Algumas fontes afirmam que ela foi a primeira mulher a criar uma fotografia.[1][2][3][4]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Anna nasceu em Tonbridge, em 1799. Sua mãe, Hester Anne Children, nunca se recuperou dos efeitos do parto e faleceu em 1800.[3] Anna era muito próxima de seu pai, John George Children.[5] Anna recebeu uma educação científica pouco comum para meninas de sua época.[6] Sua detalhadas gravuras de conchas foram usadas nos livros ilustrados de seu pai, traduções do livro de Jean-Baptiste de Lamarck, Gêneros de Conchas.[6][7]

Em 1825, casou-se com John Pelly Atkins, comerciante na Índia e eles se mudaram para o Halstead Place, a casa da família Atkins em Sevenoaks, Kent[6] e não tiveram filhos.[8] Anna continuou com seu interesse em botânica, colecionando plantas secas, usadas para fotogramas.[6]

Fotografia[editar | editar código-fonte]

Detalhe da página de Fotografias de Algas Britânicas: Cyanotype Impressions

John George Children e John Pelly Atkins eram amigos de William Henry Fox Talbot.[6] Anna aprendeu diretamente de Talbot sobre suas invenções relacionadas à fotografia: a técnica do desenho fotogênico, onde um ambiente é colocado sobre um papel com sensibilidade à luz e então exposto ao sol para produzir uma imagem e o calótipo.[9][10]

Sabe-se que Anna teve acesso à uma câmera em 1841.[6] Algumas fonte afirmar que Anna foi a primeira mulher fotógrafa.[1][2][3][4][11] Outras fontes apontam que Constance Talbot, esposa de William Fox Talbot, foi a primeira fotógrafa.[12][13][14] Como nenhuma fotografia original de Anna Atkins e de Constance Talbot sobreviveu aos dias de hoje, o embate continua.[6][13]

Morte[editar | editar código-fonte]

Anna morreu no Halstead Place, em 1871, de "paralisia, reumatismo e exaustão", aos 72 anos.[3]

Referências

  1. a b c James, Christopher (2009). The book of alternative photographic processes, 2nd edition (PDF). Clifton Park, NY: Delmar Cengage Learning. ISBN 978-1-4180-7372-5. Consultado em 11 de agosto de 2009 
  2. a b c New York Public Library (23 de outubro de 1999 – 19 February 2000). «Seeing is believing. 700 years of scientific and medical illustration. Photography. Cyanotype photograph. Anna Atkins (1799–1871).». Consultado em 11 de agosto de 2009 
  3. a b c d Atkins, Anna; Larry J. Schaaf; Hans P. Kraus Jr. (1985). Sun gardens: Victorian photograms. New York: Aperture. ISBN 0-89381-203-X 
  4. a b Clarke, Graham (1997). The photograph. Oxford; New York: Oxford University Press. ISBN 0-19-284248-X 
  5. Ware, Mike (1999). Cyanotype: the future, science and art of photographic printing in Prussian blue. [S.l.]: National Museum of Photography, Film & Television 
  6. a b c d e f g Halstead Parish Council. «Parish history: Anna Atkins». Consultado em 11 de agosto de 2009 
  7. «Historic figures. Anna Atkins (1799–1871)». BBC. Consultado em 11 de agosto de 2009. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2005 
  8. «John Pelly Atkins». Legacies of British Slave-Ownership. University College London. Consultado em 16 de março de 2015 
  9. «Ocean flowers: Anna Atkins's cyanotypes of British algae». New York Public Library Digital Gallery. Consultado em 11 de agosto de 2009 
  10. Roger Taylor (2007). Impressed by the Light: British Photographs from Paper Negatives, 1840–1860. [S.l.]: NY, Metropolitan Museum of Art. p. 287 
  11. Cumming, Laura (10 de março de 2002). «Things aren't what they seem. The V&A's exhibition of its vast photo archive shows how the camera can transform even the humblest object». The Observer. Consultado em 13 de agosto de 2009 
  12. Glauber, Carole (abril–junho de 2001). «Book review. Seizing the light: a history of photography». F2 eZine. Consultado em 11 de agosto de 2009 
  13. a b Smith, Vivienne. «Talbot, Constance: Woman at forefront of photography». Derby Evening Telegraph. Consultado em 11 de agosto de 2009. Arquivado do original em 4 de dezembro de 2008 
  14. Gover, C Jane (1988). The positive image: women photographers in turn of the century America. Albany: State University of New York Press. p. 6. ISBN 0-88706-533-3. Consultado em 11 de agosto de 2009 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Anna Atkins
Ícone de esboço Este artigo sobre um fotógrafo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.