Anna Magdalena Bach

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Anna Magdalena Bach
Nome nativo Anna Magdalena Wilcke
Nascimento 22 de setembro de 1701
Zeitz
Morte 22 de fevereiro de 1760
Leipzig
Cidadania Alemanha
Cônjuge Johann Sebastian Bach
Filho(s) Gottfried Heinrich Bach, Johann Christian Bach, Johann Christoph Friedrich Bach, Elisabeth Juliana Friderica Bach, Christiana Sophia Enrietta Bach
Ocupação cantora, compositora

Anna Magdalena Bach-Wilcken (Zeitz, 22 de setembro de 1701Leipzig, 22 de fevereiro de 1760) foi a segunda esposa de Johann Sebastian Bach.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ela nasceu em Zeitz, na Saxônia, numa família musical. Seu pai, Johann Caspar Wilcke, tocava trompete, e sua mãe, Margaretha Elisabeth Liebe, era filha de um organista. Embora se conheça pouco sobre sua anterior educação musical, ela trabalhava como cantora em 1721 e que já conhecia Johann Sebastian Bach há algum tempo.

Casou com Bach em 3 de dezembro de 1721, dezessete meses após a morte de sua primeira esposa Maria Barbara Bach. Juntos tiveram 13 filhos durante o período de (1723-1742) dos quais sete morreram ainda jovens. Entre os sobreviventes se incluíram os compositores Johann Christian Bach e Johann Christoph Friedrich Bach.

Foi um casamento feliz, para o qual contribuiu o interesse que ambos tinham pela música. Johann Sebastian escreveu para ela várias composições (ela sempre o ajudava a transcrever suas músicas), sendo as mais conhecidas as que compõem os dois volumes do Notenbüchlein für Anna Magdalena Bach.

Na época em que a família Bach esteve em Leipzig, a casa de Bach tornou-se uma espécie de centro musical, onde o casal organizava regularmente noites musicais em que toda a família, junto com amigos visitantes, cantava e tocava.

Após a morte de Bach em 1750, seus filhos entraram em conflito e se separaram. Isso deixou Anna Magdalena vivendo sozinha com suas duas filhas mais jovens e uma enteada do primeiro casamento de seu marido. Embora elas se mantivessem fiéis a ela, ninguém mais da família a ajudou economicamente. Anna Magdalena ficou cada vez mais dependente da caridade e das ajudas do conselho da cidade. Ela morreu em 22 de fevereiro de 1760.

Possível composição de peças atribuídas a J.S. Bach[editar | editar código-fonte]

Pesquisas e especulações recentes parecem querer indicar que Anna Magdalena Bach pode ter sido a compositora de várias peças musicais atribuídas a seu marido.[1] O professor Martin Jarvis da escola de Música da Universidade Charles Darwin (Charles Darwin University School of Music), em Darwin, Austrália, chegou a propor que ela teria escrito as seis famosas Suítes para Violoncelo (BWV 1007–1012) e esteve envolvida com a composição da ária das Variações Goldberg (BWV 988). [1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Telegraph

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Geiringer, Karl. 1958. Die Musikerfamilie Bach: Leben und Wirken in drei Jahrhunderten. Unter Mitarbeit von Irene Geiringer. München. Beck.
  • Koch-Kanz, Swantje & Luise F. Pusch. 1988."Die Töchter von Johann Sebastian Bach", in: Pusch, Luise F. Hg. 1988. Töchter berühmter Männer: Neun biographische Portraits. Frankfurt/M. Insel TB 979. S. 117-154.
  • [2] - Obras de Bach teriam sido escritas por sua segunda esposa, alega acadêmico.