Anselmo Ralph

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Anselmo Ralph
Informação geral
Nome completo Anselmo Cordeiro da Mata
Nascimento 12 de março de 1981 (35 anos)
Local de nascimento Luanda
 Angola
Género(s) Kizomba, R&B
Ocupação(ões) Cantor
Instrumento(s) Vocal
Período em actividade 1995–actualidade
Gravadora(s) Bom Som
Afiliação(ões) Dji Tafinha, Yola Araújo, Cláudia Leite, Lizha James, Kalibrados, Big Nelo, Alexandre Pires, Banda Calypso, Paulo Gonzo, Léo Santana Kataleya, Rick Ross, David Carreira, Zona 5
Influência(s) Juan Luis Guerra, Chris Brown

Anselmo Cordeiro da Mata (Luanda, 12 de Março de 1981), mais conhecido pelo nome artístico de Anselmo Ralph, é um cantor angolano.[1] Em 1995, fez parte do grupo NGB (New Generation Band) com quem gravou o seu primeiro disco.[2] Em Janeiro de 2006, lançou o seu primeiro álbum intitulado Histórias de Amor produzido pela Produtora Bom Som, propriedade do próprio artista e do seu agente Camilo Travassos No dia 30 de março de 2014 estreou-se  The Voice Portugal (2.ª edição) na RTP1

Biografia[editar | editar código-fonte]

Anselmo Ralph nasceu em Luanda, aos 12 de Março de 1981, onde frequentou o Ensino Básico e Médio. Depois emigrou-se em Nova Iorque, para terminar os estudos, sendo graduado em Contabilidade pela Borough of Manhattan Community College.[3]

O cantor é casado com Madlice de Castro desde 2008, com quem tem dois filhos, Alícia e Jason.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nos anos 90, mudou-se para Madrid (Espanha) onde viveu alguns anos. Tornou-se um grande admirador do cantor dominicano Juan Luís Guerra, o que teve uma grande influência na sua carreira futura como músico.[5]

Em 1995, fez parte do grupo NGB (New Generation Band) com quem gravou o seu primeiro disco.[2]

Em Janeiro de 2006, lançou o seu primeiro álbum intitulado Histórias de Amor produzido pela Produtora Bom Som, propriedade do próprio artista e do seu agente Camilo Travassos. O disco é dominado pelo género de música R&B e teve sucesso imediato. Duas semanas após o lançamento do álbum no mercado angolano e internacional, foi feito o primeiro show, na discoteca Miami Beach, na Ilha de Luanda, com lotação esgotada.[6]

Ainda nesse ano foi nomeado pela cadeia televisiva Channel, da África do Sul, como o “Melhor Cantor de R&B”, e também para os MTV Europe Music Awards 2006 na categoria de "Melhor Artista Africano".[7]

Depois do sucesso do primeiro álbum Histórias de Amor, a Produtora Bom Som lançou o segundo álbum As Últimas Histórias de Amor no dia 14 de Fevereiro de 2007, que rapidamente se tornou num grande sucesso nacional e internacional. Com este segundo trabalho, Anselmo Ralph recebeu o prémio de "Melhor Voz Masculina" e o prémio do "Top Rádio Luanda" como o músico mais votado desse ano.[5]

Em 2008, assinou um contrato de três álbuns com a melhor produtora LS. Produções. Foi também o ano, em que o artista foi fazendo muitos espetáculos em Angola e também no estrangeiro: Portugal, Holanda, Inglaterra, Moçambique, África do Sul, São Tomé e Príncipe, Brasil e Namíbia.

Em 2009, novamente no dia 14 de Fevereiro, lançou o seu terceiro álbum O Cupido (Duplo CD e DVD), que vendeu 40 mil cópias ao fim de apenas quatro meses. No mês de Julho, a LS. Produções produziu o primeiro mega show de dois dias no Pavilhão da Cidadela, com lotação esgotada nos dois concertos (cerca de 42 000 pessoas).

Em 2011, lançou um Maxi Single do próximo álbum A Dor Do Cupido que em apenas em dois dias vendeu 42 mil cópias. O artista bateu, assim, mais um recorde na sua carreira conseguindo mais de 1 milhão de plays no vídeo da música Não Me Toca, conseguindo ainda que, pela primeira vez, a Coca-Cola associa-se o seu nome a um artista.[8]

Em 2012, Anselmo Ralph esgotou o Campo Pequeno, em Lisboa numa concerto memorável editado nos formatos CD/DVD e digital: Best of Anselmo Ralph – Live. Neste documento audiovisual, podemos encontrar as melhores imagens do cantor ao vivo, num espectáculo cheio de cor, energia e também romantismo. Em 2013, o artista lançou a álbum A Dor Do Cupido.[9] No mesmo ano, colaborou com Paulo Gonzo no tema Ela É, incluído no álbum Duetos.[10]

Em Fevereiro de 2014, actuou na festa de aniversário de Cristiano Ronaldo, em Madrid.[11] Em Outubro do mesmo ano, a convite de Nicolau Breyner e do realizador Edgar Pêra, o músico angolano fez uma participação especial na comédia Virados do Avesso.[12] Também três canções do músico foram escolhidas a banda sonora do filme: Não Me Toca, Curtição e Única Mulher.[13]

Em 2014 e 2015, Anselmo Ralph foi um dos mentores do programa The Voice Portugal, transmitido pela RTP 1.[14][15]

Prémios[editar | editar código-fonte]

Em Junho de 2014, Anselmo Ralph foi nomeado para os MTV Africa Music Awards 2014,[16] tendo conquistado o galardão para melhor artista lusófono.[17] Ainda no mês de Novembro, entregou ao Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, o primeiro disco de platina conquistado por um angolano em Portugal.<ref>«Anselmo Ralph entrega Disco de Platina ao Presidente da República de Angola». Platina Line. 27 de novembro de 2014. </ref

Anselmo Ralph foi o grande vencedor da primeira edição do concurso Angola Music Awards (AMA) 2013, que registou 244 concorrentes distribuídos em 25 categorias, ao arrebatar o prémio de Melhor Música do ano com o tema “Curtição”. O artista, que não se fez presente no evento em virtude de uma digressão pela Europa, levou para casa mais cinco distinções, perfazendo um total de seis, nomeadamente “Melhor R&B” com o tema “Tá Difícil”, “Melhor DVD Musical” com o “Best Of Anselmo Ralph”, “Melhor Voz Masculina” com a música “Curtição”, “Melhor Banda/Artista ao Vivo”, e ainda o “Prémio Sapo/AMA“ que distingue o artista mais popular na internet, uma votação levada a cabo no Sapo Angola. Em representação do artista, Nino Republicano, da LS, recebeu as estatuetas e não escondeu a sua satisfação pelos títulos conquistados pelo cantor.http://m.jornaldeeconomia.sapo.ao/lazer/anselmo-leva-seis-premios

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 2004 – Anselmo (Demo)
  • 2006 – Histórias de Amor
  • 2007 – As Últimas Histórias de Amor
  • 2009 – O Cupido
  • 2011 – A Dor do Cupido (Single)
  • 2012 – Não Me Toca (Single)
  • 2012 – Best of Anselmo Ralph – Live
  • 2013 – A Dor do Cupido
  • 2016 – Amor é Cego

Participação[editar | editar código-fonte]

  • Lizha James com Anselmo Ralph – Vais Rochar
  • David Carreira com Anselmo Ralph – Baby Fica
  • Claudia Leitte com Anselmo Ralph – Largadinho
  • Genesis com Anselmo Ralph – Amor Novo
  • Kalibrados com Anselmo Ralph & Big NeloTe Amo
  • Trio Fam com Anselmo Ralph – Fazer Amor
  • Leo com Anselmo Ralph – Coisa Pura
  • Ruben Shine com Anselmo Ralph – Quero Te De Volta (REMIX)
  • Dream Boyz com Anselmo Ralph – Pop Champagne
  • Enciclopédia Negra (Mad Niggaz) com Anselmo Ralph – Cansei De Ti
  • Big Nelo com Anselmo Ralph – Me Conduz
  • Cage One com Anselmo Ralph – Oh Oh Oh
  • Dani & Abdiel Abdizzy com Anselmo Ralph – Toca A Dançar
  • Alexandre Pires, Anselmo Ralph e Yola AraújoA Deus Eu Peço (2008)
  • Anselmo Ralph e Sandocan – Whisky Cola (2009)
  • Caló Pascoal com Anselmo Ralph – Será Sempre Minha (2010)
  • Banda Calypso com Anselmo Ralph – O Som da África (2011)
  • JD com Anselmo Ralph – Ela Dança (2011)
  • Os Vagabanda com Anselmo Ralph – Não Fatiga Não (2013)
  • Zona 5 com Anselmo Ralph – Sou Sortudo
  • Dji Tafinha com Anselmo Ralph – O Próprio Uí
  • Nelson Freitas com Anselmo Ralph – Drinks On Me (2013)
  • Paulo Gonzo com Anselmo Ralph – Ela É (2013)
  • Mastiksoul com Anselmo Ralph – In Love
  • Léo Santana com Anselmo Ralph – Fenômeno
  • Zona 5 com Anselmo Ralph – Encardir a Área (2013)
  • Kataleya com Anselmo Ralph – Atrevimento (2014)
  • Anselmo Ralph com Rick RossTake it Slow
  • David Carreira com Anselmo Ralph – Baby Fica
  • Nelson Freitas com Anselmo Ralph & Eddy Parker – Atira Água
  • Dji Tafinha com Anselmo Ralph – Na Lua
  • Supremos com Anselmo Ralph – Fala Miúda
  • Lavilson com Anselmo – Amizade (REMIX)
  • Jello Swee com Anselmo Ralph – Vitoria

Filmografia[editar | editar código-fonte]

TV

Filmes

Ligações externas[editar | editar código-fonte]