António Assunção

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
António Assunção
Nome completo António José Dias Assunção
Nascimento 29 de agosto de 1945
Paços de Ferreira
Portugal Portugal
Nacionalidade Portugal portuguesa
Morte 20 de agosto de 1998 (52 anos)
Nova Iorque
 Estados Unidos
Ocupação actor
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja António Assunção (desambiguação).

António José Dias Assunção[1] (Paços de Ferreira, 29 de Agosto de 1945 - Nova Iorque, 20 de Agosto de 1998) foi um ator português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

António Assunção nasceu em Paços de Ferreira e estreou-se como ator no Teatro Experimental do Porto, com apenas dezanove anos, com a peça “O Avançado Centro Morreu ao Amanhecer” de Guzani, seguido de “Desperta e Canta” de Clifford Odets e de “O Barbeiro de Sevilha” de Beaumarchais. Um ano depois, em 1966, viajou para Paris, onde cumpriu um exílio de oito anos, escapando assim à Guerra Colonial. Na capital francesa conheceu o ator e encenador Carlos César. Graças a ele, integrou espetáculos que incomodaram seriamente os governos de Salazar e Marcelo Caetano, como “A Exceção e a Regra”, “Felizmente Há Luar” ou “O Grande Fantoche Lusitano”. [2]

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • Caldo de Pedra RTP 1978 'Frade peregrino'

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Morte[editar | editar código-fonte]

Alguns dias antes da sua morte, António Assunção, viajou para Broadway. Num momento de emoção, António, sofreu uma paragem cardíaca e caiu desamparado. Os serviços de emergência chegaram pouco tempo depois para o tentarem salvar, mas de nada adiantou. Faleceu no dia 20 de Agosto de 1998 em Nova Iorque de ataque cardíaco. [3]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Certidão de lista de associadas da Audiogest» (PDF). IGAC/Ministério da Cultura. 25 de julho de 2007. Consultado em 30 de Dezembro de 2013. Arquivado do original (pdf) em 24 de dezembro de 2013 
  2. User, Super. «No palco da saudade: António Assunção». www.jornalaudiencia.pt. Consultado em 13 de janeiro de 2018 
  3. User, Super. «No palco da saudade: António Assunção». www.jornalaudiencia.pt. Consultado em 13 de janeiro de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.