António Homem de Albuquerque Pinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

António Homem Correia Teles de Albuquerque Pinho (Albergaria-a-Velha14 de Agosto, de 1921 - 30 de Setembro de 2002) filho de António Fortunato de Pinho, conhecido advogado albergariense. Licenciou-se em Ciências Históricas e Filosóficas pela Universidade de Coimbra.

Fixou-se no Porto em 1964, onde foi professor no Instituto Comercial e coordenador da área de ciências sociais no ISCAP. Colaborou regularmente na imprensa local, tendo publicado artigos sobre a história local em "Beira Vouga" (1985-1990), "Boletim Municipal" (1992) e "Jornal de Albergaria" (1993-2002).

Em 2001 foi lançado o livro "Albergaria-a-Velha, Oito Séculos - do Passado ao Futuro".

Em 25 de Abril de 2002 recebeu a Medalha de Ouro de Mérito Municipal.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • A Chegada do Comboio a Albergaria (separata) - 1988
  • Reacção Local ao Ultimatum Inglês (separata) - 1990
  • Gente Ilustre em Albergaria-a-Velha, edição CMAV - 1994
  • Angeja - Vila do Baixo Vouga, edição CMAV - 1997
  • A Reacção Local ao Ultimato Inglês, edição CMAV - 1999
  • Albergaria-a-Velha, Oito Séculos - do Passado ao Futuro, Reviver Editora - 2001
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.