António Luís de Sousa Telo de Meneses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

D. António Luís de Sousa Teles de Meneses, futuro Marquês das Minas, tomou posse no governo-geral do Brasil na Bahia em 4 de junho de 1684. Sucedeu ao pai no título e foi elevado no mesmo ano de 1674 a mestre de campo general.

Em 1684 foi nomeado governador e capitão general do Brasil, pacificando as inquietações. Regressou a Portugal em 1687, sendo escolhido como conselheiro de guerra, e sucedeu ao duque de Cadaval no cargo de presidente da junta do Saltabaco. Em 7 de setembro de 1686 contou por carta a grande epidemia dr Pernambuco, passada à Bahia na frota. Sangrias, era o único remédio que se mostrava conveniente, m/as houve 25 mil doentes e 900 mortos. A Bahia importava regularmente doenças de Lisboa. Criou até o lugar de Provedor da Saude, mas o procurador da Coroa protestou e, em 1683,o Conselho Ultramarino o amparou. A Bahia continuou sem saúde...

Teve mais tarde papel importante na chamada Guerra peninsular ou guerra da Sucessão Austríaca.

António Luís de Sousa é também o quartoconde do Prado e segundo marquês das Minas, nascido em 6 de abril de 1644 e morto em 25 de dezembro de 1721. Filho do primeiro marquês das Minas e terceiro conde do Prado, D. Francisco de Sousa, e de sua segunda mulher, D. Eufrásia Filipa de Lima. Casou com a prima D. Maria Madalena de Noronha, filha de D. Álvaro Manuel, senhor da Atalaia, e de sua mulher, D. Inês de Lima.

Precedido por
António de Sousa Meneses
Governador-geral do Brasil
1684 — 1687
Sucedido por
Matias da Cunha