António Mota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
António Mota
António Mota
Nascimento 16 de julho de 1957 (63 anos)
Baião, Portugal Portugal
Nacionalidade Portuguesa
Ocupação Escritor
Período de atividade 1979 - presente
Prémios Grande Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens (1990)

Prémio António Botto (1996)
Grande Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens (2004)
Agraciado com a Ordem da Instrução Pública (2008)
Nomeado candidato português ao Prémio sueco ALMA (2014 e 2015)

Magnum opus Pedro Alecrim
Página oficial
https://www.facebook.com/antonio.mota1

António Mota OIP ( Vilarelho, Ovil, Baião, 16 de Julho de 1957) é um escritor português, reconhecido autor de literatura para crianças e jovens. Em 2019 escreveu o livro para adultos "No meio do nada".

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu a 16 de julho de 1957 em Vilarelho, Ovil, no concelho de Baião, distrito do Porto. Foi professor do Ensino Básico. Escreveu 96 livros. Em 1979 escreveu o seu primeiro livro "A Aldeia das Flores". Alguns dos seus livros estão publicados no Brasil e traduzidos para espanhol, galego e sérvio.

Recebeu vários prémios, dos quais se destacam o Prémio da Associação Portuguesa de Escritores (1983) para "O Rapaz de Louredo", o Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens (1990) para "Pedro Alecrim", o Prémio António Botto (1996) para "A Casa das Bengalas", o Grande Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens (2006, categoria Livro Ilustrado) para ´´Se eu fosse muito magrinho``.[1][2]

A 6 de junho de 2008 foi feito Oficial da Ordem da Instrução Pública.[3]

Em 2010, foi nomeado para os Prémios de Autor da SPA/RTP na categoria Literatura Infantojuvenil com “Pinguim” (Gailivro, ilustrações de Alberto Faria).

Foi nomeado como candidato português ao prémio literário sueco Alma em 2013 e 2014.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

A maioria das obras de António Mota foram publicadas pelas editoras : LeYa - Gailivro, Asa, Caminho e entre os quais:

  • A Aldeia das Flores, 1979
  • As Andanças do Senhor Fortes, 1980
  • O Rapaz de Louredo, 1985
  • Ventos da Serra, 1989
  • Pardinhas, 1989
  • Cortei as Tranças, 1990
  • Pedro Alecrim, 1990
  • A casa das bengalas, 1995
  • David e Golias, 1995
  • Sal, sapo, sardinha, 1996
  • Segredos, 1996
  • Os Heróis do 6º F, 1996
  • Sonhos De Natal, 1997
  • O agosto que nunca esqueci, 1998
  • Fora de serviço, 1999
  • O príncipe com cabeça de cavalo, 1999
  • O velho e os pássaros, 2000
  • A galinha medrosa, 2000
  • Romeu e as rosas de gelo, 2000
  • O livro das adivinhas, 2001
  • O livro dos provérbios, 2001
  • O nabo gigante, 2001
  • Onde tudo aconteceu, 2002
  • A galinha medrosa, 2002
  • O galo da velha Luciana, 2002
  • Pedro malasartes, 2002
  • Abada de histórias, 2002
  • A gaita maravilhosa, 2002
  • O sapateiro e os anões, 2003
  • Romeu e as rosas de gelo, 2003
  • A princesa e a serpente, 2003
  • Filhos de Montepó, 2003
  • Maria pandorca, 2004
  • O Sonho De Mariana, 2003
  • O velho e os pássaros, 2004
  • Uma tarde no circo, 2004
  • O livro das adivinhas -2º volume, 2005
  • O livro dos provérbios- 2º volume, 2005
  • Histórias Tradicionais Recontadas Por António Mota, 2005
  • De Barcelos Sei Um Saco De Cantigas, 2006, C.M.Barcelos
  • O coelho branco, 2006
  • A viagem do espanholito, 2006
  • O livro das lengalengas 1, 2007
  • Se tu visses o que eu vi, 2007
  • Os negócios do macaco, 2007
  • O livro das lengalengas 2, 2008
  • O pombo-correio, 2007
  • Ninguém perguntou por mim, 2008
  • Lá de cima cá de baixo, 2008
  • João mandrião, 2008
  • Lamas de Olo, Avenida da europa, 2008
  • A rosa e o rapaz do violino, 2009
  • A prenda com rodas, 2009
  • Histórias da pedrinha do sol, 2009
  • Tenente-Coronel José Agostinho, 2010
  • A praia dos sonhos, 2010,
  • Pinguim, 2010
  • A melhor condutora do mundo, 2010,
  • Max e Achebiche uma história muito fixe, 2010
  • Um cavalo no hipermercado, 2011
  • O livro dos trava-línguas 2, 2011
  • O primeiro dia de escola, 2011
  • Os segredos dos dragões, 2011
  • O anel mágico, 2011
  • Histórias às cores, 2012
  • A arca do avô Noé, 2014
  • Maíto, 2014
  • O caderno de JB encontrado em Lousada, 2015
  • Dicionário das palavras sonhadoras, 2015
  • Para que serve um chapéu?, 2016
  • Onde está a minha mãe?, 2016
  • A casa da janela azul, 2017
  • O gato e a Orquídea, 2018
  • Quando o regato secou, 2018
  • Os gatos da casa amarela,2019
  • A ovelha Estrelinha e o gato Chiribi, 2020

Coleção Se Eu Fosse

  • Se eu fosse muito alto, 1999
  • Se eu fosse muito magrinho, 2003
  • Se eu fosse muito forte, 2006
  • Se eu fosse muito pequenino, 2006
  • Se eu fosse um mágico, 2008

Para adultos

  • Outros tempos, 2006
  • No meio do nada, 2019
  • Mensagens do Avô,2020


Adaptações[editar | editar código-fonte]

  • O conde de Monte Cristo, de Alexandre Dumas / adapt., 1990
  • Fábulas de Esopo - recontadas por António Mota, 2004 , Gailivro

Antologias e obras colectivas[editar | editar código-fonte]

  • De que são feitos os Sonhos, (antologia) Areal Editores, 1986
  • Conto Estrelas em Ti: Dezassete Poetas Escrevem para a Infância (coord. José António Gomes; ilustrações de João Caetano), Editora Campo das Letras, Porto,2000
  • Contos da Cidade das Pontes (coord. José António Gomes; ilustrações de António Modesto),2001
  • Árvores, Pombos, Limões e Tropelias (textos de António Mota, Francisco Duarte Mangas, João Pedro Mésseder e José Viale Moutinho; ilustrações de Gémeo Luís) (contos), Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto, 2002
  • Histórias da Árvore dos Sonhos (coord. José Vaz; ilustrações de Fernando Saraiva), 2002
  • O menino/ Contos de natal, Associação de Jornalistas e Homens de Letras, Porto, 2009.
  • Capuchinho Vermelho - Histórias secretas e outras menos», coordenado por Sara Reis da Silva e José António Gomes , editora Bags of Books,2012

Prémios e distinções[editar | editar código-fonte]

  • 1983 - Prémio da Associação Portuguesa de Escritores , com O Rapaz de Louredo.
  • 1990 - Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura Infantil com Pedro Alecrim.
  • 1996 - Prémio António Botto, com A Casa das Bengalas.
  • 2004 - Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura Infantil, modalidade ilustração, com Se eu fosse muito magrinho.
  • 2008 - Agraciado a 6 de Junho com o grau de Oficial da Ordem da Instrução Pública.
  • 2012 - Candidato português ao PRÉMIO IBERO-AMERICANO SM DE LITERATURA INFANTIL E JUVENIL[ligação inativa]
  • 2014 - Candidato de Portugal ao prémio literário sueco ALMA ( Astrid Lindgren Memorial Award)[1]
  • 2015 - Nomeado pelo Júri ao prémio literário sueco ALMA ( Astrid Lindgren Memorial Award)[2]

Referências

  1. «MOTA, ANTONIO Autor - Unilibro». unilibro.es. Consultado em 7 de novembro de 2011 
  2. «Obras de ANTÓNIO MOTA» (PDF). casadaleitura.org. 2007. Consultado em 7 de novembro de 2011 
  3. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "António Ribeiro da Mota". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 8 de março de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.