António Salvado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
António Salvado
Retrato de António Salvado
Nome completo António Forte Salvado
Data de nascimento 20 de fevereiro de 1936 (80 anos)
Local de nascimento Castelo Branco
Nacionalidade Portugal português
Ocupação Poeta e escritor
Magnum opus Repor a Luz
Prémios ComSE

Medalha de Mérito Cultural (1998)

António Forte Salvado (Castelo Branco, 20 de Fevereiro de 1936) é um poeta e escritor português. Além de ser autor de uma extensa obra poética, é também autor de ensaios e antologias, tendo sido a sua obra reconhecida várias vezes com prémios nacionais e internacionais.

Biografia[editar | editar código-fonte]

António Forte Salvado nasceu a 20 de Fevereiro de 1936 em Castelo Branco, na zona antiga desta cidade, mais concretamente na Rua d'Ega. Foi o mais novo de cinco filhos.

Desde cedo se interessou pela literatura e poesia, tendo publicado o seu primeiro livro aos dezoito anos.

Licenciou-se em Filologia Românica na Universidade de Lisboa.

Em 6 de Fevereiro de 2010 foi agraciado com o grau de Comendador da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada.[1] [2]

Vive actualmente em Castelo Branco.

Poesia[editar | editar código-fonte]

  • A Flor e a Noite (1955)
  • Recôndito (1959)
  • Na Margem das Horas (1960)
  • Narciso (1961)
  • Difícil Passagem 1962)
  • Equador Sul (1963)
  • Anunciação (1964)
  • Cicatriz (1965)
  • Jardim do Paço (1967)
  • Tropos (1969)
  • Face Atlântica (1972)
  • Estranha Condição (1977)
  • Interior à Luz (1982)
  • ANTOlogia (1985)
  • La Universidad Pontifícia de Salamanca y sus cátedras de Poética y de Portugués tienen elhonor des presentar al poeta António Salvado (antologia, 1986)
  • L'horizon Démasqué (poemas traduzidos para francês, 1990)
  • Largas Vias (2000)
  • Ravinas (2004)
  • Auras do Egeu e de outros mares (2011)
  • Sonetos do Interregno (2013)
  • Igaedus (2015)

Referências

  1. «Agraciamentos : Presidente encerrou Roteiro das Comunidades Locais Inovadoras na Beira Baixa e condecorou personalidades». Sítio oficial da Presidência da República Portuguesa. 06-02-2010. Consultado em 17 de Julho de 2012. 
  2. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "António Salvado". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 2014-06-09. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons