António Taveira da Neiva Brum da Silveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
António Brum da Silveira
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo de Goa

Título

Primaz do Oriente
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 1 de janeiro de 1737
Ordenação episcopal 8 de março de 1750
Nomeado arcebispo 8 de março de 1750
Brasão arquiepiscopal
PrimateNonCardinal PioM.svg
Dados pessoais
Nascimento Reino de Portugal Horta
22 de julho de 1706
Morte Cabo da Boa Esperança
2 de junho de 1775 (68 anos)
dados em catholic-hierarchy.org
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

António Taveira da Neiva Brum da Silveira (Horta, 22 de julho de 1706Oceano Atlântico, perto do Cabo da Boa Esperança, 2 de junho de 1775) foi um prelado português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formado pela Universidade de Coimbra, lecionou nesta instituição. Foi nomeado arcebispo de Goa (logo, Primaz do Oriente) em 1749, por Dom João V, sendo a nomeação ratificada pela Santa Sé em 25 de janeiro de 1750, pelo Papa Bento XIV.

Foi sagrado em 17 de março de 1750, na Sé de Lisboa, pelo patriarca Dom Tomás de Almeida, indo para Goa com o vice-rei Francisco de Assis de Távora, seu amigo de longa data.[1] Foi, durante alguns períodos, presidente do Conselho para governar a Índia Portuguesa e entre 1757 e 1758, foi governador interino.

Após os anos na Índia, já cansado e fatigado, apresenta sua renúncia e retorna a Portugal, mais concretamente à sua cidade natal (Horta) onde pretendia se enterrado numa das dependências da Igreja de Nossa Senhora do Carmo, mas durante a viagem, veio a falecer, tendo o seu corpo sido atirado ao mar próximo ao Cabo da Boa Esperança.[1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Precedido por
Lourenço de Santa Maria e Melo
Brasão arquiepiscopal
Arcebispo de Goa

17501773
Sucedido por
Frei Francisco da Assunção e Brito
Precedido por
Luís Mascarenhas, 2.º conde de Alva
Lesser coat of arms of Portuguese India.svg
Conselheiro do 15.º Conselho de Governo Interino da Índia Portuguesa

1756 - 1757
Sucedido por
o próprio
Precedido por
15.º Conselho de Governo Interino da Índia Portuguesa
Lesser coat of arms of Portuguese India.svg
Governador Interino da Índia Portuguesa

1757 - 1758
Sucedido por
Manuel de Saldanha e Albuquerque
Precedido por
Manuel de Saldanha e Albuquerque
Lesser coat of arms of Portuguese India.svg
Conselheiro do 16.º Conselho de Governo Interino da Índia Portuguesa

17651768
Sucedido por
João José de Melo