António de Brum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

António de Brum (Funchal -?) foi um nobre português e um dos primeiros povoadores da ilha Terceira.

Esta família é de origem flamenga, descendentes de Wilhelm van der Bruyn ou Guilherme de Brum, como em Portugal ficou sendo conhecido, o qual nasceu em Maastricht e passou no último quartel do século XV à ilha da Madeira, onde casou e teve geração.

Esta ramificou-se pouco depois em varias ilhas do arquipélago dos Açores, e designadamente para a ilha do Faial onde deu origem aos Bruns da Silveira, Terra Bruns, Bruns do Canto, Cunha Bruns.

Na ilha Terceira também os Bruns se aparentaram com as suas principais famílias, e designadamente com as dos Bettencourt, Canto, Carvalhal, Menezes, Noronha, Pereira e Paim.

Guilherme de Brum, casou na ilha da Madeira com D. Violante Vaz Ferreira Pimentel de quem teve:

1 - António de Brum, nasceu na ilha da Madeira, e casou na ilha do Faial com Bárbara da Silveira.

Fizeram testamento de mão comum, em 19 de Julho de 1585, na cidade de Ponta Delgada.

2 - Cosme Ferreira de Brum.

3 - Catarina de Brum, casou com João da Silveira.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Nobiliário da ilha Terceira, volume I, de Eduardo de Campos de Castro de Azevedo Soares, edit. Livraria Fernando Machado & Comp. 1944.