Antônio Carlos Capocasali

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antônio Carlos
Informações pessoais
Nome completo Antônio Carlos Cunha Capocasali Junior
Data de nasc. 7 de março de 1993 (26 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro, (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1,91 m
Destro
Informações profissionais
Período em atividade 2012presente (7 anos)
Clube atual Palmeiras
Número 25
Posição Zagueiro e Volante
Clubes de juventude
20092010
20102012
2011
20112012
2012
Fluminense
Audax Rio
Audax (emp.)
Corinthians (emp.)
Corinthians
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20122014
2013
2014
2015
2015
2016
2016
2017
Corinthians
Oeste (emp.)
Avaí (emp.)
Tombense
Avaí (emp.)
Flamengo (emp.)
Ponte Preta (emp.)
Palmeiras (emp.)
0005 0000(0)
0011 0000(0)
0051 0000(3)
0000 0000(0)
0041 0000(2)
0001 0000(0)
0015 0000(1)
0083 0000(3)
Seleção nacional
20122013 Brasil Sub-20 0000 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 8 de dezembro de 2019.

Antônio Carlos Cunha Capocasali Junior, mais conhecido como Antônio Carlos (Rio de Janeiro, 7 de março de 1993), é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro e volante. Atualmente, joga pelo Palmeiras.

Infância[editar | editar código-fonte]

Nascido em 7 de março de 1993, no Rio de Janeiro, Antônio Carlos é ex-morador do bairro de Coelho Neto, no Norte da capital, tendo começado em uma das escolinhas da região.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Fluminense[editar | editar código-fonte]

Levando jeito para o futebol, Antonio foi tentar a sorte no Fluminense.[1] Após três dias de testes, foi aprovado para jogar como meia pela direita.[1] Porém vivia um drama naquela época.[1] Aos nove anos ele era um dos menores no elenco tricolor.[1] Com o tempo, mudou de posição no meio de campo, virou volante e, em um ano, sua altura pouco havia aumentado.[1] Dentro de campo tornou-se gigante, assumindo a braçadeira de capitão e conquistando três Cariocas pelo Flu.[1] Ainda sem crescer muito, foi recuado para outra posição, acabou virando zagueiro e ganhou mais um título do Carioca.[1] Por conta da sua baixa estatura, foi sendo deixado de lado em Xerém.[1] Começou a jogar no segundo, terceiro time até ser mandado embora do Tricolor aos 14 anos.[1]

Audax Rio[editar | editar código-fonte]

Depois de deixar o Fluminense, Antonio Carlos começou a crescer e, em menos de um ano, chegou a medir 1,80m.[1] Com a convicção de que queria mesmo atuar na zaga, recebeu proposta do Vasco da Gama e foi fazer teste no Flamengo, onde não passou.[1] Acabou acertando a sua ida para as categorias de base do Audax Rio.[1] Lá, virou grande precocemente, se tornou titular e teve sua primeira chance como profissional do futebol, aos 16 anos, em uma Copa Rio.[1]

Audax[editar | editar código-fonte]

Com o clube homônimo sem calendário ao final da Copa Rio, Antonio Carlos foi emprestado ao Audax-SP, para atuar na base do clube do estado de São Paulo.[1] Em 2011, disputou sua primeira Copa São Paulo de Futebol Júnior, chegando até as quartas de final, não tendo entrado em campo por estar com caxumba.[1] Frustrado, viu de fora o GOA ser eliminada para o Desportivo Brasil.[1] Mas pouco tempo depois, em um amistoso contra o Corinthians, destacou-se e despertou o interesse do Timão.[1]

Corinthians[editar | editar código-fonte]

Antonio Carlos se transferiu para o Corinthians por empréstimo ainda nos juniores. Em 15 de setembro de 2011, estreou como profissional no amistoso contra o Grêmio Osasco. Revelação da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2012, na qual formava dupla de zaga com Marquinhos, acabou virando herói do Timão ao marcar dois gols na final, contra o próprio Fluminense. Seus gols deram a vitória por 2x1 e o título da Copinha de 2012 ao Time do Parque São Jorge.[2] Ao fim da competição, teve 40% dos seus direitos econômicos comprados pelo Timão junto ao Audax Rio, que detinha 90% dos direitos, assinando contrato até 31 de dezembro de 2015.[3] Os outros 10% pertenciam ao jogador.[3]

Após tamanho sucesso na base, foi integrado ao elenco profissional do Corinthians, porém disputava espaço com zagueiros renomados como Leandro Castán e Chicão.

Oeste[editar | editar código-fonte]

No ano de 2013 foi emprestado ao Oeste, onde disputaria o Campeonato Paulista e o Campeonato Brasileiro da Série B.[4]

Retorno ao Corinthians[editar | editar código-fonte]

Com poucas atuações e sem confiança da comissão técnica do Oeste, voltou a figurar ainda em 2013 o elenco do Corinthians.

Avaí[editar | editar código-fonte]

Em 2014, ele foi emprestado para o Avaí.[5] Viveu um bom momento ao lado de Pablo na zaga do Leão, ajudado o clube da Ressacada a subir para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Tombense[editar | editar código-fonte]

Em 13 de fevereiro de 2015, Antonio Carlos rescindiu com o Corinthians e assinou contrato até dezembro de 2019 com a Tombense, clube utilizado pelo empresário Eduardo Uram para registrar seus jogadores. Os valores da negociação não foram divulgados.

Retorno ao Avaí[editar | editar código-fonte]

Após mudar de clube, Antonio Carlos foi novamente emprestado ao Avaí, visando os Jogos Olímpicos de 2016.[6]

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Em 23 de dezembro de 2015, acertou com o Flamengo para a temporada de 2016.[7] Antonio Carlos chegou ao Rubro-Negro por empréstimo até o fim de 2016, com opção de compra ao fim do contrato.[7]

Ponte Preta[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2016, foi anunciado como novo reforço da Ponte Preta, o contrato de empréstimo dura ate o fim de 2016.[8]

Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2017 Antônio Carlos foi anunciado como reforço do Palmeiras, empréstimo por um ano, com opção de compra no final do contrato.[9] Estreou no clube alviverde em um amistoso contra a Chapecoense, no qual formou a dupla de zaga com Thiago Martins. Com a lesão deste durante a pré-temporada, ficou como quinta opção para a zaga palmeirense, que contava com nomes como Yerry Mina, Vitor Hugo e Edu Dracena. Assim, acabou terminando o ano com apenas nove partidas, a maioria saindo do banco.

No entanto, em dezembro de 2017, o clube decide prorrogar seu vínculo de empréstimo por mais um ano. Valorizado com a chegada do técnico Roger Machado, o defensor passou a formar uma inesperada nova dupla de zaga titular com Thiago Martins, que retornara de empréstimo.

Marcou seu primeiro gol com a camisa alviverde ao abrir o placar, de cabeça, em clássico contra o Santos pelo Campeonato Paulista.

Em 24/07/2018, a compra de Antônio Carlos foi revelada pelo diretor executivo do Palmeiras, Alexandre Mattos.

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Em março de 2012, Antonio Carlos foi convocado junto com mais dois companheiros de Corinthians para defender a Seleção Brasileira Sub-20 na 12ª edição da Copa Internacional do Mediterrâneo, em Barcelona, na Espanha. Também foi convocado para disputar o Campeonato Sul-Americano Sub-20 de 2013, na Argentina, mas acabou sendo cortado.[10]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 8 de dezembro de 2019.

Clubes[editar | editar código-fonte]

[11]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Audax Rio 2010 1 0 0 1 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 1 0 0
Corinthians 2011 1 0 0 1 0 0
2012 3 0 0 2 0 0 5 0 0
2013 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Total 3 0 0 0 0 0 0 0 0 3 0 0 6 0 0
Oeste 2013 1 0 0 10 0 0 11 0 0
Total 1 0 0 0 0 0 0 0 0 10 0 0 11 0 0
Avaí 2014 32 2 0 3 0 0 16 1 0 51 3 0
2015 29 1 0 3 0 0 9 1 0 41 2 0
Total 61 3 0 6 0 0 0 0 0 25 2 0 92 5 0
Flamengo 2016 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 1 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 1 0 0
Ponte Preta 2016 14 1 0 1 0 0 0 0 0 15 1 0
Total 14 1 0 1 0 0 0 0 0 0 0 0 15 1 0
Palmeiras 2017 5 0 0 0 0 0 1 0 0 2 0 0 8 0 0
2018 22 1 1 6 0 0 8 0 0 16 2 0 52 3 1
2019 9 0 0 2 0 0 3 0 0 9 0 0 23 0 0
Total 36 1 1 8 0 0 12 0 0 27 2 0 83 3 1
Total na carreira 115 5 1 15 0 0 12 0 0 70 4 0 210 9 1

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Abaixo estão listados todos e jogos e gols do futebolista pela Seleção Brasileira, desde as categorias de base. Abaixo da tabela, clique em expandir para ver a lista detalhada dos jogos de acordo com a categoria selecionada.

Sub-20

Ano
Jogos Gols Assist. Média
2012 0 0 0 0
2013 0 0 0 0
Total 0 0 0 0

Total[editar | editar código-fonte]

Ano
Jogos Gols Assist. Média
2010 1 0 0 0
2011 1 0 0 0
2012 5 0 0 0
2013 11 0 0 0
2014 51 3 0 0,05
2015 41 2 0 0,04
Total 110 5 0 0,04

Títulos[editar | editar código-fonte]

Corinthians
Palmeiras

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r «Pequeno que virou grande: Antonio Carlos faz do Avaí um sonho olímpico». GloboEsporte.com. 30 de agosto de 2014. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  2. «Zagueiro Antonio Carlos marca duas vezes e da Título da copinha ao Corintians». Terra.com.br. 25 de janeiro de 2013. Consultado em 24 de janeiro de 2014 
  3. a b «Timão compra parte dos direitos de Antônio Carlos, herói da Copinha». GloboEsporte.com. 8 de fevereiro de 2012. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  4. «Corinthians empresta revelação da Copa São Paulo de Futebol Junior para o Oeste F.C.». GloboEsporte.com. 25 de janeiro de 2012. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  5. «Corinthians empresta zagueiro Antonio Carlos ao Avaí até o final do ano.». Lance.com.br. 31 de janeiro de 2014. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  6. «De olho em volante, meia e atacante, Corinthians vê 2015 "encaminhado"». FoxSports.com.br. 28 de novembro de 2014. Consultado em 30 de novembro de 2014 
  7. a b «Fla fecha a contratação do zagueiro Antonio Carlos, ex-Avaí, por um ano». GloboEsporte.com. 23 de dezembro de 2015. Consultado em 23 de dezembro de 2015 
  8. [1]Ponte Preta anuncia Antônio Carlos como novo reforço para a zaga
  9. Antônio Carlos é anunciado pelo Palmeiras como 7º reforço para 2017
  10. «Antonio Carlos e cortado da Seleção Brasileira sub-20». GloboEsporte.com. 9 de janeiro de 2013. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  11. «Football : Antonio Carlos» (em inglês). FootballDatabase.eu. Consultado em 16 de dezembro de 2015 
  12. «Corinthians é campeão da Copa São Paulo de Futebol Jr de 2012». GloboEsporte.com. 25 de janeiro de 2012. Consultado em 15 de janeiro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.